CARTA AO ANÔNIMO

Agradeço a todos vocês amigos o carinho com que me felicitaram pelo aniversario na sexta feira e  todo o final de semana. Hoje estou profundamente triste pela dor de uma grande amiga. Infelizmente não controlamos o tempo, a vida nem os desígnios do nosso destino.

Na sexta feira iria postar esse texto sobre os anônimos que vem aqui me encher o saco, e desisti para não macular a minha data preferida do ano...o aniversario. Hoje faço aqui a minha explanação sobre o assunto.

[...Tenho recebido muitos comentários anônimos no blog nos últimos tempos. Isso talvez seja sinal de que alguém (ou alguns) andam se importando demais com a minha pessoa ou minha presença no mundo virtual. Como o Baú do Jamal é um espaço publico e democrático, quem por aqui passa e deixa comentários concordando ou não com o meu ponto de vista, são sempre carinhosamente retribuídos com respostas em seus devidos blogs. Aos anônimos o desprezo.

Não estou dando ênfase a essas pessoas que não são identificáveis, apenas respondendo de bom grado a uma insinuação, vamos la. Dizia o senhor “Marcio” ( codinome usado para o comentário deixado):

“sai do armario...Rafael...” ( copiei exatamente da forma que foi colocado).

Meu caro, ou minha cara, por que não sei definir o seu sexo apenas por essas breves palavras, nem pelo nome usado, visto que quem se esconde pode muito bem ter um sexo indefinido. Não existe um armário na minha vida, isso eu lhe garanto, por que aos 38 anos, muito bem vividos, com independência financeira, vida amorosa e sexual estáveis, não precisaria me esconder ou permanecer numa situação de anonimato se acaso me interessasse por alguém do mesmo sexo.

Veja bem, sou uma pessoa que compreende o ser humano e suas aflições, suas buscas, anseios, angustias e sofrimentos, e as respeito e admiro por isso. Sejam gays, negros, adolescentes ou quem quer seja que sofra preconceito. Por que não olho a esses a quem respeito por sua condição financeira, sexual, religiosa, afetiva, etc. Tenho amizade com quem me trata com dignidade, que vem a mim de coração aberto e pega o bonde da minha vida, fazendo parte, mesmo que virtualmente de um pedaço da minha história.

Quando ouço palavras como as suas, garanto, não me ofendem, por que tenho definido aquilo que você e outros talvez não tenham e precisem se esconder no anonimato.

Não teria problemas em “sair do armário” como você diz. Se assim o fosse, se desejasse. Tenho família, amigos e a certeza de apoio incondicional ao que escolher pra minha vida. Mas não preciso disso, por que não me escondo. Visto que o meu rosto está estampado em todo canto por aqui. Não tenho medo de julgamentos, muito menos de quem não conheço. Minha vida é está estampada nesse espaço no limite certo para que não haja invasão em minha privacidade. Para que possa me dar o direito de dividi-la com quem ache merecedor, e posso afirmar, que muitos amigos que aqui passam, me conhecem além dessas linhas.

Se a intenção é querer me provocar, ofender, ou deduzir algo que está em duvida, converse comigo, e assim suas insinuações se tornarão nulas. Por que já disse varias vezes aqui, não tenho problema algum em conversar e ser amigos de gays.

Veja bem, muitos dos que frequentam meu blog, e aos quais tenho profundo respeito são gays. Isso não me incomoda e muito pelo contrario, me da à noção de que o conteúdo disso tudo aqui faz sentido. Se você pudesse compreender uma pessoa como Paulo Braccini, de inteligência impar, moral e caráter irrefutável. Ou Edu, com seu bom humor cativante, e tantos outros que por aqui passam e são pessoas fantásticas, talvez não se importasse em querer que alguém “entre ou saia de armários”, por que todos esses citados tem muito mais a oferecer ao mundo do que você, talvez. E é um orgulho tê-los como amigos, mesmo com as impossibilidades físicas, de cada um morar num canto desse país.

Quando uma pessoa como você meu caro “Marcio” passa pelo blog de alguém, lê o que está escrito e a única coisa que lhe vem a cabeça é a sexualidade dos outros, acho melhor rever a sua existência. Tem muito mais coisas a se dar credito nesse mundo do que quem é ou não gay. Por isso creio eu, você faz parte da camada homofóbica da sociedade, mesmo sendo ( talvez) um gay. Pela importância que dá a vida intima das pessoas.

Por favor, a todos que aqui passam e não se identificam, escolham outro canto para despejar suas infelicidades. Tem duas coisas que me irritam nessa vida, bêbados e mal resolvidos. Então meu caro...vaza.

Aos citados acima, peço desculpa pela menção do nome, mas como sei que a questão sexual não lhes é problemática, achei de bom grado tê-los como exemplo...]

Abraço a todos e ótima de semana.

19 comentários:

Karina disse...

Eu não precisaria lhe dizer isso, mas achei a resposta muito elegante, apesar de, muitas vezes, considerar que a indiferença é o melhor remédio, pois revela o desprezo. É impressionante como as pessoas se preocupam com a vida dos outros e se esquecem de cuidar de suas próprias vidas. Mais impressionante ainda é que isso acontece no mundo virtual, onde não se vê o interlocutor. Virada esta página, desejo que tenha uma excelente semana e que a dor de sua amiga e a sua tristeza sejam amenizadas. Um beijo, Karina.

