A INSENSATA CHATICE DAS 9

Às vezes me pego pensando se estou chato ou se realmente as coisas perderam a graça. Há pouco tempo atrás assistia novelas da Globo com muito entusiasmo, por que sei que indiscutivelmente é o melhor produto que temos no pais. Cinema caminha para isso, mas ainda precisam de uns dez anos de muito investimento.

Bruno Gagliasso é um dos melhores atores da geração de novos galãs. Cordel Encantado já diz tudo no próprio nome. É um encanto de novela. Agua com açúcar, claro, o horário pede ( adoraria algo mais forte as 9, seria uma grande jogada), mas um deleite, uma comedia suave que só faz bem. Não há criticas a nada, perfeita.

Morde e Assopra parece novela para tapar buraco da programação. Chata, sem assunto, desperdício de atores. Ainda bem que há uma Cassia Kis, que salva cada capitulo com pequenas participações. Walcyr Carrasco que já fez tanta coisa boa, deve ter cansado.

Ahhh, deixa falar de malhação...nossa, aquilo é uma merda!!!

Agora, nada se compara a Insensato Coração. Paola Oliveira e Eriberto Leão, a uma semana de terminar a novela ainda não demonstram química na tela. Péssima escolha, a qual perdoo a Globo pela correria que foi após Ana Paula Arósio e Fabio Assunção desistirem na ultima hora. Tudo bem, mas nada justifica o restante. O que há de bom na novela? O romance de Bibi e Douglas? Pô, isso é elenco de apoio. Um grupo de atores que são apenas historinhas paralelas roubarem a cena é por que existe algum problema aí. O personagem Ismael ganhar status, sendo que era apenas uma “ponta”, quase um figurante, é de estranhar. E não me venham os autores dizerem que estava tudo planejado...uma banana pra vocês, por que o publico não é tão imbecil.

Discussões sobre homofobia parecem QUIZ do Silvio Santos. Vamos adivinhar quem é gay, e o que acontecerá com eles? Roda a Roleta Jequití e o nome que cair, damos um texto melhor. Assim parece o núcleo homossexual, que tanto se falou antes da estreia. Miggiorin caricato, mas bem. Outra meia dúzia de atores se passando por gays e não sendo convincentes. Um pudor absurdo sobre um possível beijo que nada demais teria. Não é isso que abala a moral da sociedade. Nem o fato de existirem dois homens que se amam no vídeo. Tudo bem que uma cena de sexo, seria absurdamente desnecessária, mas talvez um selinho entre casais gays, como existe na realidade não transformaria um lar em decadente. Pior sim, um espancamento até a morte de um personagem homossexual. Alias, uma sequencia bizarra, violenta, que não teve desdobramento a altura. Matou-se um menino, falou-se um monte de bla bla bla, e não convenceram ninguém que aquilo foi um crime hediondo. Nem Louise Cardoso expressou tristeza. Pareceu tudo um monte de hipócritas querendo ser politicamente corretos. Banal, desnecessário. Definitivamente Gilberto Braga, ou foi podado, ou perdeu o tesão em escrever novela.

Insensato coração já vai tarde, e o pior de tudo é ter que aguentar a excentricidade da “velha” Agnaldo Silva, atirando farpas para todos os lados. A única coisa que agradeço a ele, foi ter queimado a Susana Vieira naquela merda que escreveu pra ela, assim não teremos que vê-la gritar pelos próximos 7 meses no vídeo. Salve Renata Sorrah.

O Astro, é estranho, não quero falar ainda sobre essa novela, que parece um filme em rotação acelerada, tudo passa muito rápido.

Abração e ótima terça feira a todos.

6 comentários:

Pandora disse...

Estou aqui tentando não concordar com suas palavras em gênero, número e grau! Mas é dificil, realmente acompanho Astro e tenha essa mesma impressão, parece um filme em rotação acelerada, tudo é rapido demais a gente nem consegue degustar!

No mais, só posso concordar, ótima critica!

RaFa . disse...

