EUA: a salvação mundial.

A badalada estréia de semana passada nos cinemas ficou por conta de 2012. Nada mais que um filme de ação voltado a sobre catástrofes ambientais, o planeta sendo dizimado e os EUA a frente de tudo, liderando a salvação mundial. Clichê? Sim, e dos grandes.
O filme é tão previsível que qualquer comentário sobre o roteiro entrega parte da história. Pra não ser chato de contar o final, tão obvio, me resumo apenas a dizer que a qualidade dos efeitos é muito bom. Computação gráfica de primeira, quase real.
Vale assistir nos cinemas, pela grandiosidade desses efeitos, que na TV, acredito se perderem.
Mas se for pra indicar um filme, assistam “ A Verdade nua e crua”, inteligente, bom roteiro, e excelentes atuações. Essa vale a pena.
Abração a todos, e boa segunda-feira, e ótima semana.

2 comentários:

André Mans disse...

Tá todo mundo falando mal de '2012' mas verei mesmo assim... Beijão!!

Diego Martins disse...

Bom e eu ia assistir 2012, ainda bem que fui alertado a tempo..rsrss

abraços meu querido!