CINEMINHA ÁGUA COM AÇUCAR

O que acontece quando alguém junta esse elenco abaixo num mesmo filme:
Jessica Alba ( Quarteto Fantástico)
Kathy Bates (Dia em que a terra Parou)
Jessica Biel ( Eu os Declaro Marido e Larry)
Bradley Cooper ( Se Beber não Case)
Eric Dane (Marley e Eu)
Patrick Dempsey (O Melhor Amigo da Noiva)
Jamie Foxx ( Ray )
Jennifer Garner (De Repente 30)
Topher Grace (Homem Aranha 3)
Hector Elizondo (O diário da Princesa)
Anne Hathaway (O Diabo Veste Prada)
Ashton Kutcher (Efeito Borboleta)
Queen Latifah (Jogo de Amor em Las Vegas)
Taylor Lautner ( Lua nova)
Shirley MacLaine (Laços de Ternura)
Julia Roberts (Uma Linda Mulher)


Temos o equivalente a uma novela de Manoel Carlos ( Viver a Vida, como exemplo).
"Valentine's Day" ( Idas e Vindas do Amor) tem um elenco de grandes estrelas, muitas delas já premiadas com o Oscar, e outras tão produtivas em Hollywood quanto.
As histórias que se interligam são boas, bem construídas, mas falta um certo “que” de paixão, de suspiro por parte do público. Os personagens se esforçam em interpretações que passem credibilidade. Claro que uma cena de Julia Roberts com
Bradley Cooper ( dois queridinhos do cinema) é um prazer a parte, como Ashton Kutcher e Jennifer Garner (que gosto de paixão), sempre com suas carinhas de criança querendo colo, nos diverte, mas a todo momento se espera mais, e mais, e nada vem.

No fim um gosto de decepção, não sei bem se essa é a palavra certa, talvez falta de um gosto doce, de romance, que te faz suspirar.
Temos um bom elenco, um bom roteiro, uma boa fotografia, mas não temos um bom filme. Como explicar?
Sugiro a quem não viu, que busque assistir, esse é um ponto de vista meu. Gostaria até de debater com alguém que o tenha visto e gostado. Talvez meu enfoque tenha sido outro, por isso não me agradou. Confesso que esperei muito para vê-lo e fiquei com uma sensação de que preciso ver de novo...rs.

Abraço

PS.: clicando sobre os nomes ou fotos temos a filmografia ou imagens ampliadas.

4 comentários:

Andrea Pagano disse...

Rafa,
Numa tarde destas assisti "Cherri" porque queria ver um romance assim apimentado...
Tem a belíssima Michelli Pfeiffer devorando o Rupert Friend!
A fotografia e figurino são maravilhosos ... retrata bem a época ....mas ele vai perdendo o fôlego no decorrer da narrativa...
Uma pena ...gosto de romances com pimenta e não açucar!!!
Bjs

Dama de Cinzas disse...

Puxa, vc foi dizer que parecia com Viver a Vida, agora perdi o tesão de ver... Essa novelinha do Manoel Carlos tá muuuuito chata, dá pra perder 10 capítulos e nem sentir falta... rs...

Beijocas

Serginho Tavares disse...

um elenco desse porte num filme é bem entendível que não funcine. o motivo? estrelas demais querendo brilhas querido torna o espaço de cada uma pequeno na tela!
filme é pra ter uma estrela, no máximo duas e tá de bom tamanho

abração

Marcos disse...

Não assisti o filme... logo não vou poder debater a respeito.

Se quiser pensar só em cinema por diversão... esse filme deve ter sido ótimo, se quiser história... bem ai vc quer coisa demais, tanta gente boa e ainda ter enredo?? Pede um ponei!

abçs