AFINIDADES

O que seria “afinidade”?

O significado textual seria: atração
ou gosto natural por uma pessoa, coisa ou idéias. Semelhança ou concordância inerentes ou próximas.


Já mencionei varia vezes a minha capacidade de enxergar o outro de uma forma transparente. Muitas vezes vejo alguém que não me agrada aos olhos, a percepção e por isso logo atiro “ não fui com a cara”. Com o passar dos anos, a gente vai ficando mais velho, e mais sábio...rs rs rs...acreditem os jovens, isso é verdadeiro, e o resultado disso é um “feeling” mais aguçado.

Claro que não acerto 100%, já me enganei em pré julgar alguém. Seria até hipocrisias dizer que isso é errado. Meu, somos humanos, vivemos numa sociedade capitalista, não somos monges budistas que meditam pela paz mundial. Até desejamos, mas não somos assim. E quando eu percebo que a pessoa não é da forma que me chegou aos olhos, faço de tudo para compensar a idéia errônea que fiz dela. Mas garanto, poucas vezes isso aconteceu.

Ter afinidades com outro, não significa concordar com tudo. Tenho afinidades com pessoas que nem sequer compreendo o modo de vida, mas nem por isso deixo de desfrutar de um bom humor afiado, sarcástico da forma que eu gosto. Não deixo de ter amizade com alguém que adora carros, simplesmente por que eu não ligo a mínima para isso, ou outros assuntos irrelevantes para mim.

Mas não consigo ser hipócrita ao ponto de suportar alguém no qual percebi as más intenções, ou um jeito invejoso, ou o que mais me enoja, empáfia. Pessoas assim eu identifico rapidamente, sejam cara a cara, ou mesmo pela internet, como fazemos hoje em dia. Muitas amizades nascem pelo mundo virtual e morrem também.

Poderia citar varias casos, mas vou me ater a dois, um de alguns anos e outro recente.

Quando criei meu blog, saia à caça de outros, lendo, lendo,lendo, por que não sabia ao certo como lidar, como construir amizades através dele. Cai do cavalo em algumas questões, com pessoas, mas entendi o mecanismo disso aqui. De todas as pessoas que me visitavam, acabei por fazer amizade com o Diego (A casa das idéias). Um rapaz bem mais jovem, casado, com filho e morando em Londres. Todas as características para não se fortalecer uma amizade. Mas o tenho com a mais alta estima, como se fosse um irmão caçula. As afinidades que tenho com ele são maiores do que com caras da minha idade. E o que mais admiro é a inteligência e a capacidade de mutação de jovens como ele. A ingenuidade, a pureza de coração e força de construir uma vida ao lado de quem ele ama. Admiro pessoas que se adaptam ao mundo e dele absorve o máximo que pode, vivendo e distribuindo boas energias aos outros. Pessoas assim encontram pares perfeitos. Camila, sua esposa, é o par perfeito de Diego.

Há pouco tempo conheci outra pessoa através do blog, agora com a capacidade de ver os que me segue. Quem esta a par do que componho para esse meu espaço.
As afinidades com essa pessoa são inúmeras, mas ao mesmo tempo não concordamos com as idéias um do outro em alguns casos, mas essa tarefa de tentar entender ou mudar de opinião por que o outro te explica de forma contundente, é o melhor que se tem numa relação entre amigos, mesmo que sejam virtuais. A Dama de Cinza (blogprarelaxar) é assim. Uma pessoa capacitada para falar de tudo, de problemas pessoais a política. Muito me orgulha de tê-la conhecido por aqui, e desfrutar de horas de conversa pelo msn. Seu bom humor, sua forma irônica de falar em seu blog, é acentuada por uma delicadeza de sentimentos na vida real. Pra quem a conhece, sabe que não minto.


Conheço alguns pessoalmente e não preciso falar deles aqui, sabem da minha estima.


Sei que dentre todos que me acompanham, e me orgulho disso, não pelos números, não é por serem mais de 100 que me orgulho, mas por serem pessoas que percebo grandiosas na maneira de escrever de se manifestar, na educação com que expõem suas opiniões. Devem existir outros que teria afinidades, certamente, se assim os conhecesse.

Gostaria de um dia conversar com um por um de todos vocês que me lêem. Algumas pessoas admiro profundamente, mesmo não sabendo nem como é o rosto, de onde vem, onde moram. Mas as palavras chegam e demonstram a capacidade de afinidades que existem entre nós.

Claro, continuo me dando o direito de não sentir atração (não física, rs rs rs rs) mas intelectual, afinitiva por determinadas pessoas, não querendo dizer que não valham a pena, apenas não se encaixam com a minha forma de pensamentos, gostos ou seja lá o que for. Se conhecesse todos pessoalmente poderia até jogar aquela: nossa, não consigo ser amigo, coisa de pele...rs rs rs rs.