Valdeir Almeida disse...

Rafael,

Sou novo por aqui, mas a situação narrada por você é antiga na blogosfera. Esse cidadão (ou cidadã) anônimo é a representação de grande (se não da maioria) da sociedade atual: que divide as pessoas em dois grupos, os que são gays e os que não são. Como se ser homossexual – que é inata – enquadrasse a pessoa numa sub raça (como queria Hittler).

Pelo que observo, o anônimo (a) Márcio é alguém que não aceita a própria orientação homossexual e, por isso, sai por aí agredindo as pessoas. Ao mesmo tempo em que tenho pena dessa gente homofóbica (por sofrerem pela não-aceitação da própria condição) me assusta a forma xiita como eles tratam as pessoas que não se enquadram no universo machista/religioso padrão rotulando-as como homossexuais. E para os homossexuais, de fato, agem com agressões.

Rafael, certamente, esse anônimo (e tantos outros) que aparecem e poderão aparecer em seu blog, incomodam-se com sua inteligência e a forma dinâmica como trata os temas no “Baú do Jamal”. Inveja é uma das piores formas de manifestação da própria incapacidade.

Abraços, Rafael.

Saulo Taveira disse...

Bem, concordo plenamente com o querido Valdeir.

Não sei se funciona, mas eu configurei pra não aceitar comentários de anônimos e afins. Quem mostra a cara não deve passar por isso. E eu, democraticamente, decido como as coisas funcionam em minha própria casa.

Fica bem.

Abração.

Edu disse...

Aaaaaaaahhh você não é gay no armário?? Tudo acabado entre nós! :-)

Brigado pela deferência, meu amigão! Gay, palmeirense, azul, não importa. Importa o carinho e o caráter das pessoas que tornamos amigas através dos ciberespaços, né? Eu me sinto muito orgulhoso de me dizer amigo seu e de tantos outros.

Beijão e continue celebrando o aniversário durante a semana toda pelo menos!

Marcia disse...

Amiguxo,
como eu já tinha te escrito, indiferença e desprezo para os babacas de plantão, só pode ser inveja ou o famoso quem desdenha quer comprar... Eu acho que da para configurar para não receber coment anônimo não ? Eu sou burraldina com essas coisas hehehe mas olha só, apenas os covardes e os inseguros não mostram a cara então 3 vivas para todos nos aqui de cara limpa e coração aberto =]
um monte de beijinhos pra vc!!!
mA

Folhas de Andreza disse...

...protesto...apesar de sempre ler este espaço,apesar de ser de campinas...vc nunca me deu um Oizinho...mas isso não me faz menor ou pior entre seus queridos seguidores...sobre anonimos...quem sai na chuva é pra se molhar...se isso não lhe importa não lhe ouvidos...cada um segue a vida que lhe acha melhor...vc não é o 1º e nem será o último a receber comentarios dos mesmos...
sigamos me frente...ótima semana com bjks doce no ♥.

Sandes disse...

Oi Rafael , td bem? Sumi do seu espaço, estava de férias, coisa e tal, mas estou eu a cá de volta, viu? Volte a visitar o Meio Desligado também! Bem, quanto a essas pessoas infelizes e pobres de espírito, preconceituosas e talvez incompreendidas acho que são dignas de pena, pois acredito que não sabem lidar consigo mesmas e por isso despejam seus azedumes e indelicadezas nos outros. Mas Deus é mais que o veneno da cobra, acredite! A sua resposta foi em alto estilo! Abraço e Feliz Aniversário atrasado!

Cristiane A. Fetter disse...

CLAP CLAP CLAP, é isso aí rapaz, tapa com luva de pelica, fino e eficaz.
Também tive problemas no meu blog e simplesmente passei a controlar o que ia no ar, coloquei a opção de aprovação dos comentários.
Não dou mais o direito destas pessoas usarem o MEU espaço para vomitar suas indisiocrasias e covardias.
Comigo não meu irmão, rs.
Ah e parabéns pelo niver.
O meu está chegando, dia 22 agora.
bjks

Gabuh disse...

sou gay e me aceito como tal, bem como meus pais sabem da minha condição e algumas pessoas próximas também. só que mesmo que eu tivesse uma tatto na testa dizendo "sou gay", não sairia por aí expondo minhas intimidades pelo centro da cidade num carro de som, né??! então "no real" eu SOU SIM assumido e lido muito bem com isso, porém reservo assuntos da minha vida pessoal pra muita pouca gente. já aqui na bloggaysfera, como a propagação do que é postado é gigante, ajo de forma diferente, né?!... eu reservo a minha identidade atrás de um pseudônimo, escondo meu rosto mesmo, porque tudo que eu escrevo no meu blog são coisas, por vezes assustadoras, que não costumo falar com ninguém. assim posso também me assegurar de que nenhum amigo, ou a mocinha da padaria, por exemplo, leia e saiba que sou eu escrevendo ali. não quero que isso aconteça.

não sei se o sentimento que você tem por gente anônima é o mesmo gerado pra gente que abusa do pseudônimo. queria saber a sua opinião sobre pessoas que como eu, se sentem mais à vontade pra escrever usando esse método.

um cheiro, homem!
aguardo sua resposta!

