Fazendo minha parte 2 :


Há 16 anos os correios em todo o país arrecada cartas endereçadas a Papai Noel.

São pedidos feitos por crianças carentes. Não orfãs e sim com sérios problemas financeiros. Os pedidos variam de video games a panetones.

Quem embuido de um espirito natalino quiser fazer uma criança feliz, é só ir a uma agencia de correios, selecionar uma ou mais cartas, comprar o presente solicitado e entregar de volta nos correios. Eles se incombem de fazer a entrega. Caso queira fazer pessoalmente, é só levar no endereço da carta.

Vale a pena ser solidario. É bom lembrar que natal não é apenas uma data pra se ganhar presente.

Hoje eu to sério...nem eu to me aguentando...rs

10 comentários:

Gustavo disse...

Caraca que da hora isso!
Vou ver se consigo alguma.
E o mais engraçado é hoje de manhã eu estava lembrando de uma vez em que fiz um trabalho voluntario quando eu era mais pirralho, onde os mais velhos vestiam-se de papai noel e destribuiam presentes em bairros carentes e tals. Me diverti muito, mesmo tendo que acordar as 5:00am, mas ver o sorriso de crianças que tinham a mesma idade que eu na época, foi uma experiencia muito legal.

Me lembrei assim do nada e hoje posso perceber o quanto faz a diferença e abri um largo sorriso dentro do metrô.
E agora sabendo dessa das cartas me deu uma vontade loka de poder ver sorrisos iguais aos que vi naquele dia, não para ouvir um obrigado, ou por sentir-se com a missão cumprida, mas pelo fato de poder estar ali dando algo mesmo que "material" mas com um significado que pode ser imenso!

Google já, para encontrar mais inf. sobre essas cartas!

Bju Bju Rafa/Jamal

Gustavo disse...

Hummm uma versão personificada de mim mesmo?
Depois me manda um follow rsrs

Brigadão por passar pelo meu blog!
Estarei por aqui sempre que possivel ainda mais que agora vc esta Linkado rsrs e todos links do meu blog é mais um atalho para os blogs/sites que entro todo dia, tirando o Madonline que aqui no trabalho não abre.

Bju

Jarbas disse...

bonito isso...
não sabia que os correios do brasil faziam isso.

legal mesmo.

Ricardo disse...

Eu assisti isso no Bom Dia Brasil hoje, enquanto me arrumava pra vir trabalhar.

Acho uma coisa muito válida.

Abração.

FOXX disse...

é
realmente eh algo a se pensar a fazer...


obrigado por passar no blog
passe sempre...

Marcos disse...

Ano passado eu vi essa reportagem achei legal,mas também... não ajudei.... quem sabe esse ano..... porque fazer isso é tb poder realizar um pouco para quem as vezes não tem nada... Afinal, quem nunca passou um Natal, quando criança na expectativa de algo que não veio.....

Goiano disse...

Opa cara eu adoro o natal
... so fique com medo hj pq recebi um cartao do renato aragao ... da onu-unicef... fiqeui com medo de ser antrax ou eles estarem pedindo algo... por via das duvidas paara nao morrer intoxicado ou morrer no bolso com uma contribuicao ... nem abri o envelope, o trapalhao se deu mal hahha

cara � bom receber sua visita , pq vc � um �timo redator
abra�os
gostei de ti

Anderson Kbção disse...

menino!
sabe que nós aqui de casa fazemos isso ha 5 anos?
e sabe de quem partiu a iniciativa?
do meu irmão (adotado), que tem a minha idade e mora conosco ha 12 anos.. ele, por ter passado por orfanato desde pequeno, sempre ganhava algo no natal...
e o mais incrivel é que minha mae o adotou porque nós eramos super amigos no colegio, e numa reunião de pais ela descobriu que ele é(ra) orfão...
eu era filho unico :) esse foi e sempre sera o melhor acontecimento de minha vida! meu irmão!
bjao

GreG JuNiOR disse...

Ola Jamal,
Sempre vejo comentários seus no blog do Leandro gaegae e dai resolvi da uma passada por aqui. Gostei mto!

Esse lance da cartinha do Papai Noel eh mto maneiro. Desde 2002 que eu sempre vou na agencia central aqui dos Correios em Brasilia e escolho uma carta. E um cara que trabalha la e me contou que as crianças, como são sempre muito pobres, ficam absurdamente emocionadas .Nao so a criança, mas a familia toda.

Um otimo final de semana pra vc!
Beijao!

Guilherme.Silva disse...

Uma vez, fiz uma matéria sobre isso. Muito bacana!

E é sempre ajudar os outros. Poderíamos ser bem mais solidários.
Post bacana.