SELO DESABAFO...TAMBÉM GANHEI


Meu amigo Paulo Braccini me indicou para essa tarefa, o que acolho com carinho, por que tudo o que vem dele, é uma lisonja.


1- Quais eram suas 4 brincadeiras prediletas em sua infância?


- Jogar Bets...não sei se em todos os cantos do pais se chamava assim, mas n aminha infância era. Arranquei muita tampa do dedão correndo de uma casinha a outra enquanto o adversário buscava a bolinha que penei longe.

- na minha infância, praticamente todas as crianças da rua tinham bicicleta, então brincávamos de cidade, com transito organizado, comercio e tudo mais. Eu era dono do banco...rs rs rs.

- Gostava de “aventura” que na minha ingenuidade era desbravar lugares desconhecidos. Hoje, pensando bem, o local aonde mais íamos para explorar era um córrego perto de casa. Na ausência de malicia, achava que aquilo era um monte Everest e na verdade não passava de um “córgo” de agua limpa...rs.

- Tinha uma coleção de Playmobil, e passava horas brincando. Sempre havia um estupro, assassinato e acabava em explosão matando todos que estavam na casa, casamento, ou seja lá qual era a temática do dia. Preocupante isso numa criança! Rs. Só pra constar: tenho os meus playmobils guardados até hoje, mais de 30 anos....




2- Quais foram seus 4 filmes prediletos em sua infância?

Gostava de Spielberg sem sabem quem era. Os filmes da infância que assisti até enjoar: E.T., Contatos Imediatos do 3º Grau, Poltergeist e Indiana Jones e arca da Aliança. Mantenho a trilha sonora de todos eles guardada por que as vezes gosto de ouvi-las e voltar no tempo.






 



3- Qual era o medo que você tinha?

O mesmo de hoje. Pensar que tem alguém do lado de fora, quando olhar pela janela dar de cara com a pessoa. Pesadelos recorrentes com isso.

4- Qual era o seu desejo de consumo?

Não fui uma criança pidonha que tudo queria. Tive minha bicicleta, meu vídeo game Atari. Isso me bastou na infância. Não me recordo de desejar muito algo e não ter tido.

5- Quais eram seus personagens infantis favoritos?

Gostava dos desenhos da Hanna Barbera: Formiga atômica, Herculóides, Os Impossíveis, não havia um personagem especifico.

6- Comparando as crianças daquela época com as atuais, em seu ponto de vista, qual ponto positivo e negativo?

A malícia está instalada no DNA das crianças de hoje. Acabou a inocência, a pureza da amizade. Hoje tudo tem uma conotação sexual. É complicado até para os adultos pararem em local publico e elogiar uma criança bonita. A impressão é que você o faz opor ser pedófilo. Gostaria que regatassem a inocência dos anos 80.

7- Linkar a pessoa que indicou este selo.

Paulo é meu amigo de infância, não há necessidade de linka-lo. Mas indicarei apenas dois para esse desafio. A coisa já caminhou, e sobraram poucas pessoas que poderia indicar e que responderiam com prazer.

Pedirei ao Foxx que responda as perguntas caso já não o tenha feito.

Jair, também seria interessante.

9- Postar uma foto de infância ou algo que fez parte dela.


2 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Adoro tudo isto ... saber e conhecer a intimidade de cada amigo, sua hisstória de vida ... q delícia isto ...

Formiga Atômica ... q delícia ...

Betz ... rs ... vero q legal tb, só q por aqui era BENT ALTAS ... rs

Beijão

Latinha disse...

Playmobil para mim é um dos brinquedos mais legais que existem (até hoje!). Também tive Atari, acho que ele tá em algum lugar aqui em casa também... E também não tenho "nenhum trauma" por não ter tido um brinquedo...

Acho que talvez seja essa uma das maiores diferenças entre nossa infância e as crianças de hoje. Sabíamos seguir em frente quando não podiamos ter algo.

E assim, dormi de janela fechada e trancada durante muitos anos com medo de acordar e dar de cara com alguém... Mas claro que isso passou, hoje eu só durmo de costas para a janela "por hábito"! kkkk

Abração! (sempre bom conhecer mais das pessoas por trás do blogue).