GENTALHA A SOLTA

Hoje vou falar um pouco de TV...rs...afinal quase nunca falo!

O formato de reality shows criados a partir do Big Brother vem “inovando” as avessas já há um bom tempo. “No Limite” exibido pela Globo antes mesmo do Grande Irmão ir ao ar surpreendeu o publico com uma dinâmica diferente, e ficou nisso. Ver gente anônima se digladiando em provas físicas para conseguir uma graninha, é um tanto incomodo. De lá pra cá os prêmios aumentaram e o nível caiu.

Juntar num confinamento sub-sub-subcelebridades ( por que não se pode chamar as pessoas de A Fazenda de famosos) talvez seja uma formula um pouco mais inteligente do que a tentativa de Silvio Santos com a “Casa dos Artistas”. A idéia seria a mesma se a Record não tivesse dado o pulo do gato e feito com que essas pessoas de Egos inflados, que se acham donos da cocada preta, precisem trabalhar, dividir tarefas diárias. Ainda acho que o melhor seria eles produzirem a própria comida e não ganhassem tanta coisa de graça da produção. Plantou, cuidou, comeu.

Enfim, mesmo não sendo dessa forma, quando uma pessoa que se julga superior aos anônimos do mundo é obrigada a levantar cedo e cuidar de porcos, de avestruzes aí o bicho pega, literalmente.

Qualquer Juliana Paes da vida, que emana humildade talvez se desse melhor numa tarefa dessas. Senhora Carolina Dieckmann estaria dando chiliques como muitas dessas “pessoinhas” que lá estão. É engraçado como se consegue determinar a personalidade de um artista apenas pelo que ele demonstra ser na mídia.

Mas devaneios aparte, essas pessoas “conhecidas” que estrelam A Fazenda já na segunda semana, sem ter havido alguma eliminação, se mostraram tão ralés quanto aquelas mulheres de vida fácil que brigam pelo ponto nos cais do porto. A sensação que se tem, é que a qualquer momento sairão na “unha” para que o publico os escolham e lhes paguem o “programa”.

Lamentável a quantidade de palavrões, de ofensas, de lições de moral “dúbias”, por que nunca se sabe se quem está falando realmente tem moral pra isso. Talvez a Record tenha sim acertado na tacada. Se eles queriam um programa “baixaria”, acho que estão conseguindo. A corrida pelo Ibope, foi dada, e certeza que a emissora do Bispo vai ser muito comentada nas próximas semanas. Aquela inocência desvairada, psicótica de Theo Becker na primeira edição deu lugar a seres de mal caráter, que logo de cara já se mostraram tão necessitados de ética quanto da grana que o programa oferece.

Não há como passar ileso A Fazenda se os sites pipocam noticias sobre eles. De certa fora é engraçado ver o povo se pegando quase no tapa. Os intelectualóides que se acham donos da verdade. Lamento apenas confirmar que Monique Evans que no passado eu tanto admirei, hoje é uma mulher de meia idade, desequilibrada e baranga. Uma judiação. Mesmo assim se tivesse que escolher alguém para dar o premio, dividiria entre ela e Nany People. Já que é pra ser uma bazofia, que joguemos meleca no vento. Para um publico que premia Dado Dolabella, não vejo problema de escolherem o pior de todos lá dentro e darem os 2 milhões.

Ainda bem que há The Big Bang Theory, Friends, Glee, The New Adventure of Old Cristine para me fazer rir, sem ter a sensação de constrangimento.

O bom que estou vacinado contra realitys shows. Assisto e não me envolvo mais...rs rs rs. Sou dos que circulam por toda a programação. Afinal quero opinar até na receita de bolinho de chuva da Palmirinha.

Boa quinta-feira ao todos...

9 comentários:

Albuq disse...

eu procuro nem ver prá não viciar, quando se trata de algo que me chame atenção, porque na maioria das vezes nem gosto.

Luck® disse...

Bom comentário, embora eu nem sequer assista. Mesmo não me envolvendo, o que "os caras" querem, não é um motivo ou outro, nem que se goste ou que se deteste; Eles querem audiência... É disso - dentre outros meios -, sem qualquer ética por parte das emissoras (também!) que elas sobrevivem... Da nossa audiência.

Lobo disse...

Um viva as séries da TV estrangeiras que nos salvam de assistir a programação nacional! ahauahauahau

Porque sobreviver de reality da record é tenso... XD

Abração Rafa!

Cristiane A. Fetter disse...

A Rafael, você não sabe o que tem aqui. Todo canal americano que se preze tem o seu programa. É de comida, sobremesa, de comedores de sanduiche, para emagrecer, para engordar, de melhores cabelereiros, de desingners de moda, de construtores de casa, meu filho tem de UM TUDO.
Também tem aqueles que acompanham a vida de celebridades.
Não sei onde isso vai parar.
bjks

Andre Mans disse...

mas eu vou confessar
esse povo aí tb me faz rir
ahsauhsauhsa

bjão!

Edilson disse...

A Record acertou na escolha do programa porque o povão gosta mesmo é de baixaria e putaria...rs. Abraços.

Três Egos disse...

heheheeh... Ixiii, este pessoal viciado em TV... hehehehe...

Ah, hj mesmo eu assisti a eliminação da Monique Evans, mas só vi a eliminação mesmo porque antes eu estava assistindo Hipertensão que acho bem mais emocionante, lá eles não cuidam dos bichos, eles jogam na cabeça das pessoas e as fazem comer vivos, bem mais adrenalina! rsrsrsrs. Pena que a Andressa, a menina metida que eu adoro, saiu. Sim, ela era fresca e tudo mais, mas ela tinha a sua cativação até. Afinal quem sai de uma prova na piscina a la Hipertensão e pergunta "Eu estou borrada?"... huahuahuahuahu... Muito bom!

A Fazenda eu assisti no primeiro dia, depois não mais. Na verdade não sou mto fã de TV, mas o amigo que mora comigo adora estes programas e acabo acompanhando tudo... rsrsrs...

Abraço!

Lua Nova disse...

Não assisto realitys nem que me pague. Me faz mal, não consigo. Acho que preciso de terapia, talvez, mas não suporto. Como vc disse, ainda bem que tem as séries estrangeiras. Pelo menos não fico sentindo a tal "vergonha alheia".
Cá entre nós, a programação nacional é cruel. Um ou outro programa da teledramaturgia da globo escapa. De resto... tome séries estrangeiras.
Beijokas.

Atitude: substantivo feminino. disse...

Já tentei assistir A Fazenda. Sempre dou chance a emissoras e seus programas sensasionalistas, sabe..mas confesso que na maioria me arrependo.
Falta tudo nesse programa.
Cara, a produção é pobre demais.
Não há câmera suficiente, os ângulos são toscos e vc não consegue ver a expressão do confinado.
Eu penso assim..se é para copiar, copia direito.

Com relação aos escolhidos para a competição, sinceramente...enche uma kombi aqui do centro manda para lá.
Para mim só salva a Nany People que eu admiro muito.
Bjs Rafa bom fds!