ENVELHECER BEM

Um dos pensamentos que sempre permeiam minha mente é de “saber envelhecer”. Quando atingimos a vida adulta, antes de chegar aos 30, é pouco provável pensar em como estaremos em 20 ou 30 anos. O imediatismo da juventude impede a preocupação com o futuro. Poucos pensam, mesmo assim acredito que as mulheres venham a se preocupar mais.

Analisando pessoas da minha geração vejo que com o passar dos anos o envelhecimento foi maior para alguns. Alias, o tempo foi cruel, o que tem de bagaceiros(as) por aí é de assustar.

Não citando pessoas do meu circulo de amizade, até por questão de respeito, vejo que muita gente envelheceu mal, muito mal, por isso prefiro falar sobre celebridades. Percebo por exemplo Bibi Ferreira que beirando os 90 anos, tem sagacidade e uma beleza nos traços cuidados por algumas cirurgias plásticas bem sucedidas. Não foi desfigurada, não excedeu o limite do bom senso como outras o fizeram. Exemplos vistos diariamente com Ana Maria Braga e outras tantas que abusam da medicina estética e ficam engessadas sem expressões convincentes.

Concordo com a vaidade, seja entre as mulheres ou os homens.  O que não da é pra aturar velhas que se passam por jovens. Susanas Vierias da vida, que além de se portarem como adolescentes retardadas ainda se acham jovens ao ponto de casarem com garotões que poderiam ser netos (abro parêntese para dizer que não há preconceito na diferença de idade), mas existe aquele senso de ridículo de não passar de um garotão pra outro como uma menina fogosa.

A beleza, a disposição física, tudo isso é essencial para que se tenha autoestima suficiente para não afundar em depressões e questionamentos da vida. Mulheres desfiguradas por botox tornam-se constrangedoras, por que todos sabem, menos ela que acredita estar passando despercebida. Homens então, tornam-se ridículos e acabam com uma figura afeminada, como o caso dessa pseudocelebidade, chamado não sei o que Mazzafera. Não faço a mínima ideia de que raio partiu esse sujeito, mas vira e mexe ta ai em noticiário. Pra mim uma versão meio masculina de Angela Bismarki.

Envelhecer com dignidade atenuando as marcas lentamente, com vaidade pouco exacerbada, fazendo sempre exercícios que mantenham a saúde, é obrigação de uma figura publica. Se nós anônimos temos que seguir uma boa dieta e exercícios, quem dera alguém que invade nossa casa pelas telas de TV. Vejo atrizes como Gloria Pires e Cassia Kiss, que não se esticam feito couro de tamborim, sendo criticadas por outras mulheres. Domingo ao ver Cristiane Torloni, Gloria Pires e Lilia Cabral no programa de Fausto Silva, chocou perceber como Cristiane está sem expressões faciais. Isso não é beleza, é artificialidade construída.

Velhas de pernas de fora, homens que não se dão conta de quanto ridículos ficam cantando menininhas é tão horroroso, que rezo a Deus que sempre me de serenidade pra não ficar assim um dia, sem a mínima noção do ridículo. Não me preocupo em envelhecer, alias, estou muito bem pra minha idade, sem nunca ter precisado de correções estéticas. O que mais me preocupa é perder o bom senso com passar do tempo. As pessoas mais intimas eu peço: se um dia estiver passando do limite, podem pegar um taco de beisebol e descer porrada, por que certamente estarei merecendo.

Bom fim de semana, boa pascoa a todos. 

5 comentários:

Cesinha disse...

Cirurgia plástica é como querer parar o tempo... e como não dá, acaba sempre ficando o borrão dele passando. Eu acho lindo pessoas mais idosas que, apesar dos traços marcados, conservam o frescor de quando eram mais jovens. Na verdade o frescor sempre persiste, se o temos na alma.

Beijos

Dama de Cinzas disse...

Um bom assunto já que estou numa faixa etária em que penso demais sobre tudo isso.

Quando a gente se dá conta que vai envelhecer mesmo e que isso tá perto, gera uma certa ansiedade. Para uns menos e para outros mais. Eu sou o caso do hiper mega ultra plus mais... rsrs.

Você deu um exemplo ótimo. Bibi Ferreira. Se tem um exemplo que queria seguir é o dela. Parece antenada com o presente, ativa, muito bem e não está com aquela expressão paralisada por Botox e preenchimentos.

Eu não queria ficar uma Suzana Vieira, isso é certo. Mas não quero também ficar uma velha "engessada" dessas que dizem que não podem fazer mais nada porque seu tempo passou. Nem tanto para um lado nem para o outro. Um meio termo, um tanto de loucura e ousadia é bom em qualquer idade, mas sempre permeadas pelo bom senso.

Beijocas

Prisioneiro 0001 disse...

Bom exemplo o da Cássia e da Glória.
Eu tenho pavor de quem parece plástico derretido.
Pavor.

Cuidados são super necessários, mas o excesso, principalmente de botox é danoso. E tem gente q acha lindo.
Medo.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

sou vaidoso sim mas nunca me preocupei com intervenções estéticas ... jamais faria a não ser se por questões imperativas tipo acidente.
acho q estou bem para minha idade ... bem ... eu acho e isto é o q me importa ...

outra q admiro pela integridade é a Eva Wilma ... fantástica

o Humberto disse...

Matheus Mazzafera = versão MEIO masculina da Ângela Bismarki = subcelebridade deformada.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!

Adorei Rafa, ri tão alto que a vizinhança inteira deve ter ouvido.