NOMES TROCADOS

Antes de iniciar o post de hoje quero dar um recado a todas os blogueiros que me visitam, os quais também sigo. Não sei o que há , mas o blogspot tem avisado que determinados blogs contem vírus o que impede que entre na minha pagina de atualização. Por isso, deixei de seguir alguns blogs, mas os mantenho nos favoritos do computador para não perde-los de vista. A questão é apenas o de resguardar os 4 anos de textos do Baú do Jamal. 

Caso seja infectado por algum vírus vindo de blogs conhecidos, perderei um histórico imenso. Portanto, caso percebam que deixei de segui-los, não fiquem magoados e nem deixem de passar por aqui. Obrigado.


Desde criança tenho o habito (desenvolvido em casa, junto dos irmãos)  de usar um artificio simples pra lembrar de pessoas ou mesmo falar delas de forma que não percebam. Simplesmente trocamos os nomes, o que facilita demais quando se está em publico ou com a digníssima pessoa ao lado.

Com isso criamos uma vasta legião de tipos que bastava dizer um codinome para que já entendêssemos do que se tratava. Por isso quando víamos alguém de nariz grande e achatado, dizíamos, “ um parlo”- nome empregado por causa de um Sr. chamado Paulo que tinha um belo nariz adunco de meter medo. E outros tipos como:

Porpeta: tia velha, ridícula, que se faz de mocinha e usa cabelo tipo Cauby Peixoto.

Macaca: toda e qualquer sogra desgraçada....rs rs rs

Peito de carpete: Homem muito peludo.

Édmund: sujeito estranho, branquelo, cheio de espinhas.

Dona Pia (alusão a minha bisavó): pessoa chiliquenta que quando contrariada sai correndo sem dar chance de dialogo.

Totó: pessoa metida, antipáticas, que anda de nariz em pé.

Gabiroba: menina estranha, vesga e feia.

Cida Córga: mulher fofoqueira e perigosa.

Cida mineira: aquela mulher que chega à sua casa já dizendo que vai embora.

Purga ( pulga): pessoa que trabalha com você, a qual desconfia ser traidora.

Purgo: pessoa imaginaria que judia de alguém.

Gara: toda e qualquer japonesa

Carraco: menininhas melequentas que batem em todo mundo.

Ruth (menção a um personagem do filme “Monstros S.A.”) toda velha bingueira de voz grossa.

Jessica: meninas que fazem faculdade.

Bozana: todas as Lucianas, Rosanas, Marianas e nomes terminados em “anas” que tem cabelo ruim.

Paulete: menino afeminado. Gayzinho.

Mesbla: homossexual do sexo feminino, lésbica.

Bilo: órgão sexual masculino

Crica: Órgão sexual feminino.

Madeira podre: homem fedido

Dona Geladeira: aquela tia que vai à sua casa e não abre a boca, só come. Em determinado momento da festa polui o ambiente indo ao banheiro.

Hélio Paul: homem de meia idade metido a galã.

E por aí vai. No momento são os que vêm à mente. Coisa de gente que não bate bem...rs

Abraço a todos. 

5 comentários:

Mr. TV disse...

oi, por um acaso o meu está dando esse problema??? abs

Edu disse...

Espero que você esteja avisando os blogs infectados! Pelo menos dá a chance de a pessoa corrigir o problema sem vc precisar parar de segui-la, né?

SELFBOY disse...

Eu ia dizer "texto interessante Hélio Paul", mas NÃO FAREI ISSO!

Forte abraço.

;D

Dona Pimenta disse...

Hahahaha tb tenho alguns que foram adaptados:

Mendigo da Balsa: pessoa relaxada

Diódio / Diódia: Pessoa que gosta de contrariar, deixa todo mundo irritado.

Ricardina: Pessoa que não entende o que a gente fala, ou não entende quando tentamos dar um toque, e tal, cometendo gafes.

João da Cruz: Pessoa Desastrada

É incrível como esse artifício funciona muito bem para identificarmos pessoas de acordo com suas características.

Perfeito!

Bjsss, e ótimo findis!

Criis Ribeiro disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
eu me diverti lendo isso!
kkkkkkkkkkkk
medo de vc! kkk

beijo!

/criis