Mas a todos vocês que leio que me esforço para deixar um comentário, muitas vezes o dia ocupado me impede disso, saibam que o faço por admiração pura, e sincera. Não sou do tipo que rasga seda ou puxa o saco. Não estou fazendo média e muito menos querendo agradar. Mas agradecer a pessoas anônimas na minha vida, pela gentileza das palavras que deixam, é uma obrigação.

Como prometido, um dia converso com todos vocês, por que o que mais me encanta no ser humano é saber das suas histórias, e claro, pegar um pouco disso tudo para os meus personagens quando escrevo. Pensaram que eu sou bonzinho só? Rs rs rs.

Abraços a todos vocês, e obrigado pela compreensão da minha pessoa.

Bom fim de semana.

18 comentários:

Isadora disse...

Rafael, adorei o seu post. Afinidade embora tenha definição, muitas vezes não conseguimos explicar e como você mesmo escreveu pode acontecer com um pessoa que pensa bem diferente de nós, que tem gostos nada próximos dos nossos, mas isso não impede que nos apenas gostemos.
Viva as diferenças, pois através dela levamos mais aprendizado para nossas próprias vidas.
Um beijo

Cris disse...

Esse mundo virtual já está tão enraizado no nosso mundo real que... misturamos as pessoas ( leia no bom sentido...rs), criamos laços e da mesma forma desatamos os laços. Afinal, do outro lado da telinha, há um ser humano!
Podia ser um animal, né?

rsrsrsrs

O dia que minha presença no seu canto não for legal é só dar um toque. Ser indesejável é péssimo...caminho da roça....rsrsrsrsrs

bjs

Marcos disse...

Rafa, eu entendo perfeitamente o que você esta dizendo, tem alguns blogs que são realmente bons, você comenta sempre e na realidade sabe que aquela pessoa nem vai te responder....

Eu não comento esperando respostas nem visitas no meu blog... faço porque busco coisas e pessoas interessantes que este universo pode proporcionar....

Assim como os dois blogs que vc comentou, eu não conheço o Diego além dos posts, mas parecer ser isso mesmo... a Dama é show de bola... não poderia deixar de falar da Sal que me abriu as portas do blog, sendo a primeira pessoa que eu não conheço que comentou em algo que escrevi...

Adoro quando abra meu blog e vejo comentários... mas aqueles que sinto que as pessoas leram e curtiram ou não, mas deram a opinião....

Espero que com o passar do tempo eu possa também conhecer um pouco a cada um que está em cantos tão longes... msn pra mim é dificil pq trabalho o dia todo e a noite nem tenho tempo de abrir.... pq estou aqui....

Abçs e olha quase que eu faço um post ao invés de comentário.... e para quem me acompanha o trem da morte vai até o capitulo 10..rs...rs...rs..

Luna Sanchez disse...

Que post bonito, delicado, gostoso de ler.

Beijo pra ti.

ℓυηα

Angélica Lins disse...

Texto interessante, muito bem escrito.

Gostei daqui.
Parabéns pelo espaço.

Abraço

Dama de Cinzas disse...

Olha eu no pooooooost! eheheh! Obrigada, querido, pelos elogios e realmente existe grandes afinidades entre a gente. E muito comum um falar algo no msn e o outro dizer: - Isso mesmo, penso a mesma coisa - eheheh

Quando li o título do post sabia que iria gostar dele, é um assunto muito bom e você desenvolve bem qualquer tema...

Já quebrei muito a cara com pessoas vinda de blogs, quando a gente passa pro msn ou email. E assim como vc, tenho esse jeito intuitivo de perceber as pessoas, o que me faz ver o que há por trás de uma primeira impressão... Acho essa nossa característica legal, ela não nos insenta do erro, como vc disse, mas nos dá uma boa margem de acertos...

Eu já fiz amizades com algumas pessoas do blog de encontrar pessoalmente, da amizade ficar forte, umas poucas ficaram, outras se foram, mas a experiência boa persiste na nossa mente... Mas te digo que quando a coisa desanda, já fica ruim quando passa pro msn... ahaha... Parece que somos dois estranhos, então sabemos que aquilo não vai pra frente... rs

Adorei me ver no seu post de hoje... Beijocas querido e um dia nos veremos pessoalmente e aproveito pra conhecer o Marcos seu grande amigo, um cara super fofo, que eu gosto muito...

Beijocas

Ruy disse...

Acredito que relacionamentos (qualquer tipo) só dão certo quando existem afinidades, mas um pouco de atrito também.

Vejo falta de sinceridade onde existe aceitação plena.

Andrea Pagano disse...

Oiee Rafa,
Linda sua homenagem!
É sempre bom pode fazer um carinho aos amigos, poder compartilhar tantos sentimentos que explodem dentro da gente a cada dia vivido, a cada situação, realmente é muito bom ter espaços em nossas vidas em que possamos compartilhar de tantas coisas!

