CABELO, CABELEIRA, CABELUDO

Perucas são artefatos que “deveriam” ser usadas para mudar, embelezar e dar um ar mais sofisticado a pessoa que usa, mas no fim das contas transformam-se em guaxinins ressecados sobre a cabeça do pobre coitado(a) que as usa.

Percebo nos homens principalmente uma total falta de noção estética com suas peruquinhas ridículas. Dia desses vi um homem numa fila, e como demoraria para chegar minha vez, a analise do objeto na cabeça do senhor foi profunda. Ele tinha uma nuca de cabelos naturais brancos, posso dizer em grande volume. Mas sobre esses cabelos naturais ele pousou uma peruca preta (como uma pomba dorminhoca). Sim, uma peruca de cabelos muito mais escuros. Tentava disfarçar acreditando que quem o visse logicamente não iria perceber aquela coisa estranha pela naturalidade com quem que se portava. Não preciso dizer que a frente do cabelo começava a dois dedos da testa em cima, e formava uma aba de boné a proteger seus olhos. Medonho!

Quando criança recebíamos em casa a visita de uma tia-avó, irmão do meu avô materno. Claro que como ela era a caçula, também pequenininha de estatura seu apelido era no diminutivo. Essa tia ficou viúva com uns 50 anos de idade, e nessa época a vida de uma mulher acabava para o sexo. Tinha apenas um filho, e dedicou-se a criá-lo. Tia Isildinha (nome fictício), nos visitava todos os meses. Conforme fui crescendo não pude deixar de notar seu aspecto pitoresco. Vinha sempre de Taxi, com óculos de sol enormes, e roupas justas. Usava perucas crespas e enormes sutiãs de bojo, o que deixava os seios erguidos, e pontudos. Tia Isildinha era um biscatão!!!

Não me xinguem por essa afirmativa, ela era mesmo. Descobrimos que tinha caso com vários homens, e usava lingeries sexys por debaixo das roupas justinhas. Minha avó um dia sem querer confidenciou que desde muito novinha ela já era da pá virada. Tia Isildinha com 70 e poucos anos, ainda mantinha uma vida sexual mais ativa que uma menina de 20 e tantos. Mas suas perucas eram ridículas. Versão pobre da Dercy Gonçalves. Questionávamos-nos como ela fazia no momento do tchaca- tchaca se tirava a cabeleira, ou se fingia ser dela mesmo. Os homens obviamente percebiam. Às vezes a imagino com a peruca toda torta na cabeça ofegante após o ato libidinoso, com os sutiã de bojo jogados no chão, num ambiente lascivo e cheio de pecado...rs rs rs...Ooops exagerei agora!
Mas há outra história de perucas na família. Desta vez com um irmão mais velho da minha avó materna. Casou-se cedo com uma milionária carioca, chamada Lubélia. Reza a lenda, que o casamento fracassou, por que na lua de mel, ele descobriu que a “mocinha” não tinha um pêlo no corpo, sofria de “alopecia” que é a falta generalizada de cabelos. Obviamente que a cabeça era pelada. Esse tio avô também era um homem metido a garanhão. Não demorou muito e ele picou a mula, deixando a carequinha com dois filhos. Foi embora com uma loira deslumbrante com quem ficou casado até sua morte.

Não sou contra o uso de perucas. Até brinco dizendo que um dia comprarei uma de cabelos lisos em formato de tijelinha, como os Beatles só pra ter uma franja lisa caída sobre os olhos...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...trauma!!! Mas o que me incomoda é falta de noção. Perucas velhas são horrorosas. Até a Hebe Camargo que sabemos passou por uma quimioterapia há pouco tempo e está se utilizando de perucas, não fica bem com elas. Não sei o que há talvez uma falta de cuidado estético. Na TV vemos muito gente de perucas em sistemas novos, como Silvio Santos que juram usar as benditas. Se assim o fizer, é o cara pra quem tiro o chapéu, por que são perfeitas.
Sou um homem que como na maioria que existe nesse planeta, vem tendo leves quedas de cabelo. Não estou careca, mas a quantidade diminuiu muito perto do que era aos 25, 30 anos. Claro que no futuro terei que me adaptar com uma careca indesejada, mas já comuniquei à cabeleireira que corta meus cabelos há anos que ao notar que estou ficando ridículo nos disfarces, passarei a maquina 0 e serei um careca feliz. Claro que pelo meu tom de pele, muitos me confundirão com cobaia de laboratório, um sobrevivente de Auschwitz, ou um extremista em greve de fome...rs rs rs.

