FINA ESTAMPA: CHATA OU SEM ENREDO?

Difícil comentar o que tem de pior na televisão no momento. Não há muita coisa a ser assistido que acrescente a gente um prazer de sentar-se no sofá e compartilhar horas de descontração com a família, amigos, ou mesmo sozinho.

Não dá muito pra mensurar o quanto “Fina Estampa” é porcaria. Lilia Cabral é um sucesso nato, mesmo que deem a ela lista telefônica pra declamar,  os olhos dirão tudo, basta. Mas o restante do elenco está perdido numa trama sem graça, que não leva a nada. Uma sucessão de cenas que parecem iguais. Todo aquele gás do início da trama com Antenor sendo desmascarado e bla bla bla, ficou por lá. Focaram a trama em Crô, por que Marcelo Serrado, bom como é, roubou a cena. Mas uma novela não consegue ir adiante com apenas um personagem de destaque. Todo o resto é chato. Cristiane Torloni tá cansativa, por que não da pra aguantar uma pessoa tão grosseira, que não troca uma palavra com alguém sem insulta-la. Sei que existe gente mal educada, frustrada, mas o personagem está longe de ser uma Nazareth Tedesco. Vilã cansativa, chata e sem bunda. Se o figurinista sabe que Torloni não tem bunda, por que insistir em colocar roupas tão justas que marcam a falta de carne na bunda quando vira de costas. Isso incomoda.

Acompanho os sites de televisão e já via Agnaldo Silva falar de sua novela aos quatro ventos, meses antes da estreia. Dizia estar com ela toda escrita, mas não parece. Para uma obra fechada, como minissérie, garanto que seria mais criativo. Peca muito no imaginativo, e trata o publico como tolo. Amália Capota o carro umas cem vezes, não acontece nada, e ainda por cima, nem o bebe perde, enquanto Patricia Assusta com uma moto, cai e perde o bebê. Pior, depois do acidente de Antenor, de tantos outros momentos graves, as pessoas saem ilesas, aí vem um cara, rola da escada e morre na hora? Para com isso!!!

Não vejo química entre Dalton Vigh (ótimo ator) com Lilia Cabral. O Português do nada, ficar com a moça gravida e logo, logo a gente sabe será trocado pelo ex-marido, é frustrante. Assim como a questão ética de Renata Sorrah, que não havia mistério algum que iria acontecer daquela forma. Iria manipular a gravides Esther.

Não vejo mal algum em um autor ser medíocre no seu texto. Nem todos conseguem arrancar aplausos do publico em quase oito meses de novela. Por isso ainda acredito que textos mais curtos dão à gente a sensação de satisfação quando termina a trama, como há pouco tempo com Cordel Encantado. Mas o problema do ego é complicado. Não bastava repetir a historia da mãe renegada pelo filho mentiroso, tinha que acusar outros autores, criar clima dentro da emissora, e ficar por ai dizendo bobagens em meios de comunicação e no twitter.

Sabe, autores como Agnaldo Silva não precisam dessa promoção. Já está consolidado o sucesso de suas novelas, mas esse tipo de atitude gera no publico uma cobrança. Já que está falando tanto, vejamos o que nos oferece então. Aí se percebe que é balela, apenas uma forma de autopromoção.
Autores de novela tem que mostrar o talento entretendo o publico, fazendo com que haja comentários nas rodinhas de ponto de ônibus, nos encontros dominicais da família, e nos últimos tempos ouço apenas as pessoas reclamarem que a novela é sem graça.

Infelizmente continuamos vivendo uma fase  (que não acaba nunca) de total falta de criatividade na TV brasileira. Se não fossem os cortes mal editados de “Esquenta” diria que hoje é o melhor que há na TV aberta como entretenimento.

Fina Estampa já peca pelo nome nada atrativo. Esta ficando na mesmice, e logo perde para o BBB12, que em uma semana já deu pano pra imprensa. De estupro a chororô, aquele lixo acaba nos fazendo rir mais do que o Pereririnha correndo pelado pela casa de Teresa Cristina, num apelo desnecessário de Agnaldo Silva.

Abraços e ótima semana a todos.

4 comentários:

She disse...

Oie! Tudo bem? Mas faz tempo que não venho aqui... :(
Uma das piores novelas no horário das 21 horas em minha mais humilde opinião...hehe Vc falou várias coisas interessantes, tb acho que o autor perdeu a mão... Aliás desde o primeiro dia da novela que tinha certeza que não iria gostar... Prefiro fazer outras coisas, mas de vez em quando dou umas espiadas... Discordo de vc e concordo com o Miguel Falabela que costuma dizer que não escreve Globo Repórter, qdo alguns reclamam que ele esteja fugindo do próximo da vida real... Ou seja, em uma novela que é ficção, no meu ponto de vista, cabe uma personagem capotar várias vezes com o carro e não perder o bebê, enqto q a outra na mesma novela, se assusta com uma moto e perde seu filho... Não acho que isso seja chamar o telespectador de idiota ou burro, é ficção gente... Super-Homem, Mulher-Maravilha, Homem-Aranha e Vampiros tb não existem e nem por isso nunca achamos que estávamos sendo chamados de idiotas, pois é ficção do mesmo jeito que as novelas são... O que me incomoda numa novela não são essas passagens, e sim quando não tem enredo, ou qdo atores formidáveis não são bem aproveitados, como é o caso do Dalton e de muitos outros que estão em Fina Estampa...
A novela só não é pior que o "Esquenta" que acho de um mal gosto tremendo... E qto ao BBB que sempre defendi com unhas e dentes argumentando que quem não gosta basta mudar o canal, confesso que desde ontem me provocou uma vontade de vomitar que não me larga mais... A cena ao vivo, pelo pay per view, e não a editada pela Globo, de um estupro em que a emissora, visando seus interesses financeiros e de IBOPE, insiste ao dizer que foi uma transa normal, no momento é o que me provoca total asco na televisão brasileira. Nojo... Total!
Beijo, beijooooo!
She

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

é um abuso de nossa paciência e um atentado à inteligência humana ... por estas e outras é q a maioria anda ficando cada vez mais "emburrecida" ... haja saco ... sábado comentava isto com a Marida ...

o Humberto disse...

Chata ou sem enredo? AS DUAS!!

Mr. TV disse...

Cara, eu sou um noveleiro nato, amo novelas! principalmente a das oito! mas caro, pela primeira vez uma novela das seis me deixa mais empolgado que uma das nove e pela primeira vez uma reprise me deixa ainda mais espantado de como as inéditas estão chatas. Fina Estampa é uma trama sem enredo e chata, as duas coisas juntos como disse o Humberto, e acredite! apesar da audiência em alta, ainda assim não chama a minha atenção. E pela primeira vez não vejo uma novela das nove, não pq não posso, por causa de trabalho ou algo parecido, mas pq não me interessa. Nem um pouco. Abs.