TRES MULHERES

Gostaria de falar de três personalidades femininas da nossa cultura televisiva.

Inicio por Gloria Maria.

Confesso que por anos senti uma antipatia gratuita pela repórter do fantástico, suas excentricidades, o modo inatingível, inabalável e intocável que se mostrava no vídeo.

Hoje, sábado pela manhã, ao ligar a TV, entrou a rede Globo, e passava o programa da Xuxa. Estava ocupado com algumas coisas e não me preocupei em mudar de canal. Mas fui atraído por algumas coisas e uma delas, a entrevista que a apresentadora fazia com Gloria Maria. Parei e assisti.

Confirmei o que sempre soube, após anos vendo-a em revistas, programas jornalísticos, Gloria Maria continua com uma preocupação absurda com usa imagem, tanto física, quanto pessoal. Uma inquietação quando o assunto desvia para o lado pessoal. O profissional é inquestionável.

Mas Xuxa me ajudou a enxergar uma benevolência vinda da jornalista que nunca havia parado pra prestar atenção, por isso quero falar da Gloria Maria mãe.

Ao contar como conheceu as meninas que hoje, após o processo de adoção, são suas filhas me comoveu. Não pelo gesto bonito da adoção, mas da entrega dela a essa maternidade do coração.

Uma das pequenas ainda bebê, pedia por amamentação, e Gloria Maria na sua dedicação em ser mãe produziu leite, e amamentou a garotinha. Não sei onde, e nem por que, mas isso me tocou. Vi uma mulher frágil, querendo dominar o espaço em volta para se sentir forte, e isso se confirmou quando ao falar de sua avó, contou que era aconselhada a ser assim, pelo histórico do negro no país, o preconceito racial, e o pior, contra a mulher negra. Desvendou-se o enigma Gloria Maria. Dedico a ela o meu mais profundo respeito.

Xuxa surgiu quase no fim da minha adolescência, e admito, por anos acompanhei seu trabalho. Não me envergonho disso, afinal não fui eu que a declarei “Rainha”. Com o passar dos anos, me distanciei desse apego a Xuxa, ela passou a ser outra figura excêntrica, com megalomanias que se aproximavam o ridículo.

Mas Xuxa beira os 50 anos e posso dizer: ela é admirável. Talento musical não tem, mas o que lhe falta nisso, sobra em carisma. Mesmo após mais de 25 anos exposta a mídia, Xuxa ainda é tão linda, quanto antes.

Da mesma forma que admiro a integridade moral de Luiza Brunet, admiro a capacidade de ambas envelhecerem sem apelos estéticos, repuxos e deformidades faciais. Ter o espírito jovem, e querer ser jovem não é crime.

A Xuxa mãe é a personificação da leoa, que lambe o filhote e o protege com as garras que lhe deu a natureza para tal. Se a sua filha num futuro distante vier a ser uma garota fútil, paciência, ela conheceu um mundo onde a mãe é uma “rainha”, e dificilmente o carisma lhe foi passado geneticamente. A Xuxa, que consegue se manter jovem, alegre, linda, divertida, bobona, e ainda hoje nos atrair a vê-la no vídeo, dedico meu profundo respeito.


Preta Gil, é gorda, negra, bocuda, baixinha, com gestos grosseiro, mas de uma sensualidade que deixa muita Daniella Sarayba no chulé.

Não é de hoje que gosto de Preta Gil, e assistindo o seu programa na GNT ( Vai e Vem) confirmei: a mulher é multimídia. Talento musical, acho que fica devendo um pouco, mas carisma, isso tem de sobra, nas suas gordurinhas sexy. Caminha pelo cenário com domínio do espaço, ri alto, nos dando uma proximidade quase de amigo. Assisti-la é como estar sentado no sofá de sua casa, vendo-a contar um caso.

Preta é mãe, filha de um ícone da MPB, e vem a duras penas galgando seu espaço. Lamento que o programa seja em canal fechado. Há tanta porcaria, como o programa que a Adriane Galisteu apresentava na Band no vídeo, e Preta esbanjando comunicação, ta fora das emissoras populares.

Por mim ela estaria na próxima novela das sete, no Casseta e Planeta, dividindo o espaço com Ana Maria Braga, ou seja lá o que escolhessem para ela. Sua sinceridade inconveniente é o traço mais forte, e o que faz com que eu adore vê-la, onde quer que seja.

Não sei como Preta lida com fãs. Espero que da mesma forma descontraída que aparece junto das celebridades. Por ela ser ter estereótipo inverso do que a mídia busca, e conseguir ser o que ela é, gostem ou não é dedico o meu respeito a essa profissional: charmosa, bonita, engraçada e justa.

Abração a todos...Feliz dia das mães.

13 comentários:

Três Egos disse...

Olá Rafael!

Confesso que conheço bem pouco de Glória Maria, talvez, por isto, mesmo, por ela preservar sua privacidade. O que é admirável. O importante é ela saber trabalhar bem, o resto é fofoca e de deixe os outros pensarem o que quiserem. No Brasil, os artistas ainda podem se preservar um pouco.
Xuxa foi essencial para a minha infância, não preciso dizer mais nada. Cresci vendo Lua de Cristal, cantando o abcdário da Xuxa, meu primeiro disco vinil foi da Xuxa, lembro que a capa era ela em uma volta de um monte de flores. Enfim, conforme fui crescendo fui achando tudo muito banal e nunca mais nem via ela direito na TV, só mesmo quando ela estava dando alguma entrevista ou algo do tipo. Afinal, assistir TV de manhã não posso mais, não tenho mais horário para isto... rs
E Preta Gil é incomparável. Adoro pessoas sexies!!! rsrs

Ah... tem um meme no meu blog para vc. Depois dá uma olhada lá!

