UMA LENDA "DELICADA"

Nota do autor: Antes de lerem o conteúdo abaixo entendam que as “aspas” são para enfatizar sarcasmos e ironias do texto e as muitas variações para designar o homossexual não são de forma alguma desrespeitosa ou de cunho preconceituoso, usadas apenas para dar um tom mais engraçado a narrativa. Obrigado.

Não deve ser segredo pra ninguém que Campinas é conhecida como cidade de ares “frescos”.

Há muito tempo quando se fala da cidade, alguém já da uma risadinha torta e puxa um “ui” você é de Campinas, cidade de viados? Ou: eu não tomo água quando vou a Campinas, é assim que se fazem baitolas por lá.

Pois é. Todos nós Campineiros somos obrigados a agüentar piadinhas a respeito disso, e creio, muitos não sabem nem o “porque” da fama adquirida pela cidade. Então vou fazer um breve relato do folclore criado sobre a cidade de campinas verdes e ventos frescos!!! ( ó, é verde limão, por que tá na moda...rs rs rs rs)....

Reza a lenda que o senhor Carlos Maia, filho do prefeito de Campinas Orozimbo Maia, formado em medicina no Rio de Janeiro, especializado em anestesia, e figura lendária do cenário cultural campineiro era na verdade uma “bichona”, conhecida por suas fantasias luxuosas que ele mesmo vestia nos carnavais do Rio de Janeiro.


NA FOTO : CARLITO MAIA E O ESTILISTA DENNER ( E MAIS ALGUNS POLICIAIS "ATRAS")

Numa das décadas do inicio do século passado ele muito “chique”, organizou uma caravana campineira com “meninas” da região para irem ao Rio num baile a fantasia, pré carnaval no hotel Gloria ou Monte Libano, já não tenho essa informação precisa. E lá foram “lindas, formosas e montadas” para a cidade maravilhosa.

Na época eram proibidas manifestações homossexuais em publico, visto que era crime ser travesti, ou pederasta como era definido o termo para “gays’ no primórdios do século XX, e assim Carlito Maia ( apelido carinhoso dado pelas amigas) foi de bandeira em punho divertir-se nas festas profanas cariocas.

Obvio, que uma caravana de bichonas e travestis felizes iria ser interceptada pela policia e logo viraria manchete, por que o cabeça da excursão era nada mais que o filho de um prefeito. E assim as manchetes pipocaram mostrando ele com seus amigos em fotos constrangedoras, presos e maltratados na então capital do Brasil.

Imaginem a cena...década de 30 ou 40, um monte de “bonecas” presas por vadiagem no Rio de Janeiro em pré carnaval o que não gerou de especulação e comentários maldosos no pais. Lembrando que naquela época tudo o que acontecia no Rio, virava manchete nacional.

Deste momento em diante Campinas ganhou fama de cidade de “viado”, por que todas as vezes que se falava dela logo vinha à mente das pessoas o escândalo de Carlito Maia. Sem deixar de mencionar que nesse período Campinas era uma cidade importante por que daqui saiam figuras ilustres que brilhavam no cenário nacional, como Carlos Gomes e Ramos de Azevedo ( arquiteto da Pinacoteca, mercadão e o Teatro Municipal de São Paulo, entre outros)

Existem documentos dizendo que Carlito foi importante para o município, principalmente na questão cultural. Ator de teatro, vangloriava-se de ter se apresentado mais de 300 vezes como Jesus Cristo, nos palcos nacionais. Rs rs rs...tá...Jesus Cristo!!! Ha hã!!!

Essa é uma das lendas criadas sobre Campinas. Outra é que no inicio o nome do municipio era "campinas dos viadeiros"...que convenhamos da na mesma, continuaria com a fama de terra de viado...

Agora existem outras cidades que também carregam a fama de “terra de mariconas”, como Pelotas no Rio Grande do Sul. Já não sei o porquê, aqui é apenas uma lenda, lá pode ser que seja verdade. Pelo menos o vídeo abaixo da a entender....rs rs rs.





Abração a todos...boa sexta – feira, bom fim de semana.

11 comentários:

Luna Sanchez disse...

Interessante, eu não conhecia essa lenda...rs

O que dizem a respeito de Pelotas é que tendo vivido a cidade uma época de prosperidade, os fazendeiros passaram a mandar os filhos para o exterior (viagens de estudos) e quando os caras voltavam, com hábitos europeus, eram rotulados como gays.

"Dá lugar pra outro", no vídeo...ahahahahaha. Bom demais!

Beijo, Rafa. Bom fds.

ℓυηα

Edilson disse...

Assim que surgem grandes histórias e só você mesmo para nos brindar com tantas coisas bacanas. Abraços e ótimo fim de semana.

KARINA PINTA E BORDA disse...

Essa história que a Luna contou foi a que eu ouvi. Imagino que ela seja verdadeira, porque além de ter fama de gays, os gaúchos têm fama de grossos (alguns são realmente muito grossos, e não digo necessariamente quanto aos bons modos...rs). Um beijo, Karina.

F. disse...

"Meus braços não são
do tamanho do mundo, mas foram feitos no tamanho exato de abraçar alguém." (Rita Apoena)

Ótimo final de semana, acho que a história de Pelotas é verdade! Como os dois comentários anteriores! Pelo menos foi um próprio gaúcho que me contou! :)
E se der coloca um texto de fds, é péssimo esperar até segunda!
Beijos

F disse...

Ah! Ia esquecendo...
AMEI a foto nova :)

Lobo Cinzento disse...

Ih Rafa, relaxa quanto a isso. nem precisava das aspas, a gente saca quando a coisa é ilustrativa, e quando parte pra agressão. Pra você ver, que nada é por acaso XD.

Morri com essa história ai em cima de Gaúchos. Passagem pra Pelotas já! XD

Abração Rafa!

Lord V. disse...

uia...
nao sabia msm o pq da cidade de campinas ser conhecida como a cidade dos viados!
kkkkkkkkkkkk
bom saber...

abraços
voy

Tathiana disse...

Parece q várias cidades tem essa fama. Aminha (Campos) tb tem... e nem sei o motivo!
Bjs.

Andrea Pagano disse...

Rafa,

Eu já tente falar de Campinas N vezes, mas ainda não saiu um bom texto. Também porque na verdade eu preciso de mais dados para não escrever bobagens...
Tem muitas coisas aqui que são intrigantes, no mínimo, a troca dos nomes das ruas e avenidas por apelidos, o dirigir tão errado, causando filas que não são necessárias, o bairrismo absurdo do campineiro, a desconfiança e pouca abertura dos mesmos, enfim um monte de coisas que observo,vivo e gostaria de relatar...Mas, ainda vou faze-lo.

Agora o fato da fama de ter muitos gays na cidade, relamente é algo assim muito comentado, mas ainda tenho que são além desse que vc citou, outros motivos, pois aqui temos muitos de fora (eu mesmo conheço pouquíssimos campineiros aqui em Campinas)

Mas, gostei do post, não conhecia esta história e nem esse motivo...Mais um na lista dos motivos que já escutei...rsrsrs

Bjs e bom final de semana!!!!

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Eu sabia da fama da cidade, mas não sabia do motivo. Taí, gostei do post. Muito esclarecedor. Rafael também é cultura! rsrs

Beijos e boa semana!

Três Egos disse...

Interessante, não tinha a mínima ideia que existia toda uma história pelos bastidores. E se fosse a água de Campinas, a chuva que deve ter trazido para São Paulo. Certeza! rsrsrs...

Abraço!