Vida de Cachorro.

Filomena Cristina Andrino...

Fez 5 aninhos ontem dia 4 de fevereiro, junto comigo.

Não sou de muitos afagos com animais, mas Filó é a personificação de um ser de luz. Assim como existem pessoas que entram na vida da gente com um propósito, acredito que animais também cumprem esse papel, principalmente para quem os cria.

Quem não conhece a história de Filó saibam que ela foi um cachorro abandonado. Numa tarde de sábado de 2003, os pais dela foram a uma feira de adoção ( UPA - União Protetora dos Animais) no Carrefour daqui de Campinas e eu estava junto. Era uma tarde cinzenta, com nuvens de chuva carregadas. Filó estava numa gaiola subjulgada a outros cães maiores, nas mesmas condições, apenas separada para que não a machucassem. Ao ser colocada pra fora, ela não erguia a cabeça, não parava de pé. Humilde. Se não fosse adotada naquele dia, seria sacrificada na manhã seguinte. Apaixonaram-se por ela naquele instante.

Filó trás muita alegria a quem convive com ela. Olhar expressivo, carinhos sinceros. Ela recebe as pessoas quando entram em sua casa. Faz festa, dá a pata para um carinho.

Personalidade independente. Não gosta que a segurem no colo, não se deixa prender. Ao mesmo tempo carente, meiga, delicada. Uma aquariana certamente. A data de seu nascimento ninguém sabe. Mas a partir de sua adoção foi estipulado pelos pais que Filó faria aniversário junto comigo.

Pra você, Filózinha linda, faço esse post em sua homenagem e a seguir um poema que li há um tempo e que retrata nós dois, por que queiram ou não, somos parecidos.

Um Cachorro
Ao andar pela pequena avenida
Dia nublado de céu acinzentado.
Leve garoa lavando minhas meias
Perambulando em cima da faixa amarela
Carros rápidos vinham e iam
Um cachorro pos a me acompanhar
Magrelo, cabisbaixo, andar lento...Vi-me.

A você, todo meu carinho, querida Filomena Cristina.


Aos que um dia pensaram em ter um cão, façam como os pais da Filó, procurem cães abandonados. Cachorros de raça, são lindos, garbosos, mas os que são abandonados, lhes darão um amor, uma gratidão que são perceptíveis a qualquer contato.

6 comentários:

Marcos disse...

Rafa, linda homenagem a filó...e vc sabe que ela merece porque certamente é um mais do que só um cão... ela interage com as pessoas...e tem amigos... podem conferir no orkut dela filomena.cristina - Obrigado e certamente ela tem uma luz própria..... abçs Má

Alberto Pereira Jr. disse...

parabéns para a cachorra!

Gustavo disse...

Doooooooooooorei Filomena Cristina!!!

Isso fez-me lembrar de uma cachorra que participou de todas as manhãs de meu carnaval.
Uma Poodle da casa da frente da que eu estava e como era condominio ficava tudo aberto e meu ela adorou todo mundo que estava na casa em que fiquei, ela trazia alegria para todo mundo hehehehe e o melhor?
As 10:00 am todo dia ela ja estava na porta esperando um de nós acordar para abrir a porta para ela hehehe

E Filó!!!
Um feliz aniversario para ela tbm!
Muita saude para ela e que ela aproveite muito ao lado de tu Rafa.
Mtas alegrias para vcs dois, afinal um animal que possui tanta luz acompanhará sempre alguém que tbm possui uma luz imensa.

Bjaumzaum

deco disse...

Chego ao seu blog tardiamente. Digo isso pq apesar de linkado pelo Tony,isto é, com garantia de qualidade,só agora entro nele. E ver que vc é cachorreiero me deixou mais feliz ainda. Tenho junto com meu namorado, dois cachorros,que foram abandonados. Um na USP , com cinomose,que sobreviveu com poucas sequelas.Ver post no carioca virtual,PATRICK PETRONIO, e outro que chegou recentemente, "resgatado" ao custo de 320 reais,a um morador de rua ,que ficou com ele por uns seis meses depois de abandonado e enxotado por sua dona, aqui na Vila Buarque-SP-capital.Vivem muito felizes conosco.Têm vida de príncipes e estão muito bem, sendo ótimos companheirinhos um do outro. O recém chegado é quase todo negro. E ambos são mestiços e peludos. E barbudinhos como os pais.Uma amiga do Tony,tb cachorreira,a Karina tem um blog de adoção, http://3amiguinhos.nafoto.net/ , e lá tem uma cadelinha,que hoje tem uma protetora, mas que precisa de uma nova casa. A dona é mais gateira e ganha pouco(aposentada). A convivência não está facil. Ajudo no que posso e vou custaer a vacinação anual. Tem uma história triste de abandono e atropelamento.Enfim ,se puder dê uma olhada lá e se conhecer alguem que queira uma linda menina,por favor me avise. O nome dela é SAMY. Uma outra, a Princesa,já foi adotada. Ficou comigo por alguns dias.Grande abraço.E parabéns a vc e a Filó. ass. deco

introspective disse...

Fiquei absolutamente comovido com sua homenagem à Filó! Que lindo! Ela teve sorte por ter sido adotada por um dono tão sensível como vc. Faça um cafuné nela por mim!

deco disse...

Samy,relatada acima, foi adotada por um casal de Campinas.Foi indicação sua? De qq maneira obrigado por incluir meu comentário. Espero voltar ao seu blog muitas vezes