QUANDO O ATOR VIRA UM CHATO!!!

Ontem assisti parte de Meu Nome não é Johnny na Globo, estrelado por Selton Mello e conclui que cansei dele.

Não tiro sua capacidade dramática, sua competência como ator, e nada que macule sua imagem. Apenas não acho mais graça em nada que faz.

Nos EUA o carro chefe das emissoras bem sucedidas são os seriados (siticons) que também desembarcam em terras tupiniquins transformando astros do cinema em grandes celebridades aclamadas e adoradas pelo publico brasileiro. Entendemos então que o produto principal deles é esse, e não há por parte de grandes estrelas nenhum problema em protagoniza-los ou fazer participações especiais.

No Brasil não é necessário dizer que vivemos da novela. Se não fosse assim, as emissoras não se atracariam em publico para produzirem seus folhetins e ganharem o aval do publico. Então ver um ator renegar as origens que o fez surgir é um tanto complicado de engolir.
Difícil um ator no Brasil se negar a fazer televisão. Selton apareceu recentemente numa microsserie estranha sobre um medico paranormal. Posso até estar sendo irônico, mas não vi em momento algum o ator a vontade no personagem. Me parece sempre que o faz por obrigação. E olha que já se passou mais de uma década que não fazia algo diferente na TV, além de pequenas participações em séries curtas. O que queria mesmo era vê-lo numa novela do começo ao fim e saber se ele ainda tem folego pra tal empreitada.

O que acontece com atores como Selton Mello que se negam a fazer TV é justamente esse distanciamento com o publico. Sabemos que o cinema deu uma guinada, mas como disse em post anterior, para a classe mais baixa que tem a TV como diversão, ir ao teatro ou cinema é algo surreal.

Fernanda Montenegro, dama do teatro, grande estrela dos cinemas nos brinda de tempos em tempos com suas participações em teledramaturgias da Globo, eternizando grandes personagens, como Jacutinga, da novela Renascer.

Sonia Braga deve se achar o máximo estrelando filmes e series americanas. Tudo bem se para ela fazer sempre o mesmo papel de “chica” latina e prostituta vale mais do que ser consagrada e aclamada pelo publico brasileiro. O que fez de Sonia Braga sucesso foram os poucos personagens que interpretou nas “novelas” nacionais.

Mas a tão poderosa estrela Hollywoodiana aparece a cada década e faz uma ponta em algo na TV cobrando exorbitâncias ou caindo do cavalo como na tentativa ridícula da rede TV em transformar Desperate Housewives em produto nacional. Enfim, Sonia está tão distante da nossa realidade que ao se deparar com um texto de novela, o interpreta tão mal como uma dona de casa parada por Luciano Huck num game na praça da Sé.

A ponte entre Selton e Sonia que faço nessa analise, é que quanto mais o ator se afasta das suas origens na TV, mais ele se torna excêntrico, e perde a capacidade de convencer o publico de sua competência diante das câmeras.

Acho Selton um chato, assim como Luana Piovani, Carolina Dieckmann e alguns outros que se julgam a melhor bolacha de um pacotinho pequeno. Prefiro Wagner Moura que faz da sua simpatia e carisma o produto necessário para nos fazer reverencia-lo como um dos grandes nomes do cinema novo, do teatro e da TV. Pluralismo da arte de representar.

Boa sexta feira a todos, ótimo fim de semana.

14 comentários:

Karina disse...

Rafael,
Fui lendo seu texto e só pensava no Wagner Moura, até que você finalmente chegou a ele...rs Concordo com você em gênero, número e grau, até porque eu fico observando, e não encontro grandes diferenças de atuação do Selton Mello em seus papéis, enquanto o Wagner Moura é absolutamente diferente a cada papel (basta ter assistido Sexo Frágil, Paraíso Tropical, Saneamento Básico e Tropa de Elite). Não é à toa que a mulherada inclusive (e eu me incluo nessa) tenha eleito o Wagner o homem mais desejado do ano...rs É uma pena também que outros atores que não renegam a TV contenham vícios, como o Fagundes, por exemplo, que está mega chato, e a própria Natália do Vale, que parece não ter saído do papel de mãe neurótica da última novela do Manoel Carlos (aliás, eu não consigo assistir Insensato Coração - parece que está todo mundo deslocado!). Um beijo, Karina.

