ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

Sou da opinião que toda criança necessita de um bicho de estimação na sua infância. É necessário, assim como engatinhar, lamber todos os brinquedos que estiverem em volta. São anticorpos, ou no caso dos bichos, uma forma de socializar, aprender a respeitar a fragilidade alheia. Um animalzinho de estimação para uma criança é o mesmo que um amiguinho...faz parte da evolução sentimental. Mesmo que haja a perda, assim ainda é uma forma de aprender sobre a vida.

Não tive animais quando criança, por que não deixavam: fazia sujeira. Triste, mas foi assim. Já adulto tivemos um gato em casa, por que não obedecíamos mais mãe e vó neuróticas com animais. Ganhamos um gato preto, que chamamos “Pulimão”. Divertíamos como crianças com ele. Mesmo as pirraças comuns de gato, como fazer xixi em algum lugar inapropriado após uma bronca, era perdoado.

Quando ele se foi tivemos um Husk Siberiano, chamado Nick. Um demônio em vida. Era temperamental, mordia as pessoas e só comia arroz com repolho. Rosnava caso oferecêssemos ração. Toda manha mascava uma cenoura. Um dia tivemos que devolve-lo ao canil do qual ganhamos. Ele sentia ciúme da sobrinha mais velha que já engatinhava. Antes de acontecer uma tragédia, que vinha sendo anunciada, nick se foi. Pulou de canil em canil. Um dia desconfiamos ter sido sacrificado. Havia mordido uma veterinária tão gravemente que não quiseram dizer o paradeiro dele.

Em seguida apareceram hamisters, galinhas que não sabia andam na terra, uma poodle que se mijava toda quando alguém chegava perto. Problemas de autoestima, segundo um veterinário...rs. E por fim as calopsytas falantes.

Não tenho um animal de estimação, e isso às vezes me deixa triste. Mas por morar sozinho e ficar o dia todo fora, sacrificaria um cão, por exemplo, mantendo-o trancado e só o dia todo. Gatos, gosto na casa dos outros. Então por esse motivo, sou um adulto sem bicho de estimação...rs...

No facebook rola uma campanha para que mude a foto do perfil até dia 28, como uma forma de protesto contra o abuso de animais. Quem tiver perfil, entre na campanha.

Abração e boa quarta a todos.

11 comentários:

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Vc já sabe que amo animais... sempre tive se sempre vou ter.
Hoje meus filhotes são um total de 5! Duas cachorras e três gatos... rs.
O Mozi tem um cachorro, dois gatos e as 4 lagartixas dele.... kkkkkkkk

Beijo, menino!

Paulo Braccini disse...

eu já tive quase de tudo ... gatos, cachorros, pintos. pombos, passarinhos, hamsters, coelhos, pagagaios, maritacas, peixes ... isto sem contar as plantinhas ... rs ... cansei ... outras estimações? NOT ... NEVER ...

bjux

;-)

Cris disse...

Rafa Querido, imagine se eu fosse comentar este post????????.......kkkkkkkkkkkkkk

fala de bicho eu esqueço o mundo e como já escrevo pouco por aqui...haha
Até à noite estarei na frente deste teclado.

Resumo do resumo do resumo: a convivência com um animal nos tonra mais generosos, íntegros e sábios. Só isso já vale a maravilhosa aventura de adotar um animal.

Beijo enorme!
No seu próximo aniversário vou te dar um bicho pra vc amar....rs

Dama de Cinzas disse...

Tive vários animais de estimação quando criança, coelho, gatos, galinhas, cachorros e até um porco que amei de paixão. Nunca vou esquecer do Chiquinho, quando chegava do colégio e ele vinha correndo e se jogava no chão com a barriga pra cima para eu coçar...

Sempre tive uma relação próxima com animais, sempre tive animais em casa. Só agora, que como vc moro sozinha, é que não dá pra colocar um cachorro aqui, que é o bicho doméstico que mais me identifico.

Beijocas

Aninha disse...

Rafa

tenho uma basset hound, que essa semana esteve doente e cortou meu coração ver a bichinha triste, chamamos o veterinario e ele disse q ela é uma senhora de 80 anos, que agora necessita de todo cuidado e atenção! Mas confesso a vc que não estou pronta para perde-la... sinto como se fosse da familia, e não entendo quem pega os bichinhos para judiar ou q na hora da doença deixa morrer a mingua! Mas hj ela esta bem melhor!

Outra pergunda nada a ver com o post, vc sabe se o Di ( Casa das ideias deletou o blog?) Procurei e não apareceu nada.... vi até um post seu sobre ele, mas qdo fui comentar deu blog inexistente! Dois blogs que entro TODOS os dias são o de vcs dois e o da Mila tb!
Não é curiosidade é preocupação!

Beijos e ótima quinta para vc :)
Ah! e não custa falar, sei lá... mesmo sem nunca ter te visto gosto MUITO de vc!!

Sandes disse...

Sou apaixonado por animais, sobretudo os cães de estimação. Também sofri por ter mãe que não gostava de cachorro e nos impedia de criá-los, agora, ela é louca para ter um "Pinchezinho", (acho que é assim que escreve, pode? Abraço, Rafael, vai lá no Meio Desligado que fiz um post falando sobre meu cão Scooby. Abração!

Gabuh disse...

Por aqui só avisar que já mudei de endereço:

http://blogayconversafora.blogspot.com/

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Adoro animais, odeio quem os maltrata.

Rafa, tenha um dia de luz e tudo de bom.

Abraços.

Albuq disse...

Gostaria muito de ter animais, porém devido a inúmeros problemas alérgicos nunca tive, mas, ainda quero criar um cachorro. adooooooooro. bjs

o Humberto disse...

Meu amigo, o único período da minha vida em que vivi sem bicho por perto foi quando morei fora e eu sentia MUITA falta.

Queria que vc visse a cena aqui ao meu lado agorinha, gato magro e gato gordo, dormindo juntinhos depois de brincarem bastante no quarto do tio.

Eu sou suspeito pra falar. Na verdade, seu post já disse tudo. :)

Cogita um aquário depois. Nunca tive peixes, mas de repente fica mais fácil pra vc.

Abs!

railer disse...

tive um peixe, tá valendo?