QUEM É ESSE IBOPE?

Existe uma pergunta que sempre faço a mim mesmo: Onde, quando, quem, e como as pesquisas de IBOPE agem?

Nunca em todos esses anos respondi uma pergunta de ibope, e nem conheço alguém que tenha feito. Nas ultimas semanas fomos bombardeados com pesquisas de intenção de voto que davam a Dilma a vitória já no primeiro turno, de certa forma até com folga.

Bem, o que houve? Mais de 4 milhões de eleitores decidiram na última hora votar em outra pessoa e abandonar o PT? Onde são feitas as pesquisas do DataFolha?

Não deveria ser permitido dentro do nosso sistema de eleições pesquisas divulgadas na mídia. Isso atrapalha e induz o eleitor fraco de opiniões. Lembro que minha mãe, professora, com boa formação dizer: ah, vou votar em fulano, ele está na frente nas pesquisas...quero ganhar a eleição.

Era sempre um embate acirrado com ela a respeito dessa mania, até que desisti. É uma mulher inteligente o suficiente para entender que estava votando errado. Ainda bem que muitas vezes o candidato dela era o melhor pro governo. Aí penso, se minha mãe que é uma pessoa esclarecida agia dessa forma, como posso confiar que a parcela mais simples não o faça.

Mas continuo me questionando, quais municípios e que tipo de pessoa é entrevistada pelas pesquisas? Será que alguém conhece quem já respondeu, ou foi contratado para o essa função?

O mesmo acontece com a TV. Programas com Ibopes altíssimos, e outros tão bons jogados as traças. Será que é assim mesmo?

Eu sou como São Tomé, preciso ver, ouvir, tocar pra saber que existe. Sempre me xingam, por que quando vejo algo inovador, interessante numa prateleira de loja, ou seja lá onde for, preciso pegar, tocar, sentir. É assim que compreendo as coisas.

Vejamos se no segundo turno das eleições alguém me para na rua pra perguntar minha intenção de voto. Aí sim acreditarei que existe um sistema de pesquisas factível.
Boa terça a todos. Abração.

11 comentários:

KARINA PINTA E BORDA disse...

Você tem razão, pois em razão de pesquisas vivo sempre em conflito entre dar o meu voto consciente ou fazer o chamado voto útil. Nesse país, em que as escolhas possíveis normalmente não são as melhores (vivo escolhendo pelo critério do "menos pior", se é que dá para falar assim), as pesquisas de opinião deveriam ser mais fidedignas, por mais que a obtenção das informações seja por amostragem. Um beijo, Karina.

Marcia disse...

Amigo,
ótimo post! Acho que essa reflexão está na cabeça de todos aqueles conscientes e preocupados com o futuro do nosso país.
Nunca fui entrevistada pelos institutos de pesquisa, e tampouco conheço alguem que tenha sido.
Quero crer em duas hipóteses: 1) erro grosseiro (nesse caso, tais institutos devem repensar seus métodos porque está havendo no mínimo imperícia...) ou 2) má-fé, nesse caso é a bandidagem da pokpitica brasileira ampliando seus tentáculos (será que nesse caso a situação vai querer calar a mídia? ou é só quando convém? (o que é bom a gente fatura o que não é a gente esconde - lembra do Rubens Ricupero?)
Bem, pro que vale, eu jpa fiz parte de um Grupo de Pessoas pesquisadas pelo IBGE (este sim, acredito seja sério).
Me empolguei hehehhe, adoro política, você sabe!
Uma beijoquinha e ótimo dia!

Ma

Albuq disse...

Também preciso passar por essa pesquisa, porque pense num negócio que ñ dá prá acreditar!

Arsênico disse...

Também acho muito estranho... a única pesquisa que fizeram comigo até hoje foi a do IBGE!

De onde virá todos aqueles dados que todos os dias enchem os telejornais brasileiros? Será que um dia saberemos?

***

aBraço!


;-D

Autor disse...

Sobre isso posso falar com propriedade: fui entrevistado pelo IBOPE dia desses em Copacabana numa pesquisa de intenção de voto.
\O/

Agora, falando sobre os métodos, eu já trabalhei num instituto de pesquisa. Como toda pesquisa, é feita por amostragem da população. Uma pequena amostragem de um grande universo que, segundo as leis estatísticas, quase sempre correspondem à realidade.
Mas, toda pesquisa é falha. Lembro de colegas meus que, na preguiça de 'tenho de entrevistar mais 20' CRIAVAM respostas inventando nomes, faixas etárias e profissões. Afinal, vc não precisa assinar uma pesquisa de rua.

That's it!

Lobo disse...

Pois é! Ibope, Datafolha, VoxPopuli... nunca, nunquinha ninguém me perguntou nada, nem conheço um que o tenha feito.

Tá certo que dados estatísticos podem ser amostrados apenas com uma parcela de pessoas e se fazer projeções para maiores espaços amostrais... mas mesmo assim, como o Autor disse acima, nem é dificil forjar dados...
Abração Rafa!

Blog da Bru disse...

Segundo o site do IBOPE as pesquisas podem e são realizadas inclusive por telefone, e foi o que descrevi no meu blog esses dias, como são feitas as tais entrevistas.
Fico indignada com essas pesquisas que acabam induzindo milhões de pessoas a votar no 1º e 2º colocado para "não colocar o voto fora", ninguém merece. O pior de tudo são as perguntas que fazem, para o IBOPE só existiam 3 candidatos a presidência, é justo?
Vc levantou uma questão muito importante e concordo com o q escreveu.

Marcos disse...

Florentina Florentina!!! la la lalaia....

Bem, tava exercitando o hino da câmara dos Deputados Federais.

Agora a seu post... também sou pró - contra ibope! (viu... pró ser contra). Sei que nem todos os esclarecidos votaram serios... o mais sério foi o nulo, para quem quer protestar... e o branco pra quem não tem opinião em quem votar.

Ainda bem que sua mãe não precisa votar mais...

Abçs

Antonio de Castro disse...

eu tb nunca fui entrevistado.

mas tb nunca fui entrevistado pela Oprah e acredito q ela existe.

Rodrigo Rocha disse...

Esse é um fato que nunca cheguei a questionar mesmo... obrigado por me fazer pensar a respeito. = )

Saulo Taveira disse...

Apoiado 100%. Também nunca me perguntaram nada, nem pesquisa em mercado sobre o produto a ser lançado, quem dirá pesquisa de opinião sobre candidato. Concordo também sobre a divulgação, falei em casa: deveria ser proibida a publicação de pesquisas pelo menos uma semana antes das eleições. Isso é MANIPULAÇÃO.

Abraços, Jamal.

Ah propósito, me responda uma pesquisa, em quem vc vai votar???? hehehe
Já não pode dizer que não foi perguntado.