A DIFICIL TAREFA DE SER FILHO

Cleide ( nome fantasia para Mãe):

- Preciso fazer meus óculos imediatamente, não enxergo nada , estou com tonturas horríveis pela falta deles. Se ninguém me levar, vou de ônibus, de taxi, peço pra algum vizinho.

Obs.: “Em Campinas não é um habito comum andarmos de taxi. Além de ser caro – paga-se em média R$ 60,00 pelo que equivale a dar uma volta no Parque Ibirapuera em SP, os motoristas são grosseiros, correm, e disputam espaço com ônibus e vans. Maiores causadores de atropelamentos e batidas de terceiros na cidade”.

- Tá mãe, vou agendar um dia e levo. Por que a fulana (irmã) ou fulano (irmão) não levam?

- Por que estão ocupados oras, e já faz um mês que to implorando para alguém me levar. ( o tom dramático é algo herdado de mãe, que passou para filho...rs)

* ahhh...eles são ocupados? E eu não? Só brinco de trabalhar...entendi.

- Ok, verei se na sexta feira a tarde te levo. Por que não vai na otica aí perto? Tem shopping do lado da sua casa.

- Por que eu quero ir na otica "Vende-se os olhos em troca de oculos", pois me deram um bônus de R$ 150,00. Se você não for eu dou um jeito. Vou a pé, mas não passo mais um dia sem oculos novos!!!

Sexta feira à tarde: Escolhido o modelo dos óculos, lentes e armações caríssimas, foi dado o prazo de 1 semana para entrega e eu iria busca-lo, já que ninguém se dispôs a faze-lo.

No dia marcado fui buscar os óculos, e recebo a noticia da vendedora:

- Ah, sua irmã veio ontem e já levou pra sua mãe.

Ok ok ok ok ok ok....não tem um miserável pra avisar que não precisava ir ao centro da cidade, parar o carro no estacionamento por que nessa fdp de cidade não se pode parar na rua, por que alguém havia buscado antes.

Semana seguinte:

Cleide:

- Não aguento esses óculos, eles me apertam a cabeça, estou tendo tonturas horríveis, ele aperta meu crânio, não consigo ficar com eles, isso não é vida!!!

- uhhhrhrhr(segurando a boca pra não xingar)...leva em algum lugar e pede pra arrumar (estavam na casa do irmão em Indaiatuba).

- Perguntarei ao seu  irmão se ele "pode" me levar ao shopping, por que não conseguirei passar o dia. Me deu uma dor de cabeça terrível. Não posso viver com um tormento desses.

Dia seguinte:

Eu:

- Mãe, levou o maldito óculos pra consertar? Deu certo?

- Ah sim, fui ao shopping com seu irmão numa ótica e o rapaz abriu um pouco. Pude ficar com eles no fim de semana. Um alivio.

- Menos mal.

- É, mas agora não posso nem baixar o rosto que ele cai no chão.

- Então para de querer catar milho que o óculos não cai, cacilda!!!!

Na mente me vi arrancando o bendito óculos dela, jogando no chão e pisoteando até estraçalha-lo. Mas como sou de paz, dei tchau e desliguei o telefone apenas.

Conclusão: não é só difícil agradar esposa, namorada...mãe é a pior de todas...


Abraço a todos e otimo fim de semana.

7 comentários:

CIELLO disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk.... tão presente no dia-a-dia! ainda bem que a minha mantenho a 450km da minha casa em sampa! rs.. mas... cah estou eu no interiorzaum na casa dela... e toda vez q chamo pra me ajudar (recente cirurgia e de repouso) eu ouço o fatídico: "espera um pouquinho"!!! Se sou eu a falar isso! rs....

enfim... mãe é mãe, paca é paca! só muda o endereço!

bom finde!

Autor disse...

rs... Sua mãe tem de conhecer a MINHA.
Se bem que, para o bem de nós dois, acho isso não muito aconselhável. Imagine elas trocando idéias de como infernizar a vida dos filhos?
hahahahah

Afinal, mãe acaba sendo tudo igual!
www.confissoesaesmo.com

Sem Prefácio disse...

Eu, como mãe me senti arrazada.

Lobo disse...

Tentar agradar mãe é impossível. Elas nunca ficam satisfeitas. Pelo menos a minha nunca fica o.o

Marcos disse...

Essa história ja me rendeu muitas risadas.... só cleide mesmo.

Agora ser filho não é facil, agora para alguns filhos (seu caso) é mais dificil ainda.

Abçs

o Humberto disse...

Hehehehehe.... ai Rafael, meu amigo, se tem um que te entende sou eu. Mas eu sei BEM o que é isso. E eu tento, eu sempre me prometo não perder a paciência mas tem hora que é difícil demais.

Ter mae na casa do 70 e pai na dos 80, vc pode imaginar. Qse apanhei do meu pai semana passada pq falei pra ele trocar a Belina 89 de estimação dele por um carro de verdade, rs.

Mas a gente se diverte. :)

Jack disse...

kkk muito bom verdade dificil mesmo, fico sempre na mão da minha mãe mas ainda mudo, até mais.