O AMIGO SINCERO

Sempre falei, isso deve estar registrado em posts antigos, que o melhor espelho para nós são os amigos. Se você é legal, os amigos ficam se vc é insuportável, eles fogem. Parente não conta, por que é obrigação de sangue te aturar.
Mas estive pensando, quantos amigos temos com intimidade para falar certas coisas pra você, como por exemplo, numa festa chegar e avisar que naquele seu sorrisão espontâneo tem uma salsinha querendo ser estrela, grudada bem no dente da frente?
Esses micos sociais são horríveis, e só os amigos salvam, os verdadeiros amigos. Se você já foi salvo de situações como essas abaixo, realmente você tem amigo. Eu até queria dizer algumas coisas do tipo, mas as vezes fico com receio de ser mal interpretado.
O que segue são cenas hipotéticas, algumas que já vivi ou presenciei, outras apenas questionamentos:
- Alguém já te avisou que seu hálito estava vencido? (antes de você chegar naquela paquera, ou coisa similar);
- Já pediu pra você se afastar um pouco enquanto fala, por que cospe nas pessoas?
- Já pediu para não tirar o sapato na sala, naquela sessão de cinema por tem chulé?
- Disse na sua cara que você tá gordo, e não deveria comer aquele bolo delicioso com 5 camadas de creme, chantilly e doce de leite?
- Já falaram que seu namorado(a) é muito chato(a) e é por isso que não te convidam mais pra nada?
- Que seu namorado(a) te chifra, e você é o único que não sabe.
- Te tirou de cena quando percebeu que você estava bêbado, e para preservar sua dignidade, levou você embora antes que vomitasse na paquera, ou ficasse pelado na frente de todo mundo?
- Guardou um segredo seu a sete chaves?
- Foi sincero dizendo que a sua torta de morango estava um lixo, e foi por isso que ninguém da festa de amigo secreto comeu dela?
- Alguém te pediu emprestada aquela camisa estampada que você adora, mas que é cafona, e nunca mais devolveu, te salvando de ser considerado o brega da turma?
- Já disseram que amizade não é casamento, e unidos até que a morte os separe, não inclui ter que agüentar os peidos que ele solta, nem os arrotos?
- Que você não é tão gostoso do jeito que acha, nem deve ser tão bom de cama como diz pra todo mundo. Que deveria segurar um pouco, por que o povo já ta comentando que você se acha o ultimo pedaço de goiabada?
- Que seu cabelo é feio?
- Que sua Irmã (o) é gostosa(o), e que você só não pega pela amizade sincera que tem contigo.
- E por fim, que seu cachorro é insuportável, e por mais que goste de animais a vontade que tem é de dar um choque elétrico no bichinho pra ver se ele desgruda da sua perna, que não é uma cachorrinha, por isso ele podia parar de tentar transar com ela...
Se depois dessa sinceridade toda a pessoa disser que você é um linguarudo, manda pastar, por que ele não sabe ser seu amigo. Alias, o melhor amigo é sempre o super sincero...rs.

10 comentários:

Serginho Tavares disse...

um amigo meu já me tirou de cena quando percebeu que estava bêbado!

Arsênico disse...

Eu adoro ser super sincero... e pelo que estou vendo.... uma amizade de 3 anos está chegando ao fim porque a outra pessoa não sabe ver como críticas construtivas... e já não to mais com saco de passar a mão na cabeça dela... afinal ele está sempre errada!

É... foda-se os que não sabem ser amigos!!!

***

:D

David ®... disse...

falar essas coisas é um pouco difícil...ouvi-las é pior ainda!

por isso q dizem "falar é prata, calar é ouro".

Espaço Aberto disse...

É com imenso prazer que chegamos até a sua casa e convidamos você a fazer parte do Espaço Aberto – Um blog para todos! Lá você em breve encontrará proposta para postagens coletivas (Tem uma ótima que já está pronta para ir ao ar!), sorteio de brindes, entrevistas, publicações dos mais diversos assuntos, enfim você não pode ficar de fora. Venha participar!

digitaqueeuteleio disse...

Por experiência própria, na maioria das vezes, o silêncio é o melhor remédio. Deixar as coisas acontecerem e depois, num momento oportuno, só dizer algo quando o criticado levantar a questão. Boca fechada traz mais frutos que aquela que fala, muitas vezes, sem pensar.

Agora, se afastar das pessoas que nos estraga a alegria, é vero!

Porém, há casos e casos, e é possível de se dizer sem causar nenhum atrito entre ambos.

Já abordei sobre o assunto no meu blog também, embora com outro foco, mas se quiser conferir, é este: Antes que termine o dia.

Um abraço.
Marcelo.

Marcos disse...

Tem mais é que falar mesmo. Principalemnte mal hálito tem que avisar! Ziper aberto! Estar "queimando" e precisar renovar o "Rexona". Dente sujo então nem se fala.
Bem pensado esse post... de onde você tira essas ideias..rs..rs..rs..

Jarbas disse...

ainda bem que eu posso dizer que tenho bons amigos.

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

É isso aí, Rafael. Sinceridade sempre!
Meus amigos têm liberdade pra me dizer qualquer coisa e vice-versa.

Beijocas e ótima sexta pra vc!

[ainda lembrando do macaco.... kkkkkkkkkkkkkkkk]

Andrea Pagano disse...

Que lingua é essa....rsrsrs
Eu sinceramente alguns toques até dou ...mas medoooooooooo
rsrsr
Ah..Obrigada pela força!!!
Sabe que meu inspirador foi vc!
Sempre adorei ler seu blog e ai tive vontade de escrever meus devaneios ... mas tenho muito que aprender ...começo ...enquanto isso vou pitacando (rsrs) aqui e ali ...
Bjs e um otimo fds!

SAL disse...

aaaaaaah, fala sério!!!´
é preciso ter cuidado pra q a sinceridade não se torne grosseria!

e mais, tem gente que não gosta (ou não ta preparado) de ouvir a verdade... sendo assim, é preciso filtrar algumas coisa pra que a "nossa" sinceridade não ultrapasse o limite do outro!!!

por outro lado, acredito q tudo é a forma com que as coisas são ditas :)