MUITO MAIS DO QUE SE IMAGINA

Tantos podem dizer que Glee é um seriadinho sem graça, sem futuro, comercial demais, mas independente de tudo isso, me emociona algumas vezes.

O vídeo abaixo fala mais do que inclusão, fala de solidariedade, de respeito, de sentimentos que temos deixado de lado com a vida corrida e desregrada de hoje. A imortal letra de John Lennon na voz e gestos de quem tem muito a dizer. Percam um tempinho e assistam.









Tive uma prima surda e muda que na minha infância me povoou de grandes ilusões, por que apesar de sua deficiência, o linguajar dela com uma criança de 5 anos era rico de detalhes. Ela nunca precisou esboçar nenhuma gesto a mais ou forçar uma palavra, eu a compreendia, dentro do mundo de fantasia que criava para brincar comigo.

As adversidades geram naqueles que não sentam e se lamentam uma força vital muito maior que a nossa tidos “normais”.

A beleza nasce no terreno mais árido, mais inóspito que se possa imaginar, basta que ali exista espaço. A vida brota de vãos minúsculos, por que viver é o que temos de mais especial.



Aos amigos que passam por infortúnios amorosos, que se sentem abatidos por um problema de saúde, financeiro ou que não entendem por que o mundo não lhes sorri, desejo que o dia de hoje e o final de semana seja repleto de boas novas, basta que parem no espelho e sorriem pra vocês mesmos. Se não se sentem felizes em ver o quanto são perfeitos, não esperem que outros o façam.

Abração...

Bom fim de semana

21 comentários:

D. Martins disse...

Concordo Rafa, já dizia a frase que: A BELEZA ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ.

E digo mais, só podemos ser feliz por nós mesmos, não pelos outros. Por isso devemos procurar enxergar cores quando não se tem, e devemos procurar o que nos faz bem, todos os dias.

E assim, o mundo fica mais leve, apesar de todos os obstaculos. ;)

Abração.
Bom final de semana!

Karina disse...

Rafael,
Não tive como ver o vídeo, mas as suas palavras refletem exatamente o que sinto quando estou com algo atormentando a minha mente e daí me deparo com pessoas vivendo suas vidas em condições muito mais adversas do que as minhas. É claro que eu não posso simplesmente menosprezar ou desprezar os meus problemas (afinal, são meus!), mas é muito bom enxergar (e isso demora muito às vezes - confesso)que ao invés de ficar se lamentando, devemos viver, porque temos saúde, porque temos pernas, porque temos instrução, casa, comida boa, e, no meu caso, minha família (que me perturba, mas que é para onde sempre retorno). Um beijo, Karina.

Jarbas disse...

Tenho um amigo que me recomendou bastante Glee.
E eu concordo muito com o que você diz, mesmo achando meio complicado aplicar certas coisas na dia-a-dia.

bom fim de semana.
: )

Robson Schneider disse...

É isso rafael... acho que por mais que pareça apenas clichê é a pura verdade... Amar ao proxino como a si mesmo... ou seja o amor aos outros é um reflexo do que oferece a si mesmo.Engraçado mas ontem estava zapeando os canais e vi a Lucia alves, numa novela do SBT acho?!(por isso a citei no poost)Ela falava pro personagem da Carla Marins sobre a Cacilda Becquer...Dizia que ela no palco,fazia vc acreditar que ela era qualquer coisa.Achei fantástico.
Abração e vai ser hoje a comemoração do niver...

Três Egos disse...

Olha, se eu tivesse lido seu post ontem eu iria chorar. Porque ontem eu estava meio sentimental demais e chorei vendo Grey's Anatomy. E olha que é raríssimo eu chorar... rs. Eu nunca devo ter mencionado de um problema de saúde que tenho desde que vc frequenta meu blog, na verdade, nunca falei mesmo, no máximo mencionei porque nunca estive muito à vontade. Talvez um dia eu fale... rs. Mas é assim, a vida é feita de superações, para se viver vc deve superar e, melhor, nós somos feitos dessas superações. Talvez se eu não tivesse passado por algumas dificuldades eu não seria o que sou hoje, talvez eu seria uma pessoa estúpida e ignorante como muita gente por aí. Enfim, acho que ainda sobrou uns resquícios do sentimentalismo de ontem... rsrs

Abraço!!!

Lila disse...

A vida é muito mais do que palavras pronunciadas pelas cordas vocais...a sensibilidade pode e deve ser exteriorizada por todos os poros, por todos os sentidos.
Belíssimo post, belíssimo vídeo.
Fim de semana cheinho de coisas boas pra ti.
Bjkas

Visão disse...

Rafa, eu assisti ao episório 5 de Glee e achei tão sem graça e sem sentido. Tudo bem que cantem bem e as apresentações tneham sido formidáveis. MAs achei só isso. MAs ao ver este vídeo, não pude deixar de me emocionar. Chorei mesmo e ainda me arrepiei.
Há 10 anos atrás, eu conehci uma menina na igreja e ela era deficiente auditiva, e por não te r que interpretasse, eu procurei fazer um curso de LIBRAS, e me transformei em interprete para ela. A única ligação entre ela e as pregações do pastor. Era gratificante saber que eu estava ajudando-a a interagir com as outras pessoas.
Achei lindo.
bjs

Atitude: substantivo feminino. disse...

