DE CÁ PRA LÁ

Não gosto de mudar de endereço...sabe, mudança, com encaixotamento de documentos, móveis, a obrigação de mexer em papelada velha pra ver o que serve ou não. Tudo isso me deprime, mesmo sabendo que estou indo pra um lugar melhor.

O escritório em que trabalho está se mudando para um prédio comercial. Isso é, de uma casa de 300,00 m2 para um conjunto de salas de 150,00 m2. Tudo bem que há muito espaço ocioso onde estamos, e no outro lugar tudo será otimizado, dando-nos um conforto extra, que é a segurança e a tranqüilidade de saber que fechadas as portas, todo nosso equipamento está guardado. Na casa, por duas vezes ladrões furtaram nosso computadores.



Mas sou assim, não curto viver num ambiente estagnado, tanto que vira e mexe modifico objetos de lugares, moveis, quadros, para ter sempre aquela sensação de renovação. Mas mudar assim, com caminhão, de um lugar pra outro me estressa. Me sinto um cigano, um nômade.

Não entendo pessoas que ficam pouco tempo num lugar, e logo se mudam para outra casa. Esse processo é tão desgastante. Se há uma obrigação, tudo bem devemos sair, mas por puro prazer de cada época estar num lugar diferente, não me atrai nem um pouco.

Quando olho um circo logo penso na vida errante dos componentes da trupe. Cada semana num canto diferente, tendo que montar e desmontar acampamento. Mesmo feira livre, me angustia aquela coisa de todo dia montar a barraca, desmontar...não nasci para esse tipo de vida. Gosto das raízes, de saber que o lar está lá fixo, para qualquer momento eu me refugiar.


Se precisasse morar fora por conta do trabalho eu iria, mas deixaria a casa montada. Sou um castor, acumulo lixo, papeis, lembranças. De tempos em tempos tenho que fazer uma limpa e me livrar do peso.

No escritório foi a mesma coisa. Nos 8 anos que trabalho na empresa, juntei muito, muito lixo...centenas de projetos impressos, livros, revistas, um absurdo de papeis.

O catador que veio buscar sorriu largo quando viu tudo aquilo...rs. Posso confessar que fui um mal protetor do meio ambiente, por que por minha causa centenas de arvores devem ter sido derrubadas. Mea culpa!!!

Na próxima semana farei o possível para postar a noite em casa, por que com a mudança internet será desligada por praticamente a semana toda. Por isso se não visitar ninguém, me dêem um desconto.


Abração a todos, boa sexta-feira, bom fim de semana.

12 comentários:

Edu disse...

Se o catador for esse ursão aí da foto, me mudo toda semana só pra fazer ele suar!

Karina disse...

Boa mudança para você, Rafael! Eu sei o quanto é estressante mudar, pois em menos de 3 anos de casada tive que me mudar 3 vezes! E o engraçado é que mesmo que a gente pense não ter grande coisa, quando vemos aquela mudança acumulada dá vontade de sentar e chorar... BOA SORTE no novo local de trabalho. Um beijo, Karina.

Atitude: substantivo feminino disse...

Eu gosto de uma mudança. Não de casa porque realmente ter que remanejar móveis, louças..me incomoda.
Mas em casa tento mudar várias coisas de lugar.
Aqui no trabalho quando tem mudança eu amo! Mas temos uma vantagem..pois os móveis são todos do mesmo padrão, então eu só troco de armário de lugar - carregamos numa pallet. E tudo que está lá dentro permanece.
Sabe..eu tenho até hoje meu primeiro caderninho de quando eu entrei..pff Não consigo me desfazer dele!!!
Mas como me mudarei novamente em setembro, ele já está na minha prateleira do desapego rsrsrs
Dessa vez vai!

HSLO disse...

mudar é algo chato viu..nossa começa aquela revira volta...mas se é necessário eu encaro logo...

e essa última foto ai...hein...nossa, lembrei dos pau de arara daqui da Bahia...kkkk

abraços

Lord V. disse...

e eu também sou assim. adoro mudança para ficar com ares de renovaçao, mad odeio mudança de lugar, de ambiente...
me irrito facil facil com isso.

abraços
voy

Três Egos disse...

Também não curto muito estas mudanças, acho cansativas demais. Só troquei uma vez de casa com minha família e depois duas vezes durante a faculdade e, muito provavelmente, terei que mudar de novo no final do ano. Q preguiça só de pensar! rsrsrs

Abraço!

Lobo Cinzento disse...

Eu me mudei só duas vezes a vida inteira... quero muito mudar a república prum apto melhor... mas só de pensar em descer geladeira, fogão, guarda roupa pelo ELEVADOR, já me desanima 90% ahauahaua

Abração Rafa!

Edilson disse...

Ai Rafa, nem sei o que dizer sobre isso, porque eu PRECISO de uma mudança grande em minha vida sabe. Tô estagnado no trabalho há 14 anos e gostaria muito de mudar muitas coisas, mas me sinto muito preso e nem sempre as raízes são benéficas, entende. Me sinto inseguro com mudanças, mas preciso delas. Lindo fim de semana...abraços.

Andrea Pagano disse...

Rafa,
Boa mudança, em primeiro lugar, eu sei bem o que é isso...
Eu sinceramente gosto, mas também concordo que é estressante demais!
O melhor da mudança é o que vc citou, o fato de dar uma boa "limpada" nos lixos que acumulamos no período. E pode perceber, que no dia a dia vc não fz isso, mas com a mudança, como vc está meio irritado, acaba sendo mais frio e se livra melhor das tralhas...rsrsrs
Também serve para que possamos exercitar nossa mente para coisas novas e estratégias de adequação...Pense nas coisas positivas, que fica mais leve.
Bjs e bom final de semana!

railer disse...

mudanças são boas pra gente sair um pouco do lugar comum.

ManDrag disse...

Coragem! Uma mudança é sempre uma porta aberta para um mundo de aventuras e descobertas.

Bom Domingo e bom sucesso na readaptação.

Abraço

Cantinho She disse...

Adoro seus textos, mas as fotos escolhidas estão show de bola!
Beijo, beijoooo e excelente semana!
She