O MELHOR DOS ESPETÁCULOS

Quando em meados de 1984 a imprensa começou a noticiar que haveria um mega espetáculo de Rock no Brasil, poucos de nós entenderam ao certo do que se tratava.

Em 11 Janeiro de 1985 a rede Globo entrou ao vivo para mostrar o primeiro show do evento que marcaria a década de 80. Fred Mercury com seu colllant branco, cinto vermelho e o bigodão característico de uma das maiores estrelas do rock de todos os tempos arrasou no palco. Até então pouquíssimas estrelas internacionais havia descido em terras tupiniquins para um show.

Abriu-se os olhos do mundo para o Brasil. Claro que uma constelação de grandes nomes da musica eram completamente desconhecidas para o grande publico como Nina Hagen, toda performática com cabelos coloridos e visual agressivo. E daí? O Povo delirou do mesmo jeito.

Lembro-me de Rita Lee de saia plissada all star de cano longo correndo pelo palco cantando “Miss Brasil 2000”....era quase que impossível visualizar o ano de 2000 naquela época.

Tantos momentos marcantes, foram protagonizados nos 9 dias em que o Brasil dançou com os seus cantores nacionais, novinhos ainda, iniciando uma carreira que hoje estão perpetuadas na história musical, como Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho ( com vocal de Cazuza) e tantos outros.

A impressão pessoal se desgastou com o tempo, era apenas um garoto de 11 anos, ainda compreendendo o que significava um espetáculo como aquele. As pessoas vibravam, repórteres entravam a cada intervalo de shows emocionados, sabedores de que aquilo ficaria marcado por gerações. Era o nosso Woodstock, só que 5 vezes maior.

Lembro que minha irmã namorava um rapaz na época e ele foi escondido para o Rio de Janeiro ver um dos dias de show, e contou alguma mentira pra ela. Ao descobrir mandou o cara pastar.

O vídeo abaixo mostra o que para mim foi um dos momentos mais bonitos e que ainda tenho lembranças. Graças ao You Tube, podemos recordar. Queen – Love of My Life com Fred Mercury regendo um publico inédito de quase 400 mil pessoas. Detalhe, a banda nunca tinha tocado para uma platéia tão grande e calorosa.




Abração a todos...

PS.: Aguardemos o Rock in Rio 2011.

8 comentários:

Karina disse...

Também era bem pequena quando o Rock in Rio aconteceu aqui, mas me lembro de cada show pela TV, porque meu pai me deixou assistir tudinho. O legal é que além do momento inesquecível que você destacou, teve ainda o renascimento do James Taylor (que eu adoro), proporcionado pelo público. Espero que esse Rock in Rio seja melhor do que o último, e que não se atrevam a colocar na noite dos metaleiros nada parecido com o Carlinhos Brown (nada contra ele). Bjs, Karina.

Cleyton Cabral disse...

Que delícia de blog. wow!

Lobo Cinzento disse...

Eu nem tinha nascido ainda o.O

Mas enfim, vou fazer um esforço para ir nesse. Espero que não seja muito caro ahauhauahau

Abração Rafa!

E eu nem puxei muitas matérias... mas as poucas que puxei, ficaram assim, todas coladas umas nas outras ahauahua

SAL disse...

meu amigo queridooooooo!!!
saudade do Jamal!!! saudade desse Baú!!!

olha só... to enroladaaaa com a pós, mas venho aqui sempre ler-te e lembro sempre de vc e do marcão!

em setembro eu vou viajar d novo... espero q meu voo pare por ai! hehehe

bjo

Arsênico disse...

Realmente Rock'n Rio é pra deixar qualquer mega promoter internacional de queixos caídos...

Só não entendi porque um evento que leva o nome do Rio de Janeiro teve algumas edições fora do país...

Felizmente ele volta em 2011... e esperemos que seja tão bom ou melhor que seus antecessores!!!

aBraço!

xD

Marcos disse...

Se arrependimento matasse eu estaria mortinho... meu melhor amigo na época foi ao Rock in Rio e eu não fui por puro bobeira...

abçs

Antonio de Castro disse...

vou te contar: Queen me emociona muito.

Lord V. disse...

é de arrepiar!!!
eu nao tenho lembranças do rock in rio pq era mto novo nas ediçoes. lembro mal mal, da ultima...
espero ir em algum dos shows em 2011!!!

abraços
voy