Cris disse...

Não vou mais escrever post nenhum. Venho aqui, copio, colo no meu blog e dou os créditos. Pronto. Tá lá o que eu penso e quero dizer.

Rafael, não acho que sejamos parecidos, mas acho sim, que vc tem uma sensibilidade a flor da pele para aquilo que toca algumas pessoas. Muitas. Centenas. Milhares.

Com toda a certeza, a sua opinião faz eco para muita gente.
O Selton é o cara que se acha. Pensa que chegou no céu e não precisa desenvolver mais, aprender mais. Só bateu na nuvem. Tem ainda muito aprendizado pela frente.
A Sônia Braga é para mim uma morta viva depois da famosa Gabriela. Fez playboy, virou música, andou pela mídia daquela época e foi ser a Sra. Ninguém nos E.U.A. A participação dela naquela novela da globo(esqueci o nome) foi bizarra. Realmente um concurso no Caldeirão elegeria alguém melhor.Está mumificada até mesmo no talento e na arte. Endureceu. Engessou.

E para nossa alegria vem o Wagner Moura que arrasa em qualquer papel que faça. Tem uma energia em interpretar que é visível. O cara nasceu pronto, mas está sempre atrás de querer mais, de aprender mais e disse isso várias vezes, em várias entrevistas.

Quanto a Carolina e Luana....
Quando a Carolina Dieckman raspou o cabelo na novela de Manoel Carlos ao som de "Love by grace" e o Brasil todo chorou, pensei que eu fosse uma ET. Achei a cena patética, ruim, forçada e melodramática. Quase apanhei quando falei isso em um jantar com pessoal amigo. Imagina se estivesse com inimigos....rsrsrsrsrs
Aqui no Brasil, uma atriz raspar o cabelo é uma coisa que merece o Oscar...rsrsrsrs
Ninguém parou para olhar a cena em si. Para mim, foi ridículaaaaaa!

A Luana eu conheci pessoalmente e é ... deixa pra lá! Vai que apanho...........kkkkkkkkkkkkkkk

Beijo e um final de semana lindo pra vc !

Antonio de Castro disse...

a verdade é q o wagner tá na moda, do mesmo jeito que o selton um dia já esteve.

e novela... ngm mais aguenta ver novela, que dirá fazer. tenho a sensação q atores de novela como antonio fagundes e tarcísio meira já estão cansados de fazer os mesmos personagens.

tb acho q os filmes dele (selton) estão chatos e nem vi essa série da globo q ele fez. mas acho q ainda falta mt p ele ser sonia braga. talvez quem esteja mais perto disso é o rodrigo santoro. esse sim, chaaaaato.

Heron disse...

A maioria dos atores e atrizes se especializam em determinado perfil de personagem e não conseguem se desvincular para o resto da vida.

É o caso de Nathália do Vale, uma personagem chata de assistir.

E de Fagundes, nem comento. Ele tinha que viver um cara do mau para tirar este ranso de Juvental Antena, mesmo que elitizado.

E tem o José Mayer e seus galãs. Ele não tá pegando ninguém mais.

Mr. TV disse...

Querido, eu assisti A Cura com o Sélton Mello, e caro, não concordo com você. O ator mergulhou no personagem de tal forma que não vejo a hora de uma segunda temporada. Claro, isso é uma opinião minha. Quanto a Wagner Moura, também tenho uma certa afeição por ele, agora, Carolina Dieckmann e Luana Piovani são boas atrizes sim, mas são tão entojadas como seres humanos que acabam refletindo em cena tanto mau humor. Ah, tu esqueceu de mencionar a dona Susaninha Vieira, ela é uma atriz de primeira, mas tal e qual as duas fedelhas é uma chata de galochas ao quadrado. Abraço guri. Se cuida viu?

Wans disse...

Eu peguei bronca dessa panelinha Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Wagner Moura, Lázaro Ramos. É muita excentricidade para um ator só. Enfim...

Palavras Vagabundas disse...

