CANTEMOS

Existe um desvio de caráter em certas pessoas que julgo ser congênito, nasce com ela: A INVEJA.


Sempre agradeço quando faço orações por não ter nascido invejoso, por que isso não se adquire durante sua formação, ou você é ou não. O invejoso é aquele que quando pequeno, destrói o brinquedo do amiguinho só por que é mais colorido ou por não ter um igual, e assim sucessivamente por toda a vida.


O enunciado do texto foi forte, mas era só pra ilustrar algo que queria dizer hoje. Não costumo sentir inveja das pessoas, nem de aquisições materiais, nem de conquistas amorosas, nem de beleza, nada. Mas algo me frustra, não quero chamar de inveja, por que jamais destruiria alguém por isso, que é o dom de cantar.


Como queria ter afinação, voz, timbre, delicadeza e sensibilidade para cantar bonito. Tenho outros dons ligados a arte, mas infelizmente, na fila quando distribuíam voz de cantor algum anjo me deu uma porrada e tirou fora. Não é possível.

Musica é minha paixão, não me vejo em qualquer lugar sem um iPod tocando minhas preferidas. Sempre fui assim, mas não sei cantar...rs rs rs.


Nem pensem que não tentei, fiz aula de canto e impostação de voz. Podem ficar surpresos, mas sou tenor...rs rs rs. Só que nos exercícios de potencia de voz tudo beleza. Afinação? mais ou menos, mas quando chegou o momento de casar som, voz, cadencia, afinação, ferrou!!!!


Aí veio uma outra parte, aprender a tocar um instrumento para ajudar na afinação. Pais ensinem seus filhos a tocar algum instrumento enquanto ainda forem crianças, não esperem chegar a vida adulta, por que ficamos burros para esse tipo de coisa. Pelo menos eu. Total falta de coordenação motora para tocar teclado. Precisaria de dedicação exclusiva.


Quando assisto episódios de Glee, e vejo aquela molecada com vozes extraordinárias, com edições bem feitas em estúdio de canções conhecidas, putz me bate aquela vontade de ser como eles. Não almejaria cantar profissionalmente, mas pelo menos ter aquela condição de arrepiar alguém quando soltasse a voz.

Ser um cantor como a Xuxa eu dispenso, mas ter uma voz aveludada e bonita como Daniel Boaventura eu não recusaria.

Claro que tudo isso exige estudo e dedicação, mas por que alguns vêem com esse dom assim, de graça? Rs rs rs. Maldade com o restante da humanidade desafinada.

Mas ainda conseguirei sentar a frente de um piano, e cantar. Isso nem que eu tenha 90 anos e esqueça a letra o tempo todo. Promessa pra 2011.


O Andre (andremans ) canta muito bem, é um dos blogs que freqüento por que as vezes ele disponibiliza uma ou outra musica do repertório dele. Gosto da voz, e acho que merece credito. E continuando no assunto voz, há outro blog, do Saulo Taveira(minhavozmeucaminho) Não sei se ele canta, mas utiliza a voz em narrativa de textos, acho interessante, por que o blog dele não é apenas de textos escritos, mas falados. Bem original nesse mundo virtual. Fica a dica dos dois.


Bem, hoje é sexta, e se eu fosse um bom japonês corria pra uma casa de Karaokê, mas como sou um italiano carcamano vou tentar uns agudos de tenor, nas conversas de botequim


Bom fim de semana a todos...e segundona tá aí, com horário de verão...obaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!


Abraços.

11 comentários:

Edu disse...

E começa a campanha: Queremos Ouvir o Rafa Cantando!

Ana Wants Revenge disse...

tai uma coisa que eu queria saber fazer tambem. acho que todo mundo que tem paixao por musica gostaria de ter uma voz legal.
agora eu nunca fui corajosa de fazer aula de canto! :)
beijo rafa!
.
.

Albuq disse...

Diante de todas essas revelações, apoio a campanha do Edu: Queremos Ouvir o Rafa Cantando!