Hugo de Oliveira disse...

Arrasou Rafael...esse cretino ou cretina que fiz entrando em seu blog, deve ser alguém infeliz que tenha inveja da sua felicidade.
E eu bem postei um texto hoje sobre a Vida de Armário, escrito por minha amiga Lilah Bianchi.

abraços

Antonio de Castro disse...

como sempre, o Edu com comentários brilhantes.

"sai do armário" é o novo "blog maneiro, bjux"?

gente se conteúdo e sem culhões.

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

ODEIO anônimos.
Vc sabe pq.
Isso é uma praga do Egito... aff!

Espero que não lhe incomodem mais, Rafa.

Beijos!

Aninha disse...

Sair do armário... e vc estava escondido por lá??rs
Particulamente acho um desaforo, as pessoas mal educadas,( e pq não dizer mal amadas) indepentente de anonimato ou não!
Eu AMO seus textos, amo a forma como fala, o jeito equilibrado de ser, e amo ainda mais pelo RESPEITO que trata o próximo!
Só queria ter um Rafael pertinho de mim, para ver se a inteligência pega por proximidade!
Boa semana para vc...
Beijão grandãoooo
Ana Flávia

Lidia Ferreira disse...

OI , eu vim por intermédio da amiga Sanzinha , Bom primeiramente, Feliz Aniversário, segundo meu querido seu texto e ótimo mas não de ibope para esse anônimos, exclua sem ler
bjs , adorei seu blog

Edilson Cravo disse...

Querido Rafael:

A felicidade é uma coisa q infelizmente INCOMODA muita gente, mas não se preocupe com isto. Pessoas assim ainda não conseguiram evoluir e precisam buscar ofender, agredir, denegrir e incomodar para serem notadas, Pobreza total de espírito. Perfeito teu post. Abraços e linda semana.

Gabuh disse...

cara, eu já tinha curtido a tua escrita e a vibe do teu blog desde a primeira vez que li esse post. depois então que cê comentou lá na minha página, a minha curtição SÓ aumentou. quanta simpatia o sinhô tem, rafael. muito obrigado pela palavras deixadas lá no "compro clichês". fiquei MUITO feliz! certeza que as pessoas que te rodeiam tem muita sorte de ter tu por perto. cê parece ser bem atencioso com aqueles que participam da tua vida, gosta de ser respeitado, tá implícito (rs), e por isso também é bastante respeitado pelos amigos. acho lindo!

mas voltando ao assunto desse post, tenho que dizer algo que esqueci de comentar no meu primeiro recado deixado aqui. é que eu também tenho um outro blog e houve um tempo que recebi comentários anônimos. hoje o cara, que eu descobri ser ex-namorado (inconformado) de um ex-namorado meu, deu uma sossegada. só que quando houve esse bombardeio dele botando defeito em tudo o que eu escrevia, eu não dava e nunca dei a mínima. é claro que é um saco, porém, se tu entra na pilha é pior. então eu deixava os comentários dele lá e não rebatia nenhum deles. fazer um post só pra ele, como tu fez aqui, pra mim soaria como dar atenção demais a uma pessoa escrota. então fiquei na minha, mesmo sabendo que era a criatura.

agora, quanto ao meu pseudônimo, tenho que confessar que ele não funciona 100 por cento, rs. quando encontro blogueiros que o contato por meio dos comentários começa a ficar intenso demais, eu acabo mantendo contato além do blog. por meio de msn, revelando minha verdadeira identidade e tal... já são cinco que viram meu rostinho, rs. e você mesmo, já sinto necessidade de trocar ideia contigo fora desse universo. vamos ver o que o tempo nos reserva.

um cheiro!

Marcos disse...

O cara não consegue sair do anonimato e você quer que ele saia do armário, Rafa?

"Anonimo" é bem diferente do que usar um "personagem" no blog.

Eu não entendo porque as pessoas são tão preocupadas com quem cada um leva para cama.

Eu sou amigo da pessoa e não da opção sexual dela. Olha esse assunto é tão complexo pois têm pessoas que são PRECONCEITUOSAS e não se trata só do sexo... é da sua posição social, cor, credo, bairro, corpo etc.

Então... para esses infelizes... minha total indiferença...

E o Braccini não é hetero??????? To chocado!

Abçs

Tatinha disse...

Meninoooooo.... já havia observado que sua inteligência é de um nível interessantíssimo. Acabei de constatar que sua elegância não deixa nada a desejar a sua inteligência!
Parabéns. Muito bem escrito e claramente entendido. Cada vez que venho aqui, minha admiração pelo dono do blog cresce um pouco mais!
Abraços Rafael.

o Humberto disse...

Meu amigo, são textos como esse que me fazem cada vez mais fã do seu blog e mais admirador de sua pessoa.

Parabéns pelo seu espaço e por ser quem vc é.

Abração!