VALE TUDO - 1988

Participo hoje de uma idéia que vi no blog da Milene, e cumpro com minha participação na proposta feita por ela: cena preferida de novela (vale foto, imagem, vídeo) e mais um pequeno texto dizendo porque essa cena marcou tanto a sua vida.

Na verdade é um gancho para que eu fale de um dos maiores sucessos da nossa TV. Uma novela daquelas que não existem mais. A fotografia, as atuações, o estilo de direção ( Denis Carvalhoe Ricardo Waddington), o texto com estilo marcante de Gilberto Braga ( e co-autoria de Aguinaldo Silva e Leonor Bassères) . Uma época em que se escrevia novela para o publico e não para a imprensa e o ibope.

“Vale Tudo” é um dos ícone da teledramaturgia nacional, foi ao ar de 16 de maio de 1988 a 6 de janeiro de 1989.

O texto impecável de Gilberto contava a história de Maria de Fátima (Gloria Pires) filha de Raquel Acioli ( Regina Duarte), que deflagra uma verdadeira guerra após vender a casa onde a mãe vivia, e fugir para o Rio de Janeiro deixando-a sem teto.

Odete Roitman imortalizada por Beatriz Segall, é dos melhores personagens ja criados para uma teledramaturgia no país. Heleninha Roitman numa atuação de Renata Sorrah digna de Oscar fazem parte de um elenco brilhante, com uma história que 22 anos depois continua atual.

Só quem viveu a década de 80 pode saber o que significou a critica tão bem elaborada por Gilberto Braga. O capitulo final que revela quem foi o assassino de Odete, marcou quase 100% de ibope, ou seja, o pais inteiro estava ligado na Globo, coisa inimaginável nos dias de hoje.

Separei momentos particularmente brilhantes da novela, com grandes atuações e também a abertura cantada por Gal Costa com musica e letra de Cazuza. Saudade!





Abraço

(http://ideiasdemilene.blogspot.com/)

17 comentários:

digitaqueeuteleio disse...

Realmente, nesta novela temos um marco na tv, que tanto mexeu com a curiosidade do "Quem matou Odete Roitman?", e numa época que ainda se tinha surpresas em novelas. Ainda acho muito difícil selecionar uma cena só, são tantas emoções, né? rsss

Vou postar amanhã.
Abraço.

Serginho Tavares disse...

adorei essa novela e até hoje ela é um marco não apenas na televisão mas em toda a cultura

Andrea Pagano disse...

Ahhhhh
Amo novelas ...até as chatas atuais eu assisto ...rsrsrs
Essa cena que vc selecionou é um show!!!
Bjs

Robson Schneider disse...

Eu sou um noveleiro assumido! Odete Roitman ... Ela só não desbanca minha vilã preferida que é a Nasaré Tedesco hehehehee salve Renata Sorrah!
Abração Rafa!

pauloveras disse...

Muito bom reviver através de seu blog, um pouco dessa obra prima de nossa história. Eu acredito que hoje não se fazem mais clássicos como Vale Tudo, Roque Santeiro, Que rei sou eu?, Selva de Pedra... etc...

Abraços e bom final de semana.

Luiza disse...

Não posso comentar porque nao era nascida nessa época !

AHAHAHAHAHA

David ®... disse...

é mto melhor rever algo com a qualidade de Vale Tudo do q assistir Tempos Modernos ou, as vezes, até mesmo LOST.

Em VT até os coadjuvantes eram muito bons. Lilian Cabral em início de carreira já brilhava. Regina, Glória, Lídia, Renata, Natália..enfim..todas maravilhosas.

bjos

Dama de Cinzas disse...

Essa novela foi tudo de bom! Gostei da personagem Heleninha, deve ser porque adoro beber... ehehe... E gostava da Maria de Fátima, porque adoro vilãs e amo a Glorinha!

Beijocas

Dama de Cinzas disse...

Minha novela preferida é Mulheres de Areia... Minha personagem preferida é Raquel, e adorava quando ela torturava a Ruth... Eu tenho até essa novela em DVDs...

Beijocas

Ali disse...

Vale Tudo foi excelente, como eu tinha 14 anos, morava no interior, traguei a novela do início ao fim, me lembro de como era chocante para a época, era algo nunca visto.

A filha enganando a mãe, as discussões sobre ética, a crise econômica e de valores, enfim, uma realidade brasileira nua e crua, não como o que a Globo passa hoje, essa coisa pastel e insípida, bom mocismo de direitas.

Mas o que mais me marcou foi o casal lésbico, primeira vez que vi uma mensagem positiva sobre gays na minha vida.

Georgia disse...

Essa novela foi show.

Marcos disse...

Olha, muito bom esse seu post, eu gosto de novelas, claro que nem tanto como você... acho que seus livros de teledramaturgia devem estar com as paginas gastas...rs..r.s

Adorava Odete Roitman, pois eu achava muito piegas vender lanches na praia e ficar rica.. hellou!!!

A Maria de Fátima era psicopata, hoje conseguimos compreender isso.

Heleninha... depois vira uma vilâ quase a ponto de desbancar Odeti Roitmann...

Abçs e deixa eu ir ver a novela viver a vida...rrs...rs...rs

jamesp. disse...

Uma das minhas favoritas:perfeita como novela,como reflexão e entretenimento.Parabéns pela participação.
Um abraço.

Mylla Galvão disse...

Olha,
Essa novela foi boa mesmo! Obrigado pela tua participação!
A partir de segunda (03/05) vou escolher as cenas para votação!!!

bjo

Luciano A.Santos disse...

"Quem matou Odete Roitman?" foi uma das perguntas mais marcantes da história da teledramaturgia no país, e, se dúviva, Odete é um dos maiores personagens de todos os tempos. Vale Tudo é mais uma grande obra de Gilberto Braga.

Parabéns pelo post, grande abraço.

Vanessa disse...

Vale tudo é uma novela muito importante, destoa de outras tantas por ter feito a diferença em termos de debate da nossa identidade.Aliás, modestamente, considero Gilberto Braga o melhor autor de novelas atualmente. Bela escolha.

Um abraço!

Robson Schneider disse...

Putz fui votar em vc e vi que screvi errado hahaha Nazarè é com Z oras! hehehe