A DOCE VIDA DE UM DONO DE CASA!!!

Existem coisas que a gente não aprende nunca morando sozinho, porque obvio, é você que tem que resolver. Algumas dessas coisas se solucionam ligando pra mãe, mas quando bate a vergonha (por que mãe adora falar com aquele ar de que você não tem condições de manter uma casa) a gente corre para a ferramenta mais incrível de todas nesse mundo: o Google.

Ter que perguntar pra mãe qual é a melhor marca de sabão em pó é tão humilhante quanto uma criança de seis anos te dar uma surra num vídeo game. A gente se sente inútil, por que as coisas são tão obvias, mas a mente masculina imbecilizada não capta.
SABÃO EM PÓ INDICADO POR UM PAI!!!

Não adianta me ensinar a dobrar camiseta, eu não aprendo. Se o fizer e colocar na gaveta, tenho a absoluta certeza que quando vesti-la haverá um vinco que nem ferro de passar removerá, por isso penduro tudo no cabide, e aquelas mais velhinhas, vão sim pra gaveta, mas socadas, e tornar-se-ão pijamas.

Lençol com elástico é o maior dos dramas. Louvo o criador dessa roupa de cama (nome ridículo esse) por que levantar de manhã e perceber que a cama continua lisinha não tem preço. Mas lavar, e dobrar são dois problemas distintos. Pendura-lo no varal é um parto, por que fica tudo esgrouvinhado. Guardar então...HA HÁ HÁ....onde? Como? Se aquilo é uma massa de tecidos que não se sabe onde começa e termina. De novo, vai pra gaveta socado, amontoado e tchau.
Isso é mentira....MENTIRAAAAAA!!!

Eu cozinho, então aqueles quesitos humilhantes sobre uma casa que você é obrigado a perguntar a progenitora são compensados com dicas de uma cozinha moderna que ela desconhece. Aí a superioridade vence a cara de reprovação da mãe que te olha pensando: esse ainda acha que consegue morar sozinho.
Poeira definitivamente é um ser vivo que odeia você e a vassoura. Tentar remove-las é impossível, por que varre de um lado e quando percebe, correram tudo pra outro, e o pior, pra debaixo dos moveis. Então a tecnologia do aspirador de pó é importantíssima pra que vive “alone”. Inclusive pra matar barata, elas não sobrevivem a um chupão de aspirador de pó...fica a dica.

Seja lá qual for à receita que venha a fazer vinda de alguém da família, ao ser perguntado se deu certo, responda: Nossa ficou muito bom, uma delicia, acertei direitinho. Fiz pouco, da próxima vez levo um pouco pra você experimentar!!!! Mesmo que tudo tenha ficado um lixo, grudento, sem sabor, se humilhar mostrando a incapacidade de dar continuidade as receitas de família não pode. No futuro isso se volta contra você.
ESSE CHANTILI TA COM UMA CARA DELICIOSA!!!

E o pior de tudo quando se mora sozinho já há um tempo é ter que responder as perguntas das tias velhas. Já aconteceu de ir na casa de uma dessas e na porta ser questionado pela prima solteirona: nossa, você emagreceu, o que houve? Logo em seguida, a tia dizer: olha só, engordou hein...ta comendo muito!!! E por ultimo a outra tia: esse aí não muda nunca, sempre o mesmo corpo!!!! Cacilda, decidam: to gordo, magro, ou zumbi? E além de tudo a pergunta básica das tias velhas: e você quando casa? Aquele apartamento bonito precisa de uma dona.

Caso sim tia, no dia que aquele seu filho pilantra arrumar um emprego, seu neto drogado abandonar o vicio, a sua filha aqui sentada cuidando de você sexagenária e virgem dar pro primeiro que aparecer, e você conter os seus gases e segurar a urina, por que tá um cheiro de mijo nessa casa insuportável!!!!
SOLUÇÃO PARA AQUELA PRIMA DESTITUÍDA DE CASAMENTO!

Enfim, a gente nunca cresce, e sempre somos vistos pelos olhares carinhosos dos familiares como uma criança incapaz de tomar decisões, de morar só sem explodir por que deixou o gás aberto uma manhã toda.

Abração a todos e ótimo fim de semana.


3 comentários:

Dona Pimenta disse...

KKKKKKKKK Texto perfeito!
Ahh, por sinal, quero te agradecer pela dica da barata... Vc deu um novo sentido para minha vida kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Quando aparece uma, eu converso com ela, pedindo pra sair, ou saio de casa, esperando que ela faça o mesmo rsrs
Mas tudo isso é normal, as cobranças do povo de fora, existem mesmo... Até quando se é mulher, viu?? Sempre querem te ver como a filhinha, sobrinhinha, netinha, etceterazinha... Tudo o que te diminiu, pra te mostrar que vc é incapaz kkk
Eu testo meus "grudes", quando fica bom, faço questão de fazer pras visitas. Quando não ficou bom... Deixa pra lá... Ninguém precisa ficar sabendo... Ou então.. Ah, eu fiz, ficou uma delícia, mas não sou muito chegada a nozes... KKK MENTIRA, mas... ajuda.
Ótimo seu relato.
Bjsss e um findis lindo!

Edu disse...

Por acaso você deixou o gás aberto?

Luna Sanchez disse...

Seu doido!

Também moro sozinha mas nunca passei nenhum perrengue, pelo contrário : aprendi a não ser refém de lâmpadas queimadas nem de vidros de azeitonas com as tampas emperradas.

Beijos.