FOREVER YOUNG

A proximidade do aniversario traz reflexões que não sei se são pertinentes ou uma viagem da cabeça de alguém que em breve estará mais velho.

Não sou um ancião, mas também não sou mais uma criança. Às vezes me olho no espelho e custo acreditar que aquele viço todo da adolescência ficou la num passado remoto. A barba ta branca! Quando se percebe números, aí a porca torce o rabo. Há poucos dias vi homenagens a Elis Regina morta há “30 anos”. Putz, eu estava em casa, era moleque quando isso aconteceu, presenciei essa parte da história, sendo que muita gente hoje só viu Elis por fotos e vídeos. Isso traz uma sensação de amadurecimento, de envelhecimento que se não entendida, nos deprime.

Ter um rosto jovem e uma idade madura muitas vezes é prazeroso, por que as pessoas se assustam quando se diz a idade. E o melhor é ouvir: nossa!!! não parece que você tem tudo isso!!! Rs rs rs...

Mas engana-se quem acredita que a idade não pesa. Existem condições de saúde que começam a preocupar quando se atravessa a fronteira dos “entas”. Falta um pouco ainda, mas sabe-se que o corpo já não é uma maquina em desenvolvimento. O retrocesso, a decadência física e mental já teve o start. Agora é correr pra retardar tudo isso, manter a máquina azeitada, a cabeça funcionando a todo vapor. Mas o duro é que o acumulo de experiências, de vivencias, de histórias que vimos pela estrada até hoje, que nos fazem crer que a caixa de memoria está ficando cheia. Ai começam as comparações. Fulano tem certa idade e esta passando por tal problema...Sicrano foi não sei onde e deu um treco assim, assim, assim. Neuras!!!!

Mas não ligo de passarem os anos, de estar envelhecendo, de modo algum. A única coisa ruim disso é que o tempo que passa pra mim, passa também para os outros. Pais envelhecem mais rápido, e não é fácil encarar a velhice deles. Aquela disposição que mãe e pai tinham quando éramos jovens está debilitada, frágil. Essa fragilidade preocupante dos velhinhos consome a nós que temos no coração a sensibilidade de que cada vez mais precisarão de nós. Difícil encarar que eles não são mais heróis dispostos a lutar bravamente pela prole. São mais filhos que nós filhos.

Ver que as nossas crianças crescem e pensam por si só também é uma “dor” saudável a se carregar com o passar dos anos. Aquele bebê que carregávamos até ontem, hoje namora, sai, e faz tudo aquilo que fazíamos também na idade deles. Triste constatação que mundo segue  e administrar isso também faz parte do amadurecimento. É necessário passar a experiência vivida a eles, quando querem ou escutam. Oh época mais complicada a adolescência!!!!

Não me deprimo por estar chegando a uma fase “madura”. Hoje o conceito de idade é muito diferente de quando era criança. Uma pessoa de 50 anos era um velho, um avô, uma pessoa morta pra vida. Hoje uma alguem de 50 anos é um jovem senhor com ótimo físico, disposição de 20 anos, e muita lenha pra queimar. Uma pessoa de 60 anos, está tão bem, tão equilibrada e inserida no mundo como um cara de 30 anos. Então, com a medicina, com a ciência fazendo descobertas diárias, serei um jovem eterno...rs, e não to nem ai. Só há necessidade de não extrapolar e virar um velho retardado.

Mas que é bom ser uma pessoa experiente, isso não nego!



Abraço a todos, e ótima quinta feria.

6 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

vc disse tudo! Forever Young mesmo com meus 61 anos ... assim é q eu vejo a vida ...

bjão

J. M. disse...

Estive pensando sobre isso esses dias. Ainda não cheguei nos "entas", mas tenho a sensação de já ter vivido tantas coisas, e quando vejo maioria das pessoas ao meu redor com seus 20, 22, 24, e eu 26, beirando o 27, dá uma pontadinha. Daqui a pouco é 30. Como diria o filme, De repente 30...Mas enfim, o importante é se cuidar agora para ter uma velhice sadia. Abração.

E ヅ disse...

Tamo junto, irmão! Mas "Alphaville" denuncia tanto quanto "Elis - Eu Tava Lá!". :-)

Fred disse...

Tipo aquela vibe de "muito velho pra ser jovem e muito jovem pra ser velho"... coisa de 30tão - como eu! Hahaha!
E sobre o Joguinho de Filmes, se não sabe arrisca... hehehe! Hugz!

Felipe Fernandes disse...

Desculpe os parabens atrasado mas só entrei hoje, felicidades e muitas realizações, sucesso e muita paz de espírito, o mundo precisa disso, paz de espirito, ate mais.

railer disse...

envelhecer faz parte. a gente só precisa aprender a envelhecer bem. a experiência e maturidade que vem junto realmente é algo a ser considerado.

abraços,
raileronline