Um sabor de anos 80

Quando era criança, no inicio da década de 80, a Globo passava a série Dallas. Um épico que durou de 1978 a 1991.
Dallas contava a história da família Ewing, como que o americano mais gosta como tempero Poder, riqueza, sexo e opulência. Pamela era casada com Bobby filho mais novo de D. Ellie, ta,bém mãe de Jr. O vilão da história.
Dallas era um misto de tudo o que vemos em novelas e cinema, e por anos assisti a saga da familia, até que aos poucos perdi o interesse, por que outras series mais interessantes apareceram, como Barrados no Baile e Melrose Place.
Quis mencionar Dallas para poder comentar o novo passatempo que arrumei, ver “ Broters and Sisters” encabeçada pela eterna noviça voadora, Sally Fied. Calista Flockhart que tanto vi em Ally MacBill é uma das irmãs, que encabeçam o elenco de conhecidos atores de cinema.
O série está na quarta temporada, mas só agora decidi assistir. Talvez por que com muitos episódios já disponiveis, não rpeciso ficar ansioso pelo que irá acontecer, já que nos canais de TV a cabo há uma defasagem de semanas até que venha o episódio já legendado, e na TV aberta...putz, depender de Silvio Santos e Record, não dá. Interrompem as séries pela metade, sem explicações. Mas também não preciso me preocupar comisso.
Brothers and Sisters, começa como mesmo sabos de Dallas, numa produção refinada, com ótimas interpretações. Tudo aquilo meio Rodrigueano, que me atrai. Confusões familiares, traiçoes, e muita verdade dita na cara.
Para quem tem os mesmos gostos que eu, adianto que é vale a pena conferir, aos poucos, baixando da internet ou comprando os DVDs em loja.
É isso. Toda familia tem seus problemas, e coloca-los embaixo do tapete, é a pior solução.
Abraço a todos.



2 comentários:

Mark disse...

Lembro que eu gostava de Seventh Heaven... comecei a assistir naquela epoca que a família mostrada na série era a perfeita família americana do interior... depois de um tempo eles começaram a abordar temas tipo sexo, drogas, violência e outras coisas que deixaram a série mais interessante..

Hoje eu não assistiria de novo rs... mas lembro que um dia eu já achei legal.

Abs.

Ruy disse...

BAS é ótimo! Os epísódios ainda que tratem de drama familar tendem para uma leveza que aultimamente as novelas brasileiras não andam tendo. Ainda estou na 1[ temporada, mas já sei que o clima pesa um pouco mais na quarta, mas anyway: eu vou seguir acompanhando os walkers.

Só mais uma coisa - meu namorado comentou uma coisa e eu reparei que é pura verdade: já percebou que sempre que eles bebem (principalmente vinho), começa a lavação de roupa suja? Hahahaha.

Abraço