Poxaaa...não roda vídeo aqui!
Em casa eu vejo.
Eu já tinha te dito que nunca tinha ouvido falar neste seriado, né? Fiquei até curiosa agora..ainda mais que pelo visto tem gente que gosta, tem gente que não..ou seja...preciso ver para dizer o que eu acho.
Podeixá que logo que assistir te digo o que achei!
(posso ver no youtube tbm, né! ;)

Serginho Tavares disse...

sinceramente eu vejo glee porque gosto do elenco e das mússicas mas o roteiro não existe
uma pena por sinal
com relação a inclusão social ela já foi amplamente abordada e bem melhor diga-se de passagem em outros programas mas ver um seriado mega popular como glee abordar este assunto é mais do que justo e digno.

Arsênico disse...

Eu sou um apaixonado doente por Glee... perdi as contas de quantas vezes sorri... refleti... imaginei... concluí... e chorei...!

O episódio do video acima... foi o que mais me emocionou... e ainda bem que estava sozinho em casa... porque chorei muito... chorei com vontade de chorar...

Como disse::: Podem dizer qualquer coisa do Glee... mas só quem vê ele seguidamente percebe o benefício que ele traz... embutido e muitas vezes subliminar entre as frases dos roteiros!!!

Quem quiser tentar ser um pessoa melhor... Recomenda-se Glee!!!

***

xD

Fernanda Elisa disse...

Ah, que delícia passar aqui hoje! Foi certeiro no meu peito seu post. Que passem por aqui hoje muuita gente pra ler, ouvir e ver (adorei a imagem)o baita recado que vc mandou. Lindo post. Fico feliz em ver o pessoal usando a escrita pra essas coisas...As palavras foram feitas pra isso, sempre desconfiei.

Beijooones,

Autor disse...

Tem como não amar vc, Rafa?
Que post lindo, viu?
Além do quê, tem Glee nele!
E sim, inclusão já!
Inclusão é MAS, preconceito é MENAS!
;-)

Andrea Galvez disse...

Oi Rafael

Lindo teu post de hoje.Na verdade o que falta em muitos casos é a sensibilidade.Saber ouvir, retribuir e se doar...

Que seu final de semana seja tudo de bom!:)

Bjo

Marcos disse...

Bem, eu vou agora asssistir os episódios 18, 19 e 20! Esse em especial que vc postou hoje realmente emocionou!

Surpreendente!

Abçs

sweetredpoison disse...

Adoro Glee, especialmente por ser o tipo de seriado envolvido com as problemáticas relacionadas à Diversidade, sem mencionar que adoro as versões que eles fazem.

cantinho she disse...

Caramba! Uau! Pera me deixar respirar... clap, clap! (palmas) Nossa lição de vida, sabia? Que post maravilhoso, vídeo sensacional e texto perfeito... adorei! Parabéns!
Bjo, bjo!
She.

Oda Moura disse...

Pois é. Glee trata deste tema de formamuito bem bolada. Ao contrário do que a gente vê nas novelas da Globo.
Gosto de assitir esse seriado.

Loba Nua disse...

De forma alguma foi 'perder tempo' assistir ao vídeo do GLEE!!!

MUITO BOM E MARAVILHOSO O QUE DISSE SOBRE INCLUSÃO E COMO DEVEMOS PARAR PARA PRESTARMOS MAIS ATENÇÃO ÀS PESSOAS E COISAS QUE REALMENTE INTERESSAM EM NOSSAS VIDAS...

Cheguei aqui através do Rogério, um seguidor seu; adorei seu blog!!!

Aquariano, sei bem como são vocês e simplesmente adoroooo Aquarius... AGE OF AQUARIUS....

BEIJO MOLHADO E MELADO CHEIO DE LUZ E HARMONIA PRA TI, LINDO!!!!

SAL disse...

Faço das palavras de Autor, as minhas: "Tem como não amar vc, Rafa?
Que post lindo, viu?
Além do quê, tem Glee nele!
E sim, inclusão já!
Inclusão é MAS, preconceito é MENAS!"

Continuando as aspas... "Aos amigos que passam por infortúnios amorosos, que se sentem abatidos por um problema de saúde, financeiro ou que não entendem por que o mundo não lhes sorri"... ANDA FALANDO DE MIM, RAFA????
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
(brincadeira!!! não resisti!!!)

bjo

Cris disse...

Putz, li seu último post e vim passear pelo seu blog.
Li este post...
Caramba!
Do riso à comoção. Emoção!
Lindo. O vídeo é maravilhoso e quem "não perder um tempinho" com ele, como vc diz é um idiota e deixará como costumo dizer de ser mais rico.
Nos tornamos verdadeiramente ricos assim, né?

Fácil amar o bonito, o inteligente, o culto, o rico, o "perfeito".
Amar os "excluídos" é encontrar o caminho da riqueza que nunca se perde e que levamos consoco, memso depois desta morte física.
Trabalhando coma animais vindos de maus tratos e explorações diversas há muitos anos, aprendi que o amor é como uma arma do bem; assim como a fé!

Amei o texto.

Marcos Eduardo disse...

Rafael, boa-noite!

Eu tambem me sensibilizei com esse epis e o comentei em meu blog. alias, sinto falta dos seus coments por lah, viu!

apareça. abraços.