CADÊ A GRAÇA QUE TAVA AQUI? SEI LÁ, ROUBARAM....


Tenho minhas melancolias, mas não sou depressivo, por isso prefiro ria a chorar. Mas ultimamente é impossível não derramar lagrimas de tristeza pelo humor da nossa televisão brasileira. Os canais abertos nos presenteiam ( presente de grego) com o que acreditam ser “humor” e transformam momentos que deveriam agradáveis em sucessões de vergonhas alheias. Irei elencar, na minha opinião, os piores programas da nossa TV aberta e depois dizer o que há de bom na TV paga, que poucos infelizmente tem acesso nesse país.

1 – Empatados estão “ os caras de pau” e “aventuras do Didi”. Não suporto a gritaria de Leandro Hassum. Quem disse a esse cara que falar gritando é engraçado? Se deixar a TV ligada sem olhar é simplesmente insuportável manter o canal ligado. Ele berra o tempo todo, aliás os dois caras do programa e mais o elenco de apoio. Intolerável! Já o Sr. Renato Aragão, que é a forma como gosta de ser chamado, está tão sem graça quanto o elenco da praça é nossa. Juro que me constrange vê-lo repetir as mesmas piadas armadas de 30 anos atrás, com um elenco fraco, que permanecem ali por pura falta de oportunidade profissional e pra garantir o salario do mês. Não acredito que haja criança que assista a esses dois programas e goste. Chaves da mais ibope, certamente.



gritos desnecessários!!!









2 – A Grande Família: formula definitivamente desgastada pelo tempo. Não suporto mais Pedro Cardoso. Perdeu totalmente aquele lado engraçado do inicio do programa. Enfadonho, com atores que nota-se perfeitamente estão cansados. Nanini e Marieta Severo não aguentam mais. Infelizmente, contrato é contrato e eles são obrigados cumpri-los. A Globo tem medo de mexer naquilo que está estabilizado. Por mim deixaria que acabasse. Reprisa-lo no Canal Viva daria mais ibope.



3 – Não sei por que insistem em Fernanda Young para escrever series. Já tá mais que comprovado que não tem aquele apelo de bom gosto que mostrava em “Os normais”. Foi-se. De lá pra cá não acertou nenhuma e piorou, por que essa serie sobre o fim do mundo é constrangedoramente ruim. Não da...simplesmente não dá. Assim como “Louco por elas” e o decadente Zorra total que me privo de comentar por que faria um post só dele.

4 – Tapas e Beijos é a única coisa boa que se tem na TV relacionado à humor. Fantástico, ágil e doce. Fernanda Torres e Andréa Beltrão são deliciosamente malucas ao ponto de cada programa nos surpreender com seus humores rápidos e certeiros. O restante do elenco é bom por que se apoiam nelas.

5 – As outras emissoras nem dá pra comentar por que são tão ruins que não há classificação. Nem o Pânico na Band consegue uma notinha acima de 2,0...

6 – O que há de bom hoje está escondido nos canais pagos. O Multishow apresenta uma linha de novos talentos ( na verdade escondidos como roteiristas) com programas curtos e que fazem a diferença. Difícil elencar o melhor, mas sem duvida estão ali os melhores e mais ágeis profissionais do humor. A Globo poderia pegar o que já está pronto e jogar na TV aberta. Mas como diz um amigo: será que o povo entende esse humor? Não sei, estão acostumados com coisas tão sem nexo e mastigadas que um texto um pouco mais difícil talvez não caia na graça da massa. Triste isso.

7 – MTV tem pessoas boas em programas ruins. Acredito que só o Trolalá tem um formato engraçado. Marcelo Adnet é chato, mas muito chato, por que se acha “o cara”. Da pra ver que perdeu aquela coisa moleque, e virou estrela. O restante dá pro gasto. Destaco apenas Dani Calabresa que é um show a parte.

Queria sim um programa de mulheres com Dani Calabresa, Tatá Werneck, Miá, Nathalia Klein, e as moças do Olivias na TV. Seria algo sensacional. Essa homarada chata que não tem graça deveria dar espaço a elas, simples assim.

O que fazer então, rir do que está na internet. Destaco “ Porta dos fundos”. Excelente humor.

http://www.youtube.com/watch?v=Un4r52t-cuk&feature=channel&list=UL

É isso, fazer rir é muito mais difícil do que chorar, né Mauricio Sherman ? O Zorra Total é de nos deixar em prantos.

Abração e ótima semana.

5 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Perfeito Leoni! Em termos de humor só dou conta mesmo de ver o Entre Tapas e Beijos e claro, os impagáveis Trolalá e Portas dos Fundos.

Estamos em uma decadência total de tudo o é arte nesta terra tupiniquim, ou estou sendo injusto ... acho q sim ... a decadência é total em todo o planeta, aqui é só o reflexo disto ...

bjão

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Cela compartilhada? uai! isto é uma delícia ... vou ter direito a visita íntima tb? dependendo do compartilhamento e das visitas Bratz fica MEGA FELIZ ... kkkkk

bjão querido e fica tranquilo ... boa correria por aí ... rs

Margot disse...

Fael, sinto discordar. Nem tapas e beijos se salva, na minha lista.
A única coisa que eu conseguia assistir era caseta e planeta, parei a uns dois anos...perdeu a graça.
Não existe humor no Brasil que não seja pastelão. O pior tipo existente.
Abraços

Felipe Santolia disse...

Adoro seus posts, mas preciso concordar com todos eles?

Suzi disse...

Não assisto mais TV. Perdeu a graça, fora que nem tenho tempo, já que saio hiper cedo de casa e chego muito tarde, so querendo um bom banho por conta desse calor infernal e a minha magnifica e gostosa cama...
Tenho TV a cabo, porém só de pensar em sentar em frente e procurar algo que preste, me dá trilique... Estou sem paciência ultimamente...
Mas, já assisti muito a Grande Família e adorava. Hoje, não mais. Também assisti as loucas da Andrea Beltrão e companhia, porém quando chego em casa, já acabou.
O que eu gosto mesmo é assistir filmes e ler.... Sou viciada nisto... Pena que ultimamente tenho pouco tempo...

Abraços...