Abraço!

Luna Sanchez disse...

Também admiro a Glória e a Preta, sabe? Gosto de gente que se empenha em ser diferente, ou, ainda melhor, que é, de fato e naturalmente, diferente.

Da Xuxa eu tenho um certo "medo". Coisa estranha, trauma de infância, sei lá.

Rs

Beijo pra ti.

ℓυηα

Lobo Cinzento disse...

Fala Rafael!

É aquela coisa né... a mídia acaba por nos passar uma visão meio unilateral das coisas. Querendo ou não, a gente acaba só vendo o que eles querem que a gente veja, e por vezes coisas tão belas, como a história que você citou da Glória Maria, ficam no ostracismo...

Abraços!

Serginho Tavares disse...

desse grupo ai so gosto da Glória Maria.
a Preta é mais uma louca por atenção e a Xuxa deveria ter se aposentado do universo tatibitati e virado mulher de vez!

Marcos disse...

Saber reconhecer os valores das pessoas, não somente por aquilo que imaginamos ser o que ela é mas sim pelo que ela é mesmo.

A pesssoas da TV muitas vezes sofrem esse tipo de prejulgamento e vc não esta errado em ter uma "antipatia gratuita" porque era o que você tinha de acesso aquela pessoa...

Linda história da Gloria Maria..

Abçs

Luciana P. disse...

Oi, Rafael, realmente, das suas mulheres escolhidas pra falar, fico com a Preta Gil, e só. Questão de ponto de vista apenas. Mas gostei muito dos seus argumentos. Acho que devemos defendê-los sempre. É o que pensamos, é no que acreditamos. Isso é o que importa!

Ótimo domingo pra você!

Dama de Cinzas disse...

Nossa! Eu acho o mesmo que vc acha de todas as mulheres que citou! Impressionante como bateu certinho como o que eu escreveria a respeito... rs...

Beijocas

SAL disse...

A-DO-RO elas todas!!

tbm admiro cada uma com a peculiaridade que cada uma tem!!

achei muito bacana a forma que vc mostrou o seu ponto de vista!!

bjo

Andrea Pagano disse...

Rafa,
Também tenho uma certa resistência à Gloria Maria, não sei porque acho ela arrogante, mas infelizmente ainda não consegui mudar de opnião, talvez por falta de oportunidade de ve-la descer do pedestal...como você a viu.
A Xuxa eu também curti muito (tenho até foto com ela no camarim) hoje acho que a imagem já desgastou, mas nada contra...
A Preta Gil eu realmente não tenho uma opnião, porque não assisto seu programa. Vou ve-la, para que possa pensar...
Bessos

Robson Schneider disse...

Gosto das três e acredito que pelos mesmos motivos que vc citou.Gostei especialmente desse texto Rafa. Tem algo diferente na forma como o escreveu...
Grande abraço excelente semana

dand disse...

Olá Rafa, tudo joiaa? comgo tdo ótimoo.

Bela crítica a essas 3 senhoras distintas, elegantes, carismáticas e célebres né? hehehe
Bom, com relação a glória Maria, eu admiro muito ela, principalmente pelo modo misterioso com que ela remete a vida pessoal dele na midia. Ela não gosta de de expor e ponto final.Não há o que discutir, nem sua vida pessoal nem profissional que aliás é uma puta de uma profissional.Bato palmas.
Com relação a Xuxa, hum.. gosto do carisma dela e tal..Acho ela uma celebridade popular, soube fazer seu nome..só que não me cativa ao extremo, nem me cativou quando criança.
Já a Preta é ótima, irreverente, e sabe tratar todos muito bem, inclusive os fãs, pois ja tive a oportunidade de estar com ela, e realmente é um amor de pessoa, até mais do que na televisão.

É isso aí Rafa, ótima semana pra tíi.

Abraçããããão.

Arsênico disse...

Também não curto Glória Maria por todos os aspectos já mencionados por você!!! Mas nem mesmo a maternidade lhe tirou o ar de superioridade... mesmo quando a Xuxa lhe mostrou as bonequinhas de infância... sua maior preocupação era de como haviam pego aqueles objetos... como se alguém estivesse invadindo a vida de uma Rainha intocável!

Já a Xuxa... também assisti muito... se ela ousasse continuar com programas muito infantis... eu juraria que ela seria péssima... mas com esse novo formato... ela tem me conquistado como sempre a vi desde os 5 anos!

Preta Gil é uma das figuras mais hilárias da TV brasileira... concordo em todas as suas opiniões sobre ela... também me passa a mesma sensação::: de que somos amigos íntimos numa conversa de sofá!!!

***

Adorei o post!

aBçs!

xD

cantinho she disse...

Gente! Tô boba aqui! Que lindo o que vc fez e da forma que fez, a vc vai o meu aplauso! (clap,clap)
Bjo, bjo!