QUERO SER UM BEM AVENTURADO


Bem aventurados os mansos, por que herdarão a terra ( Mateus 5:5).

Muito bem, há três básicas explicações para “manso” no contexto bíblico. Uns acham que aquele que for manso ( sereno, tranquilo ou até mesmo covarde) herdará o reino dos céus, ou seja, a vida eterna. Há uma linha que diz que esse “manso” é aquele que se mantendo tranquilo, herdará bens físicos, já neste plano e por ultimo o que diz: quem é manso herda ou controla a si mesmo.

Fico com o terceiro por que há de ser recompensado aquele que tem paciência, que sabe dominar sua ira, tem autocontrole, e não sai por aí espocando armas no peito de cada sujeito que lhe corta a frente no transito.

Hoje é quase insuportável conviver com as pessoas. O nível de desrespeito a que somos submetidos é tão grande que uma criança, que mal articula as palavras ou um ancião que acumula vivencia, te destratam na mesma proporção. Não há educação na sociedade. Os governantes roubam descaradamente, os médicos marcam consultas para 20 ao mesmo tempo te fazendo esperar de pé em salas mal ventiladas, gravidas dão a luz no chão de maternidades e tantos outros itens mais graves que me estenderia por semanas aqui as citando.

Desde pequeno fui ensinado a respeitar os outros, ou como nos termos bíblicos ainda: respeitar o próximo. Diziam meus pais e avós que não se devia roubar ou passar outros para trás por que seriamos castigados, aqui mesmo, ou no plano divino. No meu caso, se faço algo errado ( e olha que nem são os crimes tratados pelos 10 mandamentos ou pecados capitais) parece que pago a conta imediatamente. Alias, vejo que às vezes fico com credito, por que se tem neguinho que se ferra, esse cara sou eu!

Não entendo como a consciência de um ser humano consegue deixa-lo em paz com tantas baboseiras que faz, prejudicando mortalmente a outros. Não entendo como e onde está o raio que devia partir essa pessoa ao meio  quando ele cometesse um crime. Será que um dia alguém foi partido ao meio por um raio? No fim do ano vi um pobre casal ser morto por um raio que lhes atingiu em cheio quando saiam do mar. Fuzilados de mãos dadas. O que será que fizeram de tão grave, hein?

Tirando o sarcasmo de lado, nos meus recém completados 40 anos tenho tido a oportunidade de ver tanta gente desonesta convivendo próximo que me regozijo em  não precisar chama-los de amigos muito menos sentar-me  a mesa para uma refeição, mas assombra-me saber que alguém tão estroina anda pra cá e prá lá como se fosse um cidadão honesto, de cabeça erguida e nariz empinado. Ainda bem que sou um manso, por que a vontade muitas vezes é corta-los a golpes de machado.

A idade traz a sabedoria da paciência. Se bem que essa é uma virtude de berço. Quando olho aqueles orientais velhinhos com aquele semblante de paz, de conhecimento da vida, com a capacidade de ver estourar uma bomba do lado e sorrir como se aquilo fosse um traque, quero e desejo ser assim. Não suporto pessoas chiliquentas, que fazem escândalos por qualquer coisa. Por isso repito, minha mansidão é o premio para uma mente aberta, sem nós nem preconceitos, feliz simplesmente por que ouvi que a humanidade ainda tem jeito. Afinal, Bem aventurados os puros de coração, por que verão a Deus!!!! Pelo menos isso, né!!!
abração e boa quarta a todos.

5 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Mêda! Acho q já ganhei meu mármore ardente no inferno ... MANSO é coisa q não sou ... rs ... bem, até q sou, em certas horas, em certas ocasiões e com certas pessoas ... vc me entende né? rs

beijão

Margot disse...

Sei se sou mansa não..... acho que como o Paulo...só de vez em quando!
bjs

Cristina disse...

Muito bom post!

Não sabia das 3 formas de manso, mas como vc, tb fico com a terceira.
Eu sempre digo que eu tenho a impressão que seres humanos estão se tornando animais, e animais estão se tornando seres humanos. Infelizmente!!!

Bêjo da Cris

Madame Mim disse...

Rafa me identifico demais com seus textos!!
Eu tenho (na maioria das vezes) me controlado com minha boca, mas infelizmente minha cabeca e meu coracao desejam explodir!! E aquelas pessoas que usam palavras de terceiros como se fossem proprias, num discurso totamente falso!!!

Turismóloga disse...

Sensacional.

Estes dias, estava pensando justamente nisso: na paciência e auto controle.

Venho aprimorando com o passar do tempo. Isso está me fazendo um bem danado.

Beijos