Primeiramente, O ASTRO até agora na parte de dramaturgia da Grobo foi a melhor coisa já feita. Mesmo sendo um remake, eu não perco um capítulo. Cordel eu ouço falar mas não tem como eu assistir. Morde nunca achei graça, a não ser agora pelo gay das 7 o André Gonçalves que dizem que tá dando show. Mas, eu quando vi não achei graça, forçado demais.
Agora o Insenchato Coração,essa é de doer. Nem parece que eles escreveram Paraíso Tropical e Celebridade.
A novela não chegou a ser ótima, mas teve seus momentos bons. A mão foi perdida em vários temas da novela, principalmente na história da Norma. E eu não suporto o Eriberto Leão,o cara chato (na novela), sem graça, bonzinho demais, santo demais, mala demais. Sem falar que ele não tem expressão,ele chora e ri com a mesma cara. Essa novela, como vc disse já vai tarde. Os autores perderam a mão geral. MAs a próxima eu até to botando fé, eu gosto do jeito das novela do Aguinaldo. Não gosto dele, mas dos produtos dele, são bons.
E só pra concruir, antes que vc durma até terminar de ler, NÃOSUPORTOSUSANAVIEIRAAQUELAVELHAGORDAESEMGRAÇAPREPOTENTE.

Abçs.

Giselle Kleinke disse...

Bom dia, people! Não resisti (mais uma vez), e olha eu escrevendo aqui de novo... rs
Fael, "show de bola" o seu post de hj. Realmente, dá dó de ver ótimos artistas se submetendo a papéis insignificantes, em tramas "esquisitas". Desculpe, mas acho que esta é a melhor palavra para descrevê-las. Assuntos polêmicos, importantes, são tratados com acaso, e assuntos mais corriqueiros, que já estamos cansados de ouvir e vivenciar (como corrupção rsrsrsrs), são tratados com um ênfase monstruoso. Ainda sou do tempo que nas novelas, o vilão se dava mal (pq, na pior das hipóteses, ficaria um bom exemplo), e que hoje, todos se dão bem, deixando a mensagem de que quem é esperto é que se dá bem. O correto só se "ferra". Tá certo que sabemos que na vida real é assim, mas acho que não deviam dar tanto crédito só a isso. Em quantas novelas (destas últimas), os vilões se deram mal?? Hj em dia, na visão destas "maravilhosas obras", vale mais à pena matar os velhinhos, fazer vingança e ficar com as heranças, do que trabalhar pra ganhar dinheiro. Esta novela das 21h, realmente, deixou muito a desejar, pelo que esperávamos do autor e do elenco. Uma chatice. Bjs e ótima terça.

Paulo Braccini - Bratz disse...

como já te falei por aqui, meu saco para TV já se foi há muito tempo. saudades de Dias Gomes, de Janete Clair ... enfim ... não dá mais ...

Heron disse...

Excelente texto.

Como só vejo 'Insensato', concordo no que disse. Ontem mesmo vi a cena em que o 'desempregado' do marido da Paola volta a voar. Eles não tem química, foram desnecessários na novela inteira.

Já esta semana a novela está um porre. É terrível deixar para finalizar as tramas na última semana, como farão semana que vem, pelo visto.

E Carol e André, não tenho saco nem para ela e nem para ele. Dois bolhas!

Uma pena, mas Norma virou Morna. Mas ainda sei que tudo pode mudar na trama dela.

E Bibi, tem sido, assim como Natallie e sua mãe, além de Eunice, as melhores partes da novela.

Vamos ver no que dá este final né. Já no caso da trama gls, foi muita informação para uma novela só. Depois que o casal gls se formou, mal aparecem e de socos e mortes, acho até bom mostrarem, para que a sociedade veja o que acontece com as mulheres e com as minorias no país.

E para fechar, 'Insensato' se perdeu; Suzana Vieira é um saco, já deveria estar aposentada há bastante tempo; Fico puto por assistir 'O Astro' apenas pelos comerciais, já que é tarde e não consigo esperar para ver; e que a 'Fina Estampa' venha para arrebentar.

Sinceramente: poderia ter um 'Vale a pena ver de novo' depois da novela das 9? A Platinada ganharia muito mais do que investir em novelas bestas como as que tem passado ultimamente. PS.: fiquei sabendo que 'Cordel Encantando' é excelente, mas ainda não a vi.

O filho da Chiquita. disse...

Cordel Encantado é excelente e eu sou a Duquesa Úrsula. Insensato Coração é ridículo e eu não sou ninguém. ;)