Mas quando vejo uma pessoa com peruca ridícula, tenho vontade de me aproximar e questioná-lo:
- Tio, você não acha que sua peruca é feia? Todo mundo sabe que isso não é cabelo seu.

Ou:
- Tia, da pra escovar esse cabelo? Ta meio embaraçado sabia? O povo já viu que peruca, Tchan!!!

Juro que se tivesse e-mail deles mandava uma mensagem avisando, assim como da vontade quando você vê um cara afeminado, sabe que ele é gay e mesmo assim o vê bancando o macho. A vontade que dá é de contar pra ele que todo mundo sabe. Mas esse assunto é tema de um outro post....rs

Abraços peruquentos a todos. Boa semana.

14 comentários:

hpaulista disse...

Mais do que feia, peruca é uma coisa meio nojenta!
:)

Reflexo d Alma disse...

Ei!
Chegando pra conhecer seu canto.
Nem acredito que ja te vi em tanto blog por onde passo
e nunca vim ate aqui!
Mas é sempre tempo.
Li por alto post,
mas volto com calma.
Te espero la no meu canto.
Linda semana pra nós.
Bjins entre sonhos e delírios

cantinho she disse...

hahahahahaha muito bom!
Adorei o humor, mas realmente algumas são mesmo sem noção, beijo, beijo!
She

Marcos disse...

Eu tenho medo de perucas, definitivamente eu jamais usaria peruca.

Homens de peruca ficam ridiculos... ele deveriam de aceitar, porque como vc disse nunca vi uma que ficasse boa... só a do Silvio Santos.

Agora vc loiro ficou otimo...

Abçs

Atitude: substantivo feminino. disse...

Se o objetivo do cara que usa peruca é enganar os outros para parecer que tem cabelo..huumm não funciona. É muito perceptível!
Não é melhor assumir a carequinha? Ou carecona e raspar tudo logo de uma vez (sim, porque tem aqueles que cismam em deixar um penachinho voador no topo da cabeça. Eu por exemplo não consigo conversar sem ficar olhando sem parar para o penachinho..o tufo voador..fico meio hipnotizada e me dá vontade de consertar)
Assim é também com as mulheres que exageram no botox, esticam a cara até quase rasgar no meio e teimam em dizer que são cuidadosas e usam somente um creminho noturno..ha-hã..sei..

Fernandez disse...

Concordo com voce, eu até entendo a questao da vaidade de cada um, mais a peruca dá um certo ar esquisito mesmo.

Cris disse...

Não te quero de inimigo....tá louco!......kkkkkkkkkkkkk

Peruca é uma coisa bizarra mesmo! Impossível alguém achar isso bonito; só quem usa!
Peruca e mega hair. Quer coisa mais horrível do que mulher com mega hair?????? affffffffff

Olha, perdi uma amiga, grande amiga, há pouco mais de um mes e fui com ela aqui em Sampa numa mulher que é especialista na confecção de perucas. Lá ela cortou o cabelo e depois de uma semana voltamos para ela raspar e colocar a peruca...o cabelo já estava caíndo muito. Era inevitável.

Ana Maria Braga, Hebe Camargo entre outras aparecerem na telinha carecas ou falarem que usam peruca pq estão em tratamento quimioterápico é "lindo". A "Maria Ninguém" não tem telinha para aparecer e tem que ir no supermercado, no trabalho, andar pelo condomínio que mora....enfrentar os olhares que eu te garanto: são bem estranhos e apesar de todos nós sabermos que é uma fase normal que o câncer impõe, as pessoas em sua grande maioria são cruéis. O conceito de beleza que temos é uma merda, né?


Xiiiiiiiiiiiii............ando séria demais. Reflexiva demais....

rsrsrs

Beijo pra vc e vai guardando os cabelos que cairem, depois vc implanta....rsrsrsrs

Renato Orlandi disse...

