UMA PAIXÃO CHATA

Não tinha a menor intenção de falar sobre o final de “Passione”, mas Silvio de Abreu me surpreendeu, então cá estou para dar a minha impressão sobre o assunto.

Passione foi uma das piores novelas que Silvio de Abreu já escreveu. Não há uma explicação logica pra isso, visto que quando o autor quer, ele faz bonito. Um elenco de primeira linha, com damas do teatro nacional, ótimos protagonistas, o que há de mais bonito no casting de jovens globais, mas infelizmente o texto não ajudou. Quando trabalhava com a direção de Jorge Fernando, Silvio de Abreu fazia comédia de forma mais escrachada, e a química autor/diretor era evidente.

Nada contra a direção geral de Denise Saraceni que é uma brilhante profissional. Talvez o que explique a falta de interesse do púbico pela trama tenha sido justamente a longa caminhada que uma novela se propõe. Oito, nove meses de uma história no ar necessita de muito ingrediente extra. As barrigas, os efeitos de flashbacks, as vistas aéreas da cidade de São Paulo foram utilizados a exaustão, e isso, queira ou não incomoda, mesmo sem que o público perceba.
Louvores a Silvio de Abreu pela brilhante vilã dada a Mariana Ximenes, que prova ser um talento nato. Irene Ravache, Cleyde Yaconis, Dayse Lúcidi (a velha porca) Aracy Balabanian, Marcelo Antoni, desempenharam seus papeis de forma brilhante, apesar do texto pobre, muitas vezes, e da falta de criatividade dos escritores. Muito se falou do segredo de Gerson, e no fim não se teve resposta à altura do suspense criado. Mas ao concluir a trama ficou claro que o desequilíbrio emocional de Gerson se devia ao abuso sexual na infância. A cena entre Dayse Lucide e Marcelo Antoní na prisão foi digna de aplauso.

A última semana da novela foi tão brilhante que fica aquele gosto amargo na boca e a pergunta, Por que não foi assim o tempo todo?

Infelizmente deram a Fernanda Montenegro um personagem principal com cara de coadjuvante. É muito melhor traze-la a tela com participações especiais do que obrigar a pobre dama do teatro a ficar presa quase um ano numa novela chata.

Existiram também os fiascos, os exageros. Carolina Dieckmann deveria permanecer fora da tela durante um tempo. É visível e palpável a antipatia do publico com a atriz. Reynaldo Gianecchini tentou, mas não conseguiu ser um vilão daqueles que o publico odeia. Sua tentativa de ser mal foi confundia com cenas de histeria bichosa, parecendo uma franga desequilibrada. Nada contra o ator, até gosto de Giane, mas poupem o garoto de vilões.

Tony Ramos berrou, chorou, e fez o seu papel mais uma vez. O de grande ator. O elenco jovem deixou a desejar com kayky Britto e sua eterna carne esponjosa e fala fanha sem um pingo de talento. Maitê Proença teve grande dificuldade em contracenar com os filhos, salvo Cauã Reymond que sempre será um talento a parte.

Os demais fizeram aquilo que lhes foi proposto, sem nada a acrescentar.
O ultimo capitulo mostrou o talento do autor. Na medida certa, sem frescuras e situações lúdicas. Tudo bem que a vilã saltar de um carro em movimento e permanecer ilesa é fantasia, mas damos a isso o cunho de licença poética do autor...rs. A vilã, assassina, permanecer impune, é sim um final feliz. Clara era uma bandida vitima de um adulto canalha, sua avó. Vendida, prostituída, teve seu caráter moldado na psicopatia, pelo desapego ao ser humano .

Claramente perceptível à reação de cada um dos personagens em vista de seus dramas e traumas. Fred perdeu a vontade de tudo, após saber que seu pai não prestava. Uma vingança nula. Gerson cresceu com problemas sexuais. Clara ficou amoral.

Na conclusão da história, Silvio de Abreu mostrou muito bem como cada ser humano reage a seus traumas. Uns se curam, outros fingem, e alguns nunca terão concerto.

Lamento que Passione não tenha tido duzentos e tantos capítulos com tamanho empenho como foi na ultima semana.
Que Gilberto Braga nos dê a diversão que faltou no ultimo ano.

Abraço a todos e boa semana.


8 comentários:

Edu disse...

SdA é um tesão! #prontofalei

Não assisti à novela, mas adoraria um "Casa dos Artistas" com seu autor.

Paulo Braccini disse...

Novelitas ... NOT NOT NOT ... de há muito já não me prendo a isto ... saudades de Dias Gomes e outros grandes e verdadeiros talentos ...

bjux

;-)

Palavras Vagabundas disse...

Ótima analise, e olha que eu gosto do Silvio de Abreu!
abs
Jussara

Cris disse...

Rafa, achei que cada um teve quase o fim que poderia ter numa história real. Os "bandidos" impune, exceto o coitado do Fredy que pagou sozinho por um crime que cometeu com a "companheira" de vida fácil....rs
A Clara uma doente total e que conseguiu uma proeza que deixaria 007 de boca aberta.
Novelinha demais pro meu gosto no quisito "final Clara". Até concordo que ela poderia sair ilesa de tudo, como toca a banda do nosso país, mas daí simular um acidente e colocar no seu lugar, em fuga, um carro em velocidade, fugindo do cerco policial uma outra mulher e abrir a porta...xiiiiiiiiiiiiiii, até minhas duas cachorras que estavam na sala olharam pra mim e disseram: conta outra...au au au;....rsrsrsrs

beijão grandão

Le Voyeur disse...

tb achei a novela - as partes q vi - indignas de silvio de abreu. pra quem fez guerra do sexo e a proxima vitima, passione foi uma tragedia...
mas como ele msm disse, ja esta cansado de esccrever coiusa nova, sem motivação. quer agora trabalhar em remake - e tudo indica q o proximo sera de guerra dos sexos, para 2014!!!
e mais, novelas com 8 meses ja nao dao mais. ngm tem paciencia pra isso...

bjs do voy

Mylla Galvão disse...

"FRANGA DESEQUILIBRADA" FOI ÓTIMO RAFA!!!

ADOREI!


BJO

Tathiana disse...

Não acompanhei a novela, tampouco assisti a última semana. Vi apenas alguns poucos capítulos esporádicos. Mas concordo com vc que Carolina Dieckman tem estado péssima em todos os papéis q interpreta (ela já foi boa em algum?) e deveria ficar afastada da telinha.
Bjs.

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Eu sempre me surpreendo com o talento incrível de Tony Ramos. Pra mim, ele sempre rouba a cena.
É capaz de fazer qualquer sotaque como se sempre tivesse falado a língua da novela. Grego, Indiano, Italiano... o que mandar ele faz. E o faz bem feito!

Agora, a melhor parte do post:

"Sua tentativa de ser mal foi confundia com cenas de histeria bichosa, parecendo uma franga desequilibrada."

Rafa, suas tiradas são simplesmente perfeitas! kkkkkkkkkkk

Adorei!

Beijão!