UMA GRANDE ATRIZ

Gosto de falar de algumas mulheres que admiro. Já fiz um post sobre Maitê Proença, e agora quero falar de outra que me dei conta, é uma atriz sensacional.

Assistia Ti Ti Ti ontem e vi Claudia Raia, com toda a sua exuberância roubando a cena e conclui que o tempo que está na TV já é suficiente para ser considerada uma das maiores estrelas da Globo.

Engraçado que é coincidência falar novamente de uma Campineira. Me dei conta quando senti vontade de falar dela. Claudia Raia é o tipo de pessoa que vive cada fase da vida intensamente. Quando surgiu lá na década de 80, perua, toda desengonçada, gigante, cabelão armado, não poderia ser um sinônimo melhor da época e suas excentricidades. O casamento com Alexandre Frota, que concluo eu, deve ter se arrependido muito, não durou, mas as lembranças do vestidão de noiva, a igreja e toda a badalação ficou guardada na memória, incluindo o tênis com que casou o noivo.

Claudia não é de uma beleza clássica como Maitê. Mas é bela como uma Julia Roberts por exemplo. Traços um tanto masculinizados, altura exagerada para uma mulher, pernas enormes e bem torneadas. Isso é uma verdade que a própria atriz reconhece, visto ter aceitado fazer um personagem transexual numa das novelas de Silvio de Abreu.


Cada momento de sua vida tá pontuado com um trabalho memorável. Cortes de cabelo diversos mudaram sua aparência, mas a língua levemente presa e olhar languido não muda. A serenidade que surgiu com o casamento de 17 anos com Edson Celulare, já da espaço a uma nova era, após a separação. É visível que Claudia volta às origens e se mostra perua novamente.

Tirando primeiro casamento desastroso, Claudia Raia nunca se envolveu em escândalos que fizessem a mídia e os paparazzos enlouquecerem. Acredito que boa parte disso vem da estabilidade do casamento com Edson e o fato de ser mãe. Claro que ambos não impediram que brilhasse nos palcos com suas pernas de fora em inúmeros musicais.

Claudia Raia provou ser engraçada. Desde TV Pirata que ela exercita seu lado “comédia”, muito bem no vídeo. Surpreendentemente encarnou uma das personagens mais famosas de Nelson Rodrigues e deu conta do recado. Anos depois viveu sua personagem mais forte em A Favorita. Uma parceria acertada com Patrícia Pillar e Mariana Ximenes.


Admiro Claudia Raia, pela sua capacidade de se fazer presente, de roubar a cena, de fotografar tão bem no vídeo, de ter amadurecido consciente do espaço que ocupa, continuar uma mulher elegante, divertida e atenciosa.

Claudia raia é o tipo de pessoa que não atrai a unanimidade. Já ouvi muita gente dizer que não vê graça alguma nela.

Pra mim, seu trabalho, sua beleza e seu talento são mais do que suficientes para considerá-la umas das melhores atrizes da sua geração. Uma geração que tem Malu Mader, Claudia Abreu, Deborah Bloch, Fernanda Torres e tantos outros talentos femininos.

Sua personagem Jaqueline é muito, centenas de vezes melhor que a primeira versão, ocupada por Sandra Brea.

Abração a todos, boa quinta-feira.

8 comentários:

Saulo Taveira disse...

Ela é realmente muito talentosa.
Uma artista completa, interpreta drama e comédia, canta, dança, sapateia hehe. Cláudia é ímpar.

Belíssima homenagem.

Abraços.

Marcia disse...

Acho ela show! Adoro os trabalhos! Sou fãzoca que nem tô ficando sua! Todo dia venho ver o post!
Beijoooooo

Tathiana disse...

Poxa, queria tanto ver TV! Queria assistir este remake de tititi. Mas não consigo. D qq forma, ela fez personagens marcantes, sim. E parece ser centrada e boa mãe, o que, pra mim, já é motivo de admiração.
Bjs.

Arsênico disse...

Cláudia Raia dispensa comentários néah? Mas tinha que dizer que um dos papeis mais fantásticos que ela fez... na minha leiga opinião... foi justamente a transexual Ramona em As filhas da Mãe!!! Eu me divertia tanto... e não está sendo diferente com Jaqueline de Tititi...

***

aBraço!


;-)

Dama de Cinzas disse...

Não é lá minha atriz preferida, mas sem dúvida de um talento fantástico. Quando ela pega uma vilã então, nossa, fica ótima!

Já a Maitê fico olhando aquela vaca com uma inveeeeeja!! Porque ela tem que ser tão bonita? Porque ela tem que ter aquele cabelo? ahahahah... Brincadeiras à parte, gosto muito dela!

Querido, obrigada pelas palavras no meus post lá na Sal... Eu comi mosca e não vi seu post lá e fui ler comentar, desculpe a falha!

Obrigada pelo seu carinho, sempre!

Beijocas

Marisa Mattos disse...

"Se você diz vem às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz."

(Antoine de Saint-Exupery).

Luna disse...

a personagem é incrivel, e a atriz talentosa, mas que ela parece uma trava, ela parece.

Antonio de Castro disse...

sem falar da Ângela de Torre de Babel.