QUEM AÍ O CURTE UMA QUERMESSE?


Sou uma pessoa de hábitos simples, não gosto de sofisticação demais, isso impede a gente de viver. Aquela coisa formal demais é chata, e deixo pra quem gosta de se exibir. Prefiro tudo que é popular (menos carro) , se bem que já tive os meus.

Mas não quero falar desse assunto “carro” ( por que abomino) e sim de quanto é gostoso estar no meio do povo numa festança como as do mês de junho. Não curto shows e aquele espreme-espreme e pessoas gritando para alguém que sacoleja num palco distante. Prefiro a informalidade de uma festa de rua, e acho insuportáveis as de clubes metidos a besta.

Aqui em Campinas temos alguns desses que servem a elite da cidade. Fazem festas onde são cobrados R$ 100,00 a entrada, e não dão direito a um quentão sequer. Paga-se  isso tudo e ainda gasta-se os tubos para comer algo. Sinceramente, não acho que vale a pena. O povo que frequenta esses lugares são daquele tipo com cabelos lambidos de gel, roupas caríssimas, carros do ano ( tudo financiado) igualzinho agente, mas que se julgam superiores. Não dá!

Mas em contrapartida fui a duas outras festinhas no fim de semana. A primeira infantil ( festa de escola) e fiquei impressionado com a variedade de salas de aula que existem hoje. Chamavam pra dançar, o mini infantil, o infantil master, o infantil sênior...rs rs rs...e por aí a fora.

Mas o que mais me deixa feliz nessas festas são os comes típicos. Não troco nada por um cachorro quente de festa junina. Milho, lanche de pernil e aqueles bolos feitos pela velharada recheados com muito muito brigadeiro...rs. O ambiente me alegra.

Ontem domingo fui a uma perto da casa dos meus pais, mais simples, mas me diverti o dobro. Comi melhor, e no final sentei com a 3º idade pra jogar bingo. Confesso publicamente que tenho uma mãe bingueira. Uma viciada nesse jogo...rs. Ela não pode marcar a primeira pedra e estava a 364 dias, 4 horas e 20 minutos  sem usar as canetas e imãs de segurar cartela. O povo faz aquela firula para sortear os prêmios que iam de panos de louça bordados pelas tiazinhas a eletrodomésticos de uso frequente. Era um bando de cabecinhas brancas. Mas aos pouco encheu com pessoas da minha idade.

Ganhei...rs. Fui premiado com um belíssimo liquidificador...

Fim de semana próximo tem mais...festa de igreja, na rua, e muita diversão. Só podiam maneirar no som. Na terceira ou quarta festa não da mais pra aguantar aquela sanfona chata de musicas juninas.

Abração e ótima semana a todos, regado com muito quentão e doce de abobora...rs

6 comentários:

Margot disse...

Me achei ai na sua quermese.... as "tiazinhas que bordam pano de prato"...rsrrsr.
Mas, Rafa... essas festas populares são mesmo melhores. Só o fato de que vc não tem de "se produzir" para uma delas... já compensa.
abraços

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Quermesses e festas juninas são coisas q definitivamente Bratz adora ... este ano já fui a duas tb e ainda tenho 3 programadas para ir ... qdo tem quadrilha de improviso e liberam geral para quer arriscar lá vou eu todo serelepe ... amo de paixão ... e as quitandas? OMG ... caldos, canjica, quentão, doces [pé-de-moleque, cocada, arroz doce, doce de batata doce] ... me acabo em tudo isto ...

Estou aqui a lembrar nossa primeira festa junina no jardim de infância ... calças remendadas, camisa xadrez, chapéu de palha e o bigode feito com rolha de cortiça queimada ... #kidelícia ...

Cesinha disse...

Que coisa mais fofa, o menino passeando pelas quermesses! (kkkkk). Maldade comigo, viu... ficar falando dessas guloseimas para um pobre expatriado feito eu! Fico só no desejo... isso mata, sabia?

Beijos.

Fred disse...

Eu tb detesto muita sofisticação e muito fru-fru. Quermesse é super IN... ainda mais aqui nos confins do pago gaúcho... hehehe! E esse tua aí devia estar TOP... na próxima me convida! Hehehe! Hugz, man!

Albuq disse...

Como sou Nordestina e Paraibana adoro o som da sanfona, mas compreendo que tudo demais abusa, é fato. Também me acabo com a comida típica, principalmente a tal da pamonha, aquilo é dos deuses!

Fred disse...

Bahhhhh... taí... Saramandaia (não que seja do meu tempo... cof, cof) é uma boa pedida! Hugz, queridão! Bom ter vc no TPM, guri!