SOU UM PARA RAIOS DE GENTE ESTRANHA

Ultimamente tenho me sentido um aurímetro (aqueles medidores de aura das pessoas) incrível como gente com más vibrações me atingem.

Pode até parecer ridículo, mas eu tampo o umbigo quando vou a um lugar que sei terão pessoas mal encaradas ou de mal com avida. Aquela energia horrível que emana do mau humor, da inveja.

Os sintomas são: bocejos em demasia, uma leve taquicardia, pigarro, e descontração. Como sei disso? Convivo com pessoas assim todo dia. Mas aprendi com uma aquariana mística a resolver isso. Quando encontro alguém que sei estar carregada, repito mentalmente: volte pra você àquilo que está me mandando. Rs rs rs.

Esse papo “místico” tem me interessado nos últimos tempos por que aprendi que as pessoas mandam pra você tanta coisa ruim em pensamentos ou vibrações que é necessário aprender a se livrar. Incrível como um bom banho de sal grosso no fim de um dia estressante te faz bem. Pisar na grama molhada de manhã, andar descalço na areia da praia, ou entrar no mar. Tudo fontes naturais de energia.

Mas não sou o tipo de pessoa que acredita em feng shui. Não posiciono a casa de acordo com energias, mas acredito que um espelho na entrada impede que coisas ruins entrem. Acredito que rezar perto de gente sem fé ajuda a não te contagiarem. Acredito em benzedeira. Tenho agua benta em casa. Durmo com um escapulário sob o travesseiro. Rezo antes de dormir.

Não assisto filme de terror, principalmente os que têm como tema o diabo...rs rs rs...Sou cagão, morro de medo disso. Não gosto de parques com brinquedos que deem medo. Não subo numa montanha russa, não vou a nenhum desses aparelhos que sacolejam, te jogam pra cima e pra baixo, te batem como um liquidificador. Pergunto, para que sentir medo? Qual a finalidade disso? Adrenalina? Será que as pessoas sabem que isso também mata?

Enfim, sou um pacato cidadão (como diz o Skank). Não vim ao mundo pra passar medo. Se existiu outra encarnação devo ter sido vitima de tudo o que foi coisa ruim...rs.

Quer ser meu amigo? Nunca faça pegadinha comigo, nunca me assuste, por que sou do tipo que se tem uma arma na mão atira ou da um murro. Essas brincadeiras não funcionam com minha pessoa.

No mais, quer rir comigo, é só buscar a coisa mais idiota que possa existir, aquela besteira mais idiota do mundo, eu vou rir de chorar. E prefiro continuar assim.

Uma boa sexta feira a todos. Um ótimo fim de semana.

7 comentários:

Edu disse...

Também tenho um reflexo meio ninja: se brincar "de mão" vai tomar porrada antes de eu perceber que era brincadeira, rsrs... Mas sacolejada no Playcenter eu gosto (ou gostava... tantos anos...)! E acreditar em energias protetoras não faz mal nenhum - muito pelo contrário!

Bom fds, seu lindo!

Paulo Braccini disse...

Não sou um cara de superstições e medos ... meu único medo é do homem mesmo ... este sim é capaz de coisas terríveis ... tenho minha fé e a conduzo ao meu modo segundo meus valores e crenças, independente de qualquer crença religiosa e ou filosófica estabelecida ... agora, detesto gente de baixo astral e besta ... nisto estou contigo e não abro ...

bjão querido

bom fds ...

CIELLO disse...

hummmm eu tb me sinto meio para-raio de gente doida... especialmente "casos" e enroscos... Gostei da tática anti negatividade... e putz... .eu não gosto da sensaçao da areia nos pes depois de sair da praia.. mas enquanto lah.. .caminhando... ao nascer ou ao por do sol... eh fantástico!!!

bjo e bom final de semana...

Dama de Cinzas disse...

Também detesto brinquedos radicais de parques de diversão. Lembro uma vez que fui num que tinha todos dos piores possíveis, e a galera quase me obrigou a ir em todos. Nunca mais voltei, exatamente para não ter que ir.

Sou do tipo que entra na montanha russa e fecha os olhos e fica congelada de medo.

Uma das minhas piores fobias é altura. Meus pesadelos geralmente são em cima disso.

Olha, demorei a comentar seus posts porque seu blog não estava sendo atualizado no meu Google Reader, mas agora descobri o erro.

Beijocas

Três Egos disse...

Fiquei com medo de vc, a montanha russa agora virou fichinha. Nota mental: nunca assustar o Rafael! rsrs.

Sabe que não acredito em superstições, mas por via das dúvidas eu faço algumas, como deixar a porta do banheiro fechada, repetir algumas frases antes de sair de casa quando saio de madrugada, acender incenso, enfim... E quanto ao medo, eu até assisto filmes de terror, mas não suporto dormir totalmente no escuro. Disso eu tenho medo, parece sempre que alguém vai sair debaixo da minha cama e me dar muitas facadas... rsrsrs...

Abraço!!

ana. disse...

Não acredito em lhufas dessas coisas, mas um fato é inegável: existem pessoas de todo tipo que estão esperando o momento oportuno de nos atingirem e nos fazer cair com todo tipo de mal que há nelas.

E a meu ver só há UM que pode nos livrar disso.

Abs.

Marcia disse...

Saudades de você pessoa!!! Quando vem em SP para fofocarmos um monte?

Olha, vc sabe que eu sou católica, e devota de Nossa Senhora, então em situações de stress ou de pré-stress, eu sempre mentalizo Maria, e verbalizo ou penso forte: "Maria vai na frente" e reze uma Ave Maria. É tiro e queda, outro que é fera? São Jorge, o Guerreiro, Salve Jorge! Ande vestido com as armas e as roupas de Jorge para que seus inimigos tenham pés e não te alcancem, tenham mãos e não te toquem, olhos e não te vejam, e nem em pensamentos possam te fazer mal!

Grande beijo e ótima semana!

Ma