O BOBO ALEGRE

La num passado não tão longínquo nosso sábio apresentador Abelardo Barbosa “Chacrinha” já dizia: Na televisão, nada se cria, tudo se copia.

No meio da década de 80 surgiu um humor diferente em nossa telinha, a TV PIRATA, idealizada por Guel Arraes e com textos de muitos dos Cassetas. Beleza, alguns anos com criatividade e humor de primeira linha. Em seguida ele deu espaço ao próprio povo do Casseta e Planeta que ganhou programa próprio.

Depois disso tudo, surgiu já nesse novo século um programa mais ousado, sem muito a acrescentar, mas que caiu no gosto popular, o “ Pânico na TV”. Tirando o repórter Vesgo e o Bola, o restante do elenco faz um humor saudável.

O CQC veio com uma formula importada, com alguns itens já explorados pelo Casseta e o Pânico, mas conseguiu seu espaço e respeito entre celebridades. Na verdade caiu nas graças do presidente Lula, que sempre abre um sorrisão quando os vê.

Até aí tudo bem. Mas esse ano, surge um Marcos Mion, do nada, pregando aos quatro ventos uma nova formula de humor, de entretenimento. Tudo bem! Acredito que tanto a imprensa, quanto o telespectador ficou ansioso em ver o que de tão legal estava pra surgir.

Decepção total. Não entendi até agora, após meses a que veio o Senhor Mion. Nunca fui muito com a cara dele, nada contra, apenas não acho nada de mais. Não é bom ator, não é bom comediante, e alem do mais, é visível que se acha a ultima bolacha do pacote. Então pergunto: O que seria “os Legendários”. Um programa de humor? Onde?
Um programa de entretenimento? Cadê?

Na minha opinião de telespectador, o que vi nas poucas vezes que assisti, foi uma junção barata e pobre de assuntos já abordados no Casseta, CQC e Pânico. Então meu caro apresentador, nada mais do que cópia. Mas se não tivesse bradado que vinha com uma nova formula, hoje não estaria fazendo esse comentário aqui.

Lamento a presença desnecessária de um cara que curto muito: O João Gordo. Preferia que ele tivesse se mantido na MTV, onde eu podia vê-lo quando quisesse, sendo engraçado e não engessado como no programinha do Mion.

Para quem tiver paciência de ver o vídeo abaixo, um internauta fez uma compilação das frases ditas pelo Marco Mion na coletiva de imprensa com cenas do programa e a descarada cópia dos outros que já vinham com sucesso nos anos anteriores.

Mion, pra você o bordão de Raul Gil: Pegue seu banquinho, e saia de mancinho!!!

Abraço a todos, boa terça feira

8 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu sou péssima pra programas de humor, porque rio de muito poucos...

Gostava de Tv pirata, mas não me lembro muito bem, só sei que algumas coisas eu ria... Casseta E Planeta é chatíssimo com aquelas piadas sobre homossexualidade super batidas...

No momento o que amo é Separação é o único que me tira boas gargalhadas... Textos de Fernanda Youg sempre são bons, o próprio programa dela que não é de humor já me faz rir...

Beijocas

cantinho she disse...

Oie, adorei o post, mas confesso que não tive paciência pra assistir ao vídeo não, pois não tenho muita paciência pro Mion não, beijo, beijo!
She

Edu disse...

Olha, eu nem posso falar mal do programa porque não me dei ao trabalho de assistir: não gostava dele desde Sandy&Jr, rsrs. Só espero que o CQC melhore um pouco, também, agora que acabou a aporrinhação (my opinion) da Copa.

Lobo Cinzento disse...

Nem vi nada dos Legendários... Mas sempre tenho lido que andam tendo vários problemas com plágio e coisas afins...

Abração Rafa!

Agora nessas férias, é relaxar e dar um descanso merecido pra mente... porque daqui a 3 semanas (passam voando!) Já volta a correria hahaha

Luna Sanchez disse...

Rafa,

Não tenho muito a acrescentar sobre o "Pânico na TV", que raras vezes assisti. O "CQC" poderia oferecer mais do que oferece, especialmente no que diz respeito às críticas políticas.

Nunca vi "Os Legendários", justamente porque o Mion não acrescenta nada, e eu nem sabia que o João Gordo fazia parte : desse eu não gosto mesmo!

Sempre que tenho tempo, assisto o "Quinta Categoria", na MTV. Na época em que o Mion esteve lá, junto com "Os Barbixas" eu dava umas risadas. O talento do grupo o levava junto, digamos assim. Agora o programa é apresentado pelo Paulinho Serra e os "DEZnecessários". Domingo assisti um bloco, ri muito, esse cara é ótimo! Tu gosta do trabalho dele?

TV Pirata era muito bacana : saiu do ar quando eu ainda era bem pequena, mas assisti a vários episódios em DVD. Elenco fantástico (Marco Nanini, Ney Latorraca, Guilherme Karan...), personagens que são lembrados e citados até hoje, como o tal do Barbosa...rs

O "Casseta e Planeta", no início, chegava a ser tosco. Eu acho que o programa evoluiu muito, nos últimos tempos.

Beijo, beijo.

ℓυηα

Luna Sanchez disse...

O vídeo não aparece pra mim. =\

ℓυηα

Andrea Pagano disse...

Rafa, bom dia!
Não consigo ver o video, não está aparecendo...
Não gosto de programas de humor e nem de gente tentando ser engraçada quando realmente não é...rsrrs
Concordo com a Luna, acho que a TV Pirata foi o unico programa de humor que prestou nos ultimos anos...
O resto sinceramente eu nem tento...Comédia importada então...Passa longe aqui!
Bjs

Sil.. disse...

Oi Rafa, não me contive em vir te fazer uma visita (Coisa de blogueiro), e me deparar com essa aberreçãooo da natureza, vulgo Maradona kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Ó Pai, tende piedade, e faço o coro:
Obrigadaaaaaaaaa Alemanha hehehee!
Quanto a Tv, confesso que não ligo, esses programas humoristicos, que pra mim, de humor não tem nada, nem se fale.
Ahhhhh saudade da Tv pirata.

Mas confesso que adoroooooo o CQC, acho o humor inteligente (Ao menos não mostram tantas bundas como no pânico), sem contar que acho o Marcelo Tas de uma inteligência Impar.
Enfins, adorei aqui.
Te sigo, se não se importar.

Abraços!