HOJE TO INDGNADO!!!

Vou fugir da habitual característica do blog de falar sobre assuntos de ordem humana, sentimentos e atitudes do povo pra falar algo ligado a minha profissão de urbanista.

Tenho estado cada vez mais indignado com o que o mercado imobiliário do país anda fazendo. Parece que descobriram a galinha dos ovos de ouro, mas ao invés de alimentar bem a galinha para que produza bons ovos, estão dando hormônio que em pouco tempo vai explodir a pobre coitada.

As empresas de construção estão entregando lixos, camuflados e maquiados para um povo que não entende o que está comprando. As facilidades de financiamento totalmente fora da realidade atraem os compradores que pela ânsia da casa própria não prestam atenção na roubada.

Aqui em Campinas surgem dezenas de projetos. Não sei se acompanharam na imprensa, mas boa parte dos empreendimentos foi aprovada sob propinas dadas a uma quadrilha que agia na prefeitura, incluindo como chefe a esposa do prefeito.

Mas independente dessa putaria generalizada que se aplicou por aqui, a construção civil em si tem deixado a desejar. Esse boom imobiliário será um preço muito caro a pagar dentro de 10 anos no máximo. Vejo encartes de condomínios de prédios ou casas dizendo serem para classe media alta, e na verdade um engodo. Os que estão prontos, confesso, parecem os modelos Singapura implantados por Maluf na década de 90. Uma ótima ideia desperdiçada pela falta de compromisso do governo Estadual.

Aí que está o perigo. Fala-se em condomínios, em moradias para uma classe media, media alta, e rica. E o pobre vai pra onde? Os valores de financiamento não estão disponíveis pra quem ganha até 3 salários? Esse povo, grande maioria da população não terá direito a uma moradia digna? Teremos mais favelas?

Vi há pouco tempo pessoas reclamando de uma construtora que faz muita coisa pela região. Pagaram por dois anos prestações para construção do imóvel, até o termino de tal. Atraso de 2 anos, e assim que iniciaram as negociações de financiamento com a caixa econômica federal o imóvel triplicou de valor não se enquadrando na porcaria do minha casa minha vida ( maior enganação do governo PT). O que aconteceu? Esse povo todo perdeu 4 anos da vida, dinheiro suado que a construtora não devolveu, e ficaram sem o imóvel. Meu Deus será que só eu enxergo a sacanagem? Cadê Procon ou sei lá o que numa hora dessas?

Enfim, o Brasil está em ascensão no mercado imobiliário, e junto disso criou-se um monte de empresas corruptas que estão tomando dinheiro do povo, e nada será dado em troca. O povo tem memoria curta e por isso incide no mesmo erro. Se lembrassem do logro chamado “Encol” teriam mais cuidado ao depositarem sonhos e economias de uma vida nas mãos de empresários corruptos.

Habitação, saúde e ensino é tão importante quanto, dormir, se alimentar e respirar.

Boa quarta feira a todos.

5 comentários:

Paulo Braccini - Bratz disse...

Há pouco tempo vendi o meu ap e comprei o atual ... depois de muito rodar e procurar cheguei a esta conclusão ... os imóveis novos não prestam mesmo ... daí optei por comprar um antigo todo reformado ... show de bola ...

Este país é uma vergonha mesmo e o povinho não enxerga nada ...

Edu disse...

Aqui na Anhanguera. 150m2, 330 mil (na planta há 2 anos) e um banheiro onde eu não podia sequer dobrar os braços que batia nas paredes.

o Humberto disse...

Quando eu finalmente puder comprar meu apto vou solicitar sua consultoria, viu Rafael? Tudo que eu não quero é cair em furada.

BruH's World disse...

Lamentável,
Espero que este texto tenha muitas visualizações e que sirva de alerta a população.
Obrigado por abrir nossos olhos.

sad eyes disse...

como diz o povo, do lado de cá, "falamos a mesma língua".
aqui passa-se, ou passou-se, o mesmo...