A INSUSTENTÁVEL CHATICE DO MEU SER....

Eu não falo” primeiramente”;

Eu não uso boné;

Eu não como comida japonesa;

Eu não vou em baladas, eu não danço;

Eu não fumo;

Eu não bebo;

Eu nunca experimentei maconha;

Eu nunca e também jamais experimentarei cocaína ou outra droga qualquer;

Eu não gosto de Marina Silva;

Eu acho Madonna uma velha caquética que nunca cantou bem;

Eu não gosto de carros;

Eu detesto futebol;

Eu não gosto de argentinos;

Eu leio por prazer, não pra me achar culto;

Eu detesto a série Crepúsculo;

Eu não preciso de rivotril;

Eu não ligo pra quem me acha antipático;

Eu odeio academia;

Eu não tenho paciência com criança mimada;

Eu falo coisas que chocam;

Eu não tenho dó de velho que usa a velhice como benefício para se dar bem;

Eu não acredito em evangélicos radicais;

Eu tenho medo de advogados;

Eu não acho que pelos demais seja coisa de Deus;

Eu não tenho paciência com gente lenta;

Eu não gosto de bichas afetadas;

Eu não gosto de sapatão caminhoneira;

Eu não gosto de gente que fala miando;

Eu não gosto de funk, rap, sertanejo universitário;

Eu não sei usar hashi;

Eu não gosto do Gugu;

Eu detesto o Cajurú;

Eu não gosto de políticos;

Eu não gosto de filme dublado;

Eu não gosto de gente folgada;

Eu não gosto de gente que manda indiretas por outras pessoas;

Eu tenho nojo de calcanhar rachado;

Eu tenho dó de quem mostra o cofrinho quando senta;

Eu não gosto de gente burra;

Eu tenho medo de travesti;

Eu não gosto de orientais que falam seu idioma na minha frente;

Eu não aceito comprar por tlinta ou qualenta, quero comprar por vinte;

Eu não me dou bem com invejosos;

Eu não tenho estomago para gente fresca;

Eu não acredito em arrependimento imediato, em ex-gay, em Padres que falam mole, e quem vira seu amigo cinco minutos depois de te conhecer.

Mas eu amo o ser humano! Aceito e convivo com tudo isso que não gosto, simplesmente por que mesmo profundamente incomodando acredito que todo mundo tem algo de valor pra acrescentar. E Para aqueles que não oferecem nada de bom: rala sua mandada!!!

Valesca Popozuda!!! A Grande pensadora.

Bom final de semana a todos...








14 comentários:

Ludmilla Russo disse...

"Eu tenho medo de advogados"
Maior prova que você aceita e convive com o que não gosta hahahah
:) mto bom o texto.

Mabe disse...

Ótimo texto, Rafa.
Concordo em gênero, número e grau.
Abraços.

Jose Antonio disse...

Eu gosto do jeito que você escreve!

bjs

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

A INSUSTENTÁVEL CHATICE DO MEU SER.... por Bratz
Eu não falo” primeiramente”;
Eu não uso mais boné, mas uso chapéu;
Eu não como comida japonesa, nem chinesa nem indiana;
Eu não vou mais em baladas,mas adoro dançar;
Eu fumo e adoro;
Eu não bebo mais;
Eu já experimentei maconha;
Eu nunca e também jamais experimentarei cocaína ou outra droga qualquer;
Eu não gosto de Marina Silva;
Eu amo Madonna;
Eu gosto de carros;
Eu odeio futebol, vôlei e outros;
Eu amo os argentinos;
Eu leio por prazer, não pra me achar culto;
Eu detesto a série Crepúsculo e outras;
Eu não preciso de rivotril;
Eu não ligo pra quem me acha antipático;
Eu odeio academia;
Eu não tenho paciência com criança alguma;
Eu falo coisas que chocam;
Eu não tenho dó de velho que usa a velhice como benefício para se dar bem;
Eu não acredito em evangélicos, católicos, espíritas, e outros a fins radicais e pregadores;
Eu tenho medo de advogados; [menos de um]
Eu não acho que pelos demais seja coisa de Deus;
Eu não tenho paciência com gente lenta;

Eu não gosto de bichas afetadas;

Eu não gosto de sapatão caminhoneira;
Eu não gosto de gente que fala miando;
Eu odeio funk, rap, sertanejo universitário;
Eu não sei usar hashi; [o que é hashi?]
Eu odeio o Gugu, Faustão, Xuxa, Galvão, Hulk, Mulheres Frutas, Mulheres Popozudas, Homem tirado a Macho, e similares;
Eu detesto o Cajurú, o Datena e similares;
Eu odeio políticos;
Eu odeio filme dublado;
Eu odeio gente folgada;
Eu não gosto de gente que manda indiretas por outras pessoas;
Eu tenho nojo de calcanhar rachado;
Eu tenho dó de quem mostra o cofrinho quando senta;
Eu odeio de gente burra;
Eu tenho medo de travesti;
Eu não aceito comprar por "tlinta ou qualenta", quero comprar por vinte;
Eu não me dou bem com invejosos;
Eu não tenho estomago para gente fresca;
Eu não acredito em arrependimento imediato, em ex-gay, em padres, pastores, em quem fala mole, e quem vira seu amigo cinco minutos depois de te conhecer.

#simples assim

RAFAEL disse...

é por isso que eu adoro o Bratz...rs rs rs...

Dama de Cinzas disse...

Que pessoas chatas você e o Bratz... kkkkk.

Olha, adorei o post, eu ri um bocado aqui, tanto com a sua lista quanto a do Bratz. E posso dizer que super me identifico com itens das duas... rs.

Muito bom... rs.

Beijocas

jair machado rodrigues disse...

"O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu aguento até os estetas
Eu não julgo competência
Eu não ligo pra etiqueta
Eu aplaudo rebeldias
Eu respeito tiranias
E compreendo piedades
Eu não condeno mentiras
Eu não condeno vaidades

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Não, não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem"
by A.Calcanhoto - Senhas

Querido Rafael, somos tão parecidos e tão diferentes e humanos e amamos o Bratz rs.
ps. Carinho resprito e abraço

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

frequentamos o mesmo jardim de infância querido ... rs

Gera Souza disse...

Vixe... adorei o texto!

Será que sou chato também?

kkkkkkkkkkk

Rafael disse...

hahahah!!!
Ótima chatice essa! A do Bratz tbm.

Fred disse...

Peraêêê... esse texto tá falando é de mim!!! E se me chamarem de chato eu acho (de verdade) que é elogio... hahahahaha! Hugzones!

railer disse...

e isso é que te faz ser quem você é, sua personalidade! =)

Ro Fers disse...

Tens personalidade forte...rs...

Dih Melo disse...

Poderia processá-lo por plágio! Rsrsrsr Esse sou eu! É a minha cara!!! Amei o texto!!!