AHsuhauhua, aiaiai eu me divirto contigo, esse negócio de peruca é bem comum nos EUA, que pena que aqui é tratado dessa forma, apesar de que concordo que as pessoas não sabem usar. Eu também tenho o mais comum gene da calvice, mas não usaria por esse motivo. Na verdade quando era pequeno eu tinha uma, ela era loira, chanelzinha sabe, com franja, horrorosa, mas dava p usar em festas ahsuahusahsua, é verdade, depois na faculdade usei outra num teatro, estilo beyonce, adorei, enfim... Tive um professor que usava também, não a do estilo beyonce, era normal a dele, mas era muito nítido, não enganava ninguem... aff rs Abraçuuu!

Luna Sanchez disse...

Lubélia não sofria nas sessões de depilação, e isso é ótimo! Dói bastante, é alto o preço para ficar com a pele lisinha.

Interessante o noivo não ter reparado na ausência de cílios e sobrancelhas, né?

Já, a tia Isildinha deveria assustar mais seus amantes ao tirar o sutiã de bojo do que a peruca...ehehehehe

Beijo, Rafa. Boa semana pra ti, também.

ℓυηα

Andrea Pagano disse...

Rafa, bom dia!

Então vc tem a mesma idade que a minha, deve lembrar de um cara aqui de Campinas, um doidão que andava por ai...Dizem que ele é médico, não sei, um cara que usa umas calças xadrez, uma pasta preta enorme e usa uma peruca acaju horrenda??? Tipo do bozzo? Lisa escorrida em cima e armada embaixo??? Vc sabe de quem estou falando??? kkkkkkkkkkkk

Lembrei deste cara na hora quando fui lendo seu post... O Marcos também deve lembrar quem é a figura!

Acho horrivel usar peruca e assim como vc, não sei se a pessoa pensa que o outro não está percebendo ou percebe que é notado, mas prefere fingir para ficar por isso mesmo...

A comparação do gay é a mesma, dá uma vontade em pedir para a pessoa assumir, mesmo àqueles safados que vc sabe que faz sacanagem com as pessoas e tem um vontade de arrancar-lhes a máscara e mostrar à todos como são de fato...rsrsr
Não sei porque a gente tem essas coisas...rsrsrs

Muito engraçado seu post, adorei as histórias!!

Bjs e ótima semana para vcs!

Lobo Cinzento disse...

Ai, não... podia ter morrido sem ter visualizado tantos detalhes sórdidos da tia Isildinha! Hahaha

Eu tb tenho essa idéia da zero. Acho muito feio aquelas pessoas que deixam crescer o cabelo do bozo: sem nada em cima, e gigante pros lados.

Bom senso na hora de escolher a peruca não mata ninguém... mas vamos lembrar que perucas boas são carérrimas XD.

Abração Rafa!

D. Martins disse...

Rafael..huahauahhu To raxando de rir, pq eu acho muito feio cara, muito, muito, muito feio.

Eu já acho feio, esses tiozão que não aceita a idade e fica pintando o cabelo, ae vc ê a cor da sombracelha do camarada de uma cor e o resto da cabeça de outra, É FODA.kkkkkkkkkkkk

Meu, eu já avisei a todos os meus chegados, se eu começar a ficar careca, o que eu acredito que não, pq a genetica foi camarada comigo e meu pai tem muito cabelo, eu vou passar a maquina e já era, vou ser careca maquina 1 e boa! ZERO NÃO! Porra, ae fica mais feio do que o normal! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Enfim, acho que a gente tá nesse mundo pra se aceitar realmente como é, veja só: eu com 26 anos, estou com muuuuuuuitos cabelos brancos, mas vou fazer o que? Cortar os pulsos? Pintar? O negocio é aceitar. Não viemos pra ficar pra semente poxa..rsrsrs

Abração e vc ficou muito bem loiro, acho que deveria investir!

Andrea Pagano disse...

Mentira que é vc na foto????????
Not creiuuuuuuuu!!!!
Só percebi por conta do Dom ter comentado....Vc poderia passar por mim e nada!
Péssima eu ou vc ótimo com disfarces...
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Edilson disse...

Ter pouco cabelo é péssimo mesmo,sofro do mesmo mal...mas peruca é péssimooooooo..hahahaha..prontofalei.
Linda semana...abraços.