São pessoas maravilhosas que vc citou, além de bem diferentes e relamente muito marcantes em relação as atitudes...as palavras, a forma como expressam como amam e como odeiam!

Bjs com carinho, muito legal vc ter feito isso!

Karina disse...

É, Rafael, você é um fofo mesmo!
Em também solto volto e meia "não fui com a cara de fulano", mas acredito que educação e respeito estão em primeiro lugar, e daí as coisas ficam mais fáceis, ainda mais no âmbito profissional. Aliás, "não fui com a cara" de duas das minhas melhores amigas quando nos conhecemos. Infelizmente uma morreu e a outra fica guardada no meu coração, e cada dia que passa descobrimos afinidades e aprendemos com o outro. Eu sei lá, mas acho que uma boa prova de afinidade é quando não encontramos uma pessoa há muito tempo, mas quando a reencontramos a conversa flui como quando vivíamos constantemente juntos. Um beijo, Karina.

D. Martins disse...

em primeiro lugar (como vc me ensinou), vc sabe bem que é da familia, vc é de casa, vc é dos nossos. ACIMA DE TUDO, vc sabe.

E sabe bem..rs

Em segundo lugar (viu, eu aprendi bem..rs) as circunstancias de N coisas nos aproximaram, e nos fizeram tão proximos, nossas afinidades sempre ficaram evidentes desde sempre, mesmooo vc sendo um baita de um chato que pega no meu pé, que tira com a minha cara, mas saiba, que EU TE AMO mesmo assim, desse jeito, viu?

Obrigado, por estar presente na minha vida, pela amizade, pela paciencia e pela chatice..rsrs E por ter esse carinho por mim, tb te considero um irmão, só que mais velho, acabado e museuzão..rs


Te amo, mi hermano! (argentinaaaaaa eooooooooo, argentina eoooo)

D. Martins disse...

Rafa, só um adendo, vc sabe que pode continuar chamando a minha mãe de sogra..kkkkkkkkkk (carai, to rindo muito..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

Isadora disse...

Rafael passo por aqui para agradecer as palavras tão carinhosas que você deixou para a minha pequena Bia e para mim. Li também o seu comentário para ela e acredita que a bichinha ficou emocionada.
Muito obrigada por tamanha gentileza.
Um grande beijo

Anita disse...

Ah coragem hein tu fala como se fosse um tiuzinho da praça, com seus 70 anos carregados nas costas hauhsauhsausha
Tu é baby feito eu, vai crescer barba pra depois se referir aos jovens como se tu não fosse um. Rum! hahahahahahaa
Olha afinidade pra mim é estar afim de algo incomum? não até pq se uma mina ficar afim do mesmo cara que eu, não teremos afinidades néh.
Bom. Afinidade é que nem agente assim, que se adora e tem a blogosfera em comum ;) (oi?) hahahaha
Ah véi sei que com o tempo fiquei mais seletiva, até pra blogs :(
Inda bem que eu amo esse daqui..

cantinho she disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk tô rindo com o final do seu post, bem, o que dizer desse post especial? AMEI! Eu adoro a sua forma de escrever e abordar os assuntos, beijo, beijo!
She

Lua Nova disse...

Um belo e carinhoso post.
Acho que as afinidades vão muito além da coincidência de pensamentos e gostos. Afinidades são coisas da alma. E elas acontecem independente de ser pessoalmente ou pela internet.
Um fds feliz e repleto de encontros.
Beijos.

*Nã* disse...

Rafael, [“feeling” mais aguçado] ou não, com o tempo vamos sendo mais conhecedores de nossos valores e vontades. Se não desconfiamos logo de cara de quem não nos agrada, pelo menos aprendemos a reconhecer mais rápido nossos afins. Um ótimo final de semana pra vc e obrigada pelo texto gostoso de ler! Beijo. ;)

Fabrício Santiago disse...

Pois é rafael, o blog cria um tipo de amzade totalmente diferente de outros meios virtuais, como orkut e facebook. Aqui as amizades formam-se mais lentamente e de forma mais profunda, nada escalafobética como no orkut. Nada de miguxês tb. EU apaguei minha conta no orkut por isso, muita superficialidade, muita rotatividade. Estou tentando construir novas amizades pelo blog, lentamente, com mais base, sem pressa de consumir tudo de uma vez só. É isso.
Abração

PS: Acabei de atualizar a nossa acanhada Narroterapia, esse cafofo que é sue tb. Passe por lá deixe seu comentário. Ajude na terapia...rs

Marcos Campos disse...

Legal o post! Concordo contigo, as vezes dá pra sentir as pessoas, mesmo virtualmente...
Conheci gente bem legal também...
Abraço!