Rafael,
concordo com várias de suas colocações mas ator tem que comer e muitas vezes só lhes oferecem os mesmos papéis, aí os coitados ficam fazendo sempre os mesmos. Vou fazer uma defesa do Selton Mello ele é depressivo e está constantemente lutando contra a doença durante "Meu nome não é Jonny" teve uma crise tão brava que só com muita luta conseguiu acabar o filme. É uma pena, mas nem por isso gosto do filme ou da atuação dele.
bjs
Jussara

..::voy::.. disse...

wagner moura tb esta entrando p esse clube q 'chuta' a tv. acaba de ser confirmado num filme de hollywood, dispensou papel nessa novela q esta no ar - acho q ele seria o que o lazaro ramos esta fazendo - e tb nas proximas novelas da globo. quer se dedicar ao cinema e teatro apenas.
qdo ao selton, acho ele um dos maiores atores do brasil. seu papel em a cura foi sensacional. foram 9 capitulos em q ele se entregou ao personagem de maneira impar. mas tb concordo q eh pouco. gostaria de ve-lo numa novela, assim como wagner e rodrigo santoro.

abraços do voy

railer disse...

eu gosto do selton melo e não gosto de novelas, por isso discordo do que você falou. acho que ele é um bom ator e tá fazendo o que faz melhor (lembra do auto da compadecida?). e qual o problema em não se fazer novela?

concordo que o wagner moura é muito bom também assim como outros, como o joão miguel do filme 'estômago' (recomendo).

aliás, final do mês estreia um ótimo filme com o wagner moura, que eu já no festival de cinema do rio em setembro passado: vips.
http://raileronline.blogspot.com/2010/09/vips.html

Daiane disse...

Olá
Concordo em partes com o que vc escreveu...concordo sobre o estrelismo q acomete muitas pessoas desse meio mas discordo quando questiona competencia de Selton Melo, uma vez vi uma entrevista dele na qual ela dizia q ele trabalha da seguinte maneira "cinema aceita todos pq adora fazer, teatro só faz o dos camaradas, comerciais só faz pelo R$ (q é o q todos fazem) tv não faz pq não gosta" e acho q ele tem razão em procurar fazer apenas o q gosta...na vida tudo é assim...em todas as profissões...os médicos não escolhem uma especialização no que mais gostam? Pois é...eles podem ser clinicos gerais mas preferem ser pediatras, cardiologistas.....enfim...o q vale é fazer o q gosta e não fazer o q querem que faça só por aceitação...e além do mais não vejo semelhança alguma entre seus personagens.
É como já disseram aí em cima o Wagner Moura é o cara do momento, o cara da moda....o primeiro filme q vi dele foi Deus é brasileiro e achei ótimo já suas atuações em novelas apesar de falarem q ele arrasou achei medianas, nada demais...o cara arrasa no cinema e esta disperdissando seu talendo em novelas q a cada dia que passa estão piores. O mesmo digo para Lazaro Ramos...está perdendo tempo com novelas...
Beijos
*Daiane

Atitude: substantivo feminino. disse...

Eu sabia que vc chegaria no Wagner.
Olha..eu amava o Selton. Amava mesmo. Achava ele lindo, tudo de bom, maravilhoso, ótimo ator, inteligente, tu-do.
Aí encontrei com ele no aeroporto e me assustei.
De boa..
Ou ele tava chapado, ou o personagem dos bodes e das cabras ainda não tinha saído daquele corpo. O cara falava meio que sozinho e gesticulava..
E aí perdeu o encanto.

Ahh qualé...Emanuel ninguém merece.

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Nem assisti àquele seriado.
Tb não ando muito fã de novelas. Aliás, que novelazinha mais insossa a das 19h, né? Eu gostava de Tititi, mas essa nova... não vou ver, não.
Bem, não ligo pros demais.... só quero concordar que adoro Wagner Moura. Esse tem talento, simpatia e competência! :)

Beijocas!

o Humberto disse...

Quando eu falei, ha anos, que o Selton interpreta o mesmo papel em todos os filmes e series, sempre sussurrando, sempre os mesmos tiques, quase me bateram.

Vc cansou agora, eu já cansei há muito tempo.

Adorei o post.

Crishane disse...

Finalmente encontrei alguém que pensa como eu. Nunca gostei do Selton Mello, faz a mesma voz sussurante e de ironia nos papeis, não muda nunca! Os mesmos gestos de "estou fora do ar", cara chato mesmo...e ainda se acha o biscoito de chocolate com recheio. Quando eu não gosto de um ator é muito difícil ver algum filme deste. Tipo como a Deborah Secco não perco meu tempo vendo novela onde ela atua.