SAL disse...

QUERO TE VER CANTANDOOOOO TBM!!! \o/

Obs. ja te contei q eu tinha uma banda (q faliu, claaaro!)?! kkkk... um dia te conto isso!!!

bjooo

Arsênico disse...

Não digo que não sei cantar... cheguei até a gravar jingles na época da faculdade e a professora de fonoaudiologia disse que eu tinha jeito pra coisa!!!

Mas eu acho que devo ter levado uma porrada do anjo na fila da beleza... ou da satisfação com o que era me entregue! Coléga... nunca estou feliz com meu corpo... não que eu tenha inveja de alguém também... mas eu apenas gostaria de ter um corpo bacana! Mas a genética me fodeu todo! hahaha!!!

Bom fim de semana!!!

***

aBraço!


;-D

KARINA PINTA E BORDA disse...

É, eu também queria ter voz para cantar, mas não tenho. Mas olha só: pode não ser a mesma coisa, mas se você já aprender a dançar isso poderá te dar um outro tipo de prazer relacionado à música, já que você disse não ter voz para o canto. Ou pode então fazer como o Roberto Justus e o patrão do meu tio (que se chama Jacó, mas que assina artisticamente como Jack): fecha um hotel, chama os amigos, e grave seu CD... rs Um beijo, Karina.

Marcos disse...

O Rafa gosta de musicas natalinas, então que tal fazer um dueto com uma soprano de "silent night" na noite de natal?

Olha, é incrivel alguem que gosta tanto de musica não ter afinação.

Um teclado pode ajudar a aprender a escala musical.

Força para 2011!!!

Abçs

Atitude: substantivo feminino. disse...

Também nunca tive talento para a música. Mas quer saber..canto em qualquer lugar e cago para quem não gosta. Aparece alguém com violão, sou a primeira a pedir uma música.
Canto sozinha na rua, canto em casa, canto no trabalho e nem ligo.
Minha voz é bizarra. É como se alguma bruxa maligna cantasse dentro de um balde. Imaginou?
É assim que ela é.
Mas canto.
Canto para exorcizar mesmo.
E quem não quer ouvir que arrume algo melhor para fazer. Nem que seja rir de mim.

Obs: tenho inveja da voz da Maria Gadu.

Reginaldo disse...

Música para mim é essencial, sinto por não ser ecletico o bastante para me aventurar a ouvir outras coisas que não esteja no meu shuffle, Mais sempre estou buscando coisas novas. Sou o cara que baixa músicas diariamente. Mais nunca quis cantar, engraçado para mim que estou ligado a 220 nas minhas trilhas sonoras diárias. Sabe que não fui conquistado por "Glee"! Uma pena, acho que vou dar uma segunda chance e baixar alguns episódios.
Ótima semana..

Andrea Pagano disse...

Rafa
Como vai?
Então eu também tinha muita vontade de cantar, tentei aprender violão e nada! Não consegui aprender, achei difícil demais...
Depois há uns 3 anos participei da cantata de Natal da Igreja, sou uma contralto, mas percebi que minha participação foi uma grande caridade da maestrina, eu sou muito desafinada e indisciplinada para cantar...
Desisti, óbvio!
Mas, desejo que consiga, caso tenha mais dom que eu...rsrsrs
...
Sobre inveja, também como vc não tenho nada exceto de uma coisinha...Mulheres que não tem pêlos... Ahhhhhhh que sortudas!!! Morro de inveja!
...
Bjs e boa semana!

Três Egos disse...

Lembro o primeiro dia que meu pai comprou aquele negócio ensurdecedor que se chama videokê. Mas até que meus pais soltaram um comentário do tipo "até que ele canta bem". Mas só. Já fui em muitos karaokes da vida na Liberdade em São Paulo, mas tudo muito na brincadeira. Nada de profissionalismo, tenor ou algo parecido... rsrsrs

Abraço,

Daniel
(enqto ainda tenho este nome) rs