HOMENS DENORÉX- PARECEM, MAS NÃO SÃO!

O que há em comum nas frases abaixo:


- Papai, estou meio gravida

- Delegado, eu estupro, mas não mato.

- Eu mantenho relações intimas com outros homens, mas sem penetração. Não sou gay.

Pois então, nas três citações o obvio está ululante – como dizia Nelson Rodrigues, ou seja, a verdade está na cara, estampada, gritando para quem quiser ver.

Não existe estar meio gravida, está ou não. Quem estupra já comete um crime, independente se ele deixa a vitima viva ou não, é hediondo, e não tem essa de sentir atração por outro homem, não se intitular e querer fugir da denominação gay.

É isso que um grupo chamado de “g0ys” – que dizem serem gays-zero ou não homossexuais pregam. Eu leio “góis”. Há menos de uma semana surgiu como febre na internet essa variação para as bichonas enrustidas se dizerem livres da denominação gay. Eles se relacionam com outros homens, na “brodagem”, fazem tudo o que casais de homens fazem, apenas não completam o, como posso dizer...coito? Sim, não há penetração e isso os difere de toda a humanidade gay existente no planeta. Até vejo os playboys dizendo: pô, dou uns catas no meu amigo, a gente fica de boa, mas somos héteros, por que não deixamos mexer lá, né, você sabe, no meu bumbum!

Não acredito nesse tipo de argumentação, e acho que isso é uma boa piada criada para rir da cara de heterossexuais. Antigamente os caras trocavam experiências sexuais com os amigos de escola, de rua, do judô, da natação depois casavam e achavam que nunca mais sentiriam nada por outro cara. Depois de um tempo começava a coçar novamente a vontade de reviver a adolescência. Por que são casados, sim, estão livres do pensamento da sociedade de que são gays. São, independente de estarem casados, com filhos ou não.

Essa nova classificação que pode ter variado dos chamados “metrossexuais” ( ninguém nunca me tirou da cabeça que se tratavam de bichonas que fazem unha e sobrancelhas) foi bem explicada pela uma sexóloga Jaqueline Brendler no jornal Zero Hora:

— O que define a sexualidade não é a relação física, mas a atração. Por exemplo, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, alguns casais gays demoram anos para ter penetração. E tem alguns que optam por nunca fazê-lo, apenas realizando a masturbação ou sexo oral. O que vale é para que lado a pessoa se apaixona. Eu diria que, aparentemente, eles não são heterossexuais. Se eles são homossexuais, ou bissexuais com dificuldades de assumir, isso teria que ser avaliado caso a caso. No entanto, cada pessoa tem todo o direito de se intitular o que quiser — conclui. Ou seja, são bichonas...rs rs rs.

O caso mais recente de Bromance ( que é esse romance entre Brothers heteros) aconteceu no ultimo BBB entre Roni e Marcelo. Aqui fora, sabe-se lá o que mais rolou.

Enfim, as pessoas gostam de criar novos desígnios para enrustir e permanecerem obscuras quanto às suas preferencias.

Não há necessidade de sair por aí carregando bandeiras coloridas e gritando que são gays, muito menos ficarem se agarrando em praça publica, em shoppings pra mostrarem o quanto são assumidos, mas também não precisa se intitular hetero e sair por aí pegando no bingulim do amigo e achando que isso é tranquilo, e mais tarde voltar pra casa com os filhos e a esposa a mesa como se nada tivesse acontecido, afinal, sou um macho que brinca de pega-pega com meu brow, e nada mais.

É tudo denorex....parece, mas não é.



Haja paciência!



Boa quarta a todos.

9 comentários:

Silvia Brunherotto disse...

Pois é Rafa, existem muitos caras que se denominam "gOys" ou Denorex hahahahaha
Ótimo texto! Bjs!

Ludmilla Russo disse...

hahahahah olha, eu conheço muuuuuuitos caras denorex viu!! haha sempre acho, inclusive, que os mais preconceituosos tendem a ser os mais atraídos por outras pessoas do mesmo sexo... como você disse, haja paciência!
Adorei o texto!! :)

Dama de Cinzas disse...

Eu conheço gays ativos que se sentem superior aos passivos só pelo fato de serem ativos. Imagina então o que não rola a mais por aí...

Acho que tudo isso é fruto de uma sociedade ainda muito machista que atribui que todo "papel de homem", mesmo dentro da relação homossexual, é um papel superior.

Beijocas

Rafael disse...

Denorex = tudo beexa!! kkkk

Homem, Homossexual e Pai disse...

Jamal, seu texto esta muito divertido... afinal de contas os tais g0ys (que tem até estatuto, art. 1 g0y só transa com outro g0y) estão no pais da piada pronta - como diria o Jose Simao - eu sempre digo, dois caras pelados na cama é sexo, se pegam, se dão, se chupam, não faz diferença! abs

SÉRGIO LIMA disse...

Tudo Bixaaaaa.

Jose Antonio disse...

Eu gosto quem vê a incoerência!

bjs

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

é tudo VIADO ... #simplesassim ...

Gera Souza disse...

Aqui na minha cidade, tem uma tradição, que a meu ver é coisa de baiano.
Muitos homens e bota muito nisso, são casados com mulheres, mas adoram uma pegação. Detalhe: só gostam de ver, alguns até gostam de pegar, mas só.
E na cama só querem comer, alguns nem beijam. Fazendo isso, eles querem se garantir como "somente heteros"... kkkk
Sem falar que o baiano adora uma sacanagem!!
Eu falo do que já ví e experimentei ok!
E tenho dito! rsrsrsrsrs