ELAS QUEREM É CASAR

Neste fim de semana fui a uma feira de noivos.

Calma...não estou pensando em me casar, se é o que pensaram..rs. Fui apenas prestigiar uma amiga que tem uma loja de convites e montou um stand de vendas muito bonito.

Alias, o shopping Iguatemi de Campinas, que sedia a feira todos os anos, é um ambiente sofisticado, tanto quanto o de São Paulo. Estou dizendo isso justamente para poder falar sobre o que se vê numa feira de noivas.

A organização é muito capacitada, com ambientes bem decorados, modelos sorridentes, brindes em cada canto que passa, mas é complicado lidar com noivas. O bicho pega quando “elas” entram desembestadas como uma manada de touros incontroláveis.

O que se vê são noivos com cara de bosta, sendo arrastados para todo o canto, tendo que escolher se a cobertura do docinho de maracujá com chocolate será em dourado ou laranja...rs rs rs.

É o de menos, por que organizar um casamento é como arrumar um emprego. A noiva é efetivada e passa a ser responsável pelo evento que acontecerá em alguns meses.

Incrível a quantidade de detalhes que há numa organização como essa. Pra falar a verdade, da preguiça só de ver.

Tudo bem que algumas se divertem, mas já ouvi falar que após o casamento elas entram em depressão, por que aquela rotina exaustiva acaba, e se vê entregue a nada, a uma simples mulher casada, que daquele momento em diante terá a obrigação apenas de coordenar uma casa.

O pior, é quando após tanto tempo de preparativos, tudo da errado. Há uns anos atrás fiquei sabendo de um casamento por aqui, num clube bacana, só pra nata da sociedade. O filho do presidente do clube resolveu curtir com os amigos no bar da piscina, ao mesmo tempo em que acontecia uma festa de casamento. Obvio que com todo mundo já alcoolizado, terminou em quebra pau, a noiva atingida por cacos de vidro, ensangüentada, tendo que ir pro hospital ainda vestida, uma cena bizarra, enquanto o noivo todo detonado coberto por sangue e bebida fazia o boletim de ocorrência e o exame de corpo de delito.

Já soube de noivos que capotaram o carro indo pro hotel em lua de mel;

De noiva que deixou o cara na igreja e não apareceu;

De noivos que tinham casos descobertos na véspera;

Noivas que atrasaram muito;

De convites de casamento que eram a capa da revista “caras” anunciando as bodas.

Que precisaram ser cobertas pelo paletó do noivo por causa dos decotes assanhados;

Noiva com o vestido estourando nas costas por que engordou demais.

Noiva que tinha um maço de Bombril dentro do cabelo pra fazer volume.

Onde o pajem que carregou as alianças deu o maior show no altar, escorregando de bunda nos degraus e olhando embaixo do vestido da noiva.

Noivo com o colarinho sujo de maquiagem “base” que derreteu no meio da cerimônia;

E não pára por aí. Já fui a festas de todo tipo.

Em boate bem jovem, onde quem só dançou foram os velhos, causando vergonha alheia.

Em casamento que quando cumprimentei o noivo ele disse que aproveitasse bem por que havia pagado R$ 70,00 a cabeça.

Fui à festa chique que os talheres me confundiram pela quantidade sobre a mesa.

Buffet onde os garçons vestiam-se de farda iguais a paquitas e paquitos.


Em festa onde o menu era buraco quente (pão com carne moída) e a mesa era enfeitada de bala de aniversario em papel roxo.

Onde a madrinha havia acabado de pintar o cabelo de ruivo e suas orelhas não tinham sido lavadas.

Onde os convidados levaram um jogo de talher inteiro pra casa (minha avó que fez isso)...rs rs rs.

Festa onde no fim todo mundo saiu falando mal por que o Buffet era uma porcaria (isso é clássico).

Casamento onde metade da igreja havia sido convidada pra festa e outra metade não, causando o maior constrangimento na hora de sair.

Casamento com festa em local tão, tão distante que se andasse mais meio metro encontrava com o Shrek.

Festa com churrasco e rúcula servida na bacia de alumínio.

Festa que a lembrancinha era uma cabeça de cavalo de 50 cm de altura presenteada por um padrinho dono de uma fabrica de cerâmica, que fez questão que cada um dos convidados levasse uma pra casa.

Enfim, organizar um casamento nos dias de hoje não é fácil. A indústria casamenteira cresceu e as opções são tantas que se não segurar um pouco o casal acaba fazendo um espetáculo tipo “criança esperança” com direito a Sandy cantando Ave Maria.

Boa Semana a todos.

12 comentários:

HSLO disse...

Ai eu prefiro a cobertura do docinho de maracujá com chocolate dourada....kkkkk...
Não suportaria esse lance de casar...


abraços
Hugo

Karina disse...

Algumas histórias de casamento são muito divertidas, mas convidado também pode sofrer...rs Alguém merece casamento marcado na sexta-feira no Centro da cidade? Ou quando a noiva, que é a tua melhor amiga escolhe um sapato com um mega salto, pede para trocar com a sua sandália mais baixa, porque a numeração seria igual, daí você sofre pacas com o sapato salto agulha 13 e descobre no dia seguinte que o número era menor? ha ha ha Só no dia seguinte é que eu fui entender a maior e mais engraçada declaração de amor que ja fizeram para mim: "Karina, eu te amo, p.. que pariu!" rs Bjs, Karina.

Flávia Batista disse...

Oi Rafael, eu nunca casei, mas sei que casar dá trabnalho, pq eu já acompanhei produção de casamentos. Penseeeee... é de cair os cabelos!!!1

tpomara que quando eu casar eu já esteja rica e pague alguem pra se preocupar por mim... hauhauahuahua

bjsss

Atitude: substantivo feminino. disse...

Bom, não é a minha praia.
Muita energia pra pouco. Prefiro planejar uma viagem.
A depressão pós festa de casamento não é tão rápida assim...logo após o casamento, tem a alegria de abrir e testar os presentes. Aí o casal está se divertindo.
Depois vem a obra na casa e os reparos para que fique tudo conforme o planejado...
Depois vem o quê? Vem o quê?
O bebê!!!!
Aí vem o chá de bebê.
E as mulhers vão em uma feira igual a essa que vc foi, só que de gestante.
Aí vem quartinho de bebê e o assunto é bebê...
Aí o bebê nasce.
Aí acaba o assunto.
Definitivamente.
Não pertenço.

Kisses

Arsênico disse...

Caraca... kkkkkkkk! Por favor... não me diga que vocÊ vai a casamentos todo fim de semana! Quanta experiência! hahaha!!! Também não teria paciência pra esse tipo de coisa! Dá-se valor a muitas bobagenzinhas!!!

aBraço!

xD

Renato Orlandi disse...

AHuhauhsa, OMG se eu estivesse pensando em me casar depois dessa fiquei morrendo de medo rsrs... Abraço!

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

"O que se vê são noivos com cara de bosta"

kkkkk
Só vc mesmo.
Pois é, por essa do buraco quente e do churrasco na bacia de alumínio eu já passei, só que sem a rúcula.
Também fui em um (o do meu tio) onde uma convidada enchia as mãos de pãezinhos e os acomodava todos num pacote providenciado com a própria blusa... e uma garrafa inteira de refrigerante, q ela tomava na boa, sem copo nenhum. Pelamoooooorrrrrrr... aquilo me causou trauma... rsrs.

Como sempre, seus textos muito bem humorados.

Beijo, menino!

Antonio de Castro disse...

minha irmã vai se casar em dezembro.

deu um medo do "bom-gosto" dela...

Guy Franco disse...

O chato de casamento é falar sobre casamento. Como você tem coragem de escrever um post sobre isso? Não é crítica, pelo contrário. Como conseguiu tanto assunto com esse tema? Ah, essas historinhas bizarras. Será que preciso passar por isso? Tá a fim de casar? Where are we going now?

Ana Cavalcantti disse...

Oii !!!
Eu não sei sinceramente se o povo tá certo em fazer certas "esquisitices" por falta de dinheiro, e o que importa é ser feliz....ou se penso meu Deus não faça isso com seus convidados rs !
Eu particularmente não daria festas se não fosse no mínimo razoável !
Um Bombril para avolumar meu cabelito e um noivo falando aproveite pq paguei 70,00 por cabeça é engraçado , Mas servir em cumbuquinha de alumínio é demais ahahaha!

Beijoooooo

Marcos disse...

Eu tb já fui em casamento de todo jeito... e até a um casamento que eu não conhecia nem o noivo e nem a noiva... bico puro mesmo... e o pior é sair no album de casamento e ninguem conhecer.... o casal bicon!

Buraco quente é classico... mas eu fui em um que serviam batatinhas temperadas e as mesas e cadeiras eram caixas de laranja.... kkkk]

abçs

Lord V. disse...

por isso que nao caso!
e se casar, nao conto pra ngm... pcaiencia pra organizar tudo, cade???

abraços
voy