UM HINO ?

Não há nesse planeta quem nunca tenha ouvido “I will Survive”. Cantada pela primeira vez na década de 70 por Gloria Gaynor, a musica na época abordava a discriminação que as mulheres negras americanas sofriam. Mais tarde, ja em meados dos anos 80 passou a tocar nas “discotecas” iniciando um ciclo que em 1994 culminou como um símbolo da liberdade gay, após ser introduzida na trilha sonora do filme “Priscilla a Rainha do Deserto”.

Cantada por uma legião de interpretes “I Will survive”, que dispensa tradução, tornou-se uma das musicas atemporais. Mais de 30 anos após sua composição, o publico em geral se atira na pista das boates quando os acordes começam. Sejam heteros, gays ou pessoas simpatizantes, indiscutivelmente a musica mexe com o povo.

Separei três versões distintas de I will Survive. O primeiro vídeo, é o trecho do Filme Priscilla, o segundo a versão flamenca do sucesso de Gloria Gaynor, e o terceiro vídeo a interpretação (a mais interessante depois do original, na minha opinião) de Cake. Não coloquei a versão feita pela banda “Velhas Virgens”, “ Vai Wilson, vai” por que não achei um vídeo que fosse menos agressivo. A sátira é engraçada, mas o apelo sexual nos vídeos, não cai bem por aqui.

The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert - I Will Survive - Gloria Gaynor

I WILL SURVIVE VERSION FLAMENCO

Cake - I Will Survive

Abração a todos...

13 comentários:

Rê Ura disse...

Acredito que "I will survive" será cantadado por mais alguém séculos viu!
É uma música que até crianças emos conhecem e cantam! ^^
E a ultima banda pop que a usou foi Pussycat Dolls... E foi um sucesso viu..

Beijo

D. Martins disse...

Ainda fico com a ultima versão, que pra mim é melhor. Essa música tem uma letra muito bacana, por isso é levada de geração a geração, por causa da forma de protesto, dessa forma, que está 'fragilizado' se agarra e se identifica!

Muito bom!
Abração Rafa!

Lobo Cinzento disse...

I will survive é clássico demais!

As pessoas sempre espantam quando encontram ela no meu mp3, misturada no meio de uma porrada de musica de metal agressivo destruidor ahauahau

Abração Rafa!

HSLO disse...

Nossa eu me sinto livre quando passa essa música na boate..aff..é demais.

adoroooooooo.


abraços


Hugo

o Humberto disse...

E aí Rafael, blz?
Bacana sua visita la no meu blog! E muito legal mesmo o seu tb! :D

Passa lá depois, voltei a postar. Vou vir sempre por aqui tb.
Abração!

David ®... disse...

a do Cake é um dos melhores cover...EVER !!!!!

abração!

Cadu disse...

alem da versão original
eu gostei da segunda a flamenco.
e ela na musica das pussycat dolls ficou mara, ficou muito bom mesmo.
e rafael, num entendi nda do apelido, mais nem é da minha conta , sou muito curioso hahahahaha.
abrços ate+

Andrea Pagano disse...

Estou com o Dom...Fico com a ultima versão que ficou muito bacana!
Mas nem sabia que os Velhas Virgens haviam gravado, adoro esses caras...
Dou muita risada com as musicas deles...
Bjs

Antonio de Castro disse...

gosto d imaginar q essa musica só foi gravada pela primeira vez pelo Cake.

o resto é resto.

o Humberto disse...

Esqueci de comentar, e vi quemais gente concorda, que a versão do Cake é melhor que a original. Agora, essa versão flamenca, que medo, rs.

Liza Leal disse...

Oi Rafael!
Adorei ler seu perfil.
Um aquariano quebra o gelo sim, em qualquer lugar, a começar pelo olhar.

Rsrs

bj

Liza Leal disse...

Oi Rafael!
Adorei ler seu perfil.
Um aquariano quebra o gelo sim, em qualquer lugar, a começar pelo olhar.

Rsrs

bj

railer disse...

realmente essa música leva todo mundo pra pista!