E DAÍ QUE AS VELHINHAS SE BEIJARAM?

O que é audiência? Pessoas que se sentam em frente ao televisor para ver algo que lhes agrada e com isso gerar lucros para anunciantes e emissoras de TV?

Sim no Brasil é isso, mas o que mais enoja é saber que há manipulação de índices para que a maioria siga a corrente. Babilônia, a nova novela das 21:00 hs começa a sofrer esse prejuízo moral.

Dizer que a Rede Globo é ilibada seria acreditar em Papai Noel.  Obviamente que sua programação visa acima de tudo lucro e dividendos para a empresa, que se esforça, gasta, e retribui aos telespectadores que a seguem um produto de primeira linha. Politicamente ela é um lixo, sim é, e não vai mudar isso nunca, por que os Marinho, donos da emissora desde os primórdios da imprensa televisiva já fazia conchavos com os governos. Até aí, Silvio Santos, Record, não ficam atrás.

Pregar aos quatro cantos que a novela Babilônia é um mal a sociedade por que mostrou o beijo gay de duas senhoras respeitadas ( tanto personagens como atrizes) é de uma ignorância assustadora. O que me faz crer que o nosso povo merece o governo que tem, por que a falta de discernimento custa caro, e esses que não sabem distinguir o certo do errado, ou erguem bandeiras sem saber o porquê merecem padecer.

Engraçado que há no texto vários outros temas e aberrações que me deixam mais chocado. Uma esposa que trai o marido, que por sinal também o faz, mas com prostitutas, assassinato, chantagem, homem casado que faz filho em outra mulher e não assume, aliciamento, golpe do baú, e tantas outras imoralidades que o beijo de duas companheiras que vivem há anos e criam uma criança órfã, no meu ponto de vista é pouco pra tanto falatório.

Aí vêm os seguidores do Sr. Edir Macedo e aquém fazerem campanha para que os telespectadores não vejam mais Babilônia. Sim, claro, deixem a novela de lado e assistam o Gugu dar chances de assassinos condenados irem a publico explicarem os seus erros e assim serem perdoados pela sociedade, já que a justiça, falha do nosso país, ainda os mantem presos. É uma afronta maior que um beijo gay, colocar uma assassina que planejou e viu  executado seu plano de matar os pais a pauladas covardemente enquanto dormiam dentro de sua própria casa e em seguida deleitar-se num motel com o algoz daqueles que a trouxeram ao mundo, passar incólume. Isso é bárbaro, é nojento, mas os tão afamados defensores da moral da família, assistiram, deram ibope, aclamaram Gugu por isso. Não contente ele traz a publico outro psicopata assassino, o goleiro Bruno. Uma mente perversa, que não executou com as próprias mãos o seu crime, mas induziu, forjou, e cometeu um dos assassinatos mais cruéis dos ultimas décadas, tudo por que não queria assumir um filho que fez.

Aí pergunto, essas pessoas que rezam, que acham que seguem as doutrinas fieis que as levaram ao céu, não acham que transformar assassinos em estrelas da mídia é errado? A hipocrisia desse país me deixa tão cansado, tão desmotivado a dialogar ou debater assuntos, por que me parecem extremistas islâmicos que entendem o seguinte, se você não é da minha religião então é um infiel, e deverá morrer. Não falta muito para que comecemos com ataques terroristas religiosos. Não falta muito para que a ignorância nos assole de vez. Um país que não prima pela justiça, que tem os seus mais gabaritados ministros da suprema corte envolvidos em escândalos de corrupção, poderá nos proteger como? Enquanto o mundo caminha para frente, o Brasil retrocede. Pede a volta dos militares ao poder, sem pensar que a primeira medida de uma ditadura é a proibição do direito de expressão. Para que lugar estão nos levando essa sociedade brasileira?

Um casal do mesmo sexo que adota uma criança abandonada é visto como destruidor da moral familiar, mas aqueles que fizeram a criança, que as trouxeram ao mundo e abandonaram a deriva, esses não são julgados. A filha que mata os pais vira princesa ( só faltou o Gugu reformar a cela dela para viver maritalmente com outra presidiaria). Tudo isso, e muitos mais não é falado.

Existem crimes mais graves enraizados na nação, e perder tempo boicotando uma novela é pequeno demais, talvez seja tão pequeno como a mente da maioria que clama pela ordem sem saber o que é ordem.
Boa semana a todos. E assistam Babilônia, por que é um novelão.

10 comentários:

Ludmilla Russo disse...

Rafitos!!
Ótimo texto!! Estava com saudade deles...
Concordo com tudo o que disse, à exceção da parte dos "ministros da Suprema Corte".... rsrs
Beijoooos

Silvia Brunherotto disse...

Adorei o texto, a reflexão melhor dizendo. Concordo com que disse!

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

A hipocrisia reina no mundo ... Parabéns Fael pela reflexão ...

Como diz minha amiga [rs] "não estou disposta" para tanta palhaçada neste mundo ...

Beijão

Dernier Évolo disse...

Acho que é muita tempestade por nada... se nao gostaram do beijo porque nao mudaram de canal? há várias opções hoje em dia né não?!

Fred disse...

Perfect, Rafael! Endosso e assino embaixo do teu post, meu caro! Quando será que esse povo vai andar pra frente, nzé? PreguizzzzzzZZZzzzzzça dessa mentalidade tupiniquim! Hugzão!

FOXX disse...

é verdade, se as pessoas não estão assistindo a Globo, elas deveriam mudar para a Record e a sua próxima novela, não é, Dez Mandamentos? É tudo marketing.

Ro Fers disse...

A sociedade está cheio de problemas, onde grande parte empurra tudo para debaixo do tapete...
E falando em problemas, a política anda uma zorra, e o povo deveria se preocupar com isto ao invés de se preocupar com a felicidade alheia.
Abraços!

Gera Souza disse...

Ola..olha eu aqui de volta!
Depois de um periodo de concentração e recuperação eis que to de volta!
Espero não demorar tanto para saborear seus textos!
Um grande abraço

romanofeed disse...

Infelizmente isso é Brasil, uma terra em que muitos preferem um assassino a um homossexual!

(Obs: já pensou em fazer esse tipo de comentário em vídeo, ficaria da hora...)

Homem, Homossexual e Pai disse...

Disse tudo, nada a acrescentar! Ainda bem que eles naõ se renderam e a trama atual tem dado chances do personagem do Chai Suede, explicar para a namoradinha "evangelica doutrinada pelos pais" o que é amor e poruqe ela deve aprender a